Dicas do Rivaldo: Ansioso pelo retorno da La Liga e da luta pelo título do Barça

Como irá o Barça se mostrar jogando à porta fechada?
Abrir Conta
Ver mercado

A La Liga retorna nessa quinta e ninguém melhor para nos dar suas opiniões do que o Embaixador da Betfair e lenda do Barcelona Rivaldo.

"É claro que jogar com torcida é sempre mais fácil e emocionante, e o jogador se destaca mais, mas Barcelona é Barcelona, e não importa se joga com torcida ou não, pois sempre será um clube grande com grandes jogadores brigando pelo título."

A La Liga está retornando essa semana e estou com uma expetativa boa, e principalmente com alegria de saber que o campeonato espanhol vai voltar - uma liga que eu assisto e onde joguei muitos anos. Também acredito que todos os jogadores estão felizes de voltar a jogar, mesmo sem a presença do torcedor, mas todo o jogador quer estar dentro de campo e terminar esse campeonato. Então a expetativa é boa.

Acredito que não terá problema com o Covid-19 porque todos os jogadores têm departamentos médicos muito bons trabalhando com eles e sempre estão sendo observados e sob controle, então não vejo uma Liga grande como a espanhola enfrentando alguns problemas relacionados com o vírus. Os jogadores vão poder jogar e terminar o campeonato tranquilamente e ninguém vai apanhar esse coronavírus.

A única dificuldade será jogar sem torcida, pois é algo um pouco triste. Mas essa é a situação atual e os jogadores têm de encarar e tentar terminar o campeonato da melhor forma possível.

Luta pelo título entre Barcelona e Real Madrid


Ainda há muito jogo pela frente - creio que 11 rodadas - então há muitos pontos por disputar. Eles estão muito próximos e a briga será entre os dois pois não vejo outro time chegando de surpresa, então acredito que está tudo muito cerrado e ainda em aberto e tudo pode acontecer lá na frente. Tanto Barcelona como Real Madrid tem chance de ser campeão. Vai ser muito emocionante assistir a essa luta.

É claro que jogar com torcida é sempre mais fácil e emocionante, e o jogador se destaca mais, mas Barcelona é Barcelona, e não importa se joga com torcida ou não, pois sempre será um clube grande com grandes jogadores brigando pelo título. Então, acredito que mesmo sem torcida, os jogadores têm obrigação de fazer grandes jogos e tentar sempre a vitória. Não vejo isso como um problema.

Cinco substituições não devem prejudicar os melhores times


Não vejo que as cinco substituições incomodem, pois vai ser igual para todos as equipes. Na verdade, até pode ser bom para os mais fortes porque muitos jogadores podem não estar bem preparados fisicamente, e todas as federações querem terminar suas ligas, então é normal que permitam maior utilização de jogadores assim como descansar outros. Desse modo, os treinadores podem mexer mais facilmente e gerir seus elencos, e acredito que não terá nenhum problema.

Os clubes grandes sempre têm os melhores jogadores e mais dinheiro e não deveriam ser afetados por essa alteração. É sua obrigação tentar resolver os jogos logo no primeiro tempo.

Setien_Zidane_handshake.jpg

Assim, discordo das queixas de Quique Setien sobre isso porque eles têm o tempo todo e devem entrar desde início preparados para tentar resolver o jogo cedo. Não podemos pensar no final e esperar que seu oponente acabe se cansando. Num clube como o Barcelona ou Real Madrid - onde se cobra mais patrocínios e se tem os melhores jogadores e mais caros - os jogadores têm obrigação de jogar bem desde o começo e não esperar pelo fim.

Encontrar uma desculpa nisso, só por causa de dois jogadores a mais que podem entrar, e considerar que pode acabar prejudicado com isso, não penso que faça sentido. Um grupo do Barcelona ou R.Madrid é muito mais forte que a maioria dos outros times e pode decidir um jogo nos primeiros 45 minutos facilmente, pois o talento que tem ao seu dispor é enorme face aos demais.

Jogadores precisam de dois/três jogos para recuperar a forma


Sempre tem uma dificuldade extra após uma longa pausa, principalmente nos primeiros jogos com os jogadores sentindo maior cansaço, e isso é normal. Mas é tudo uma questão de tempo e ao fim de dois ou três jogos já começam a se acostumar novamente ao ritmo de jogo.

Mas sim, no primeiro jogo sempre dá aquele 'queimou', pois, o jogador ainda não está a 100% após essa parada, e por tudo o que aconteceu no mundo também é normal que psicologicamente o jogador ainda não esteja no seu melhor, mas em pouco tempo acredito que já estará bem fisicamente e tranquilo para dar o seu melhor em campo em busca de seus objetivos.

Outro fator pode ser as altas temperaturas de Julho e Agosto. Sempre vai ter dificuldade acrescida, pois seria melhor jogar com temperatura mais baixa e o jogador iria render mais, mas isso também acontece em Copas do Mundo e em outras competições nessa altura do ano. Então, essa é mais uma dificuldade que se junta a outras que surgiram por conta do Coronavírus e os jogadores têm de encarar esse problema e dar o seu melhor para terminarem essa temporada da melhor maneira possível.

Gestão física de Messi dependerá da luta pelo título


A Liga Espanhola está retornando e o Lionel Messi teve um problema físico na semana passada, então se discute se ele deveria ser opção de início contra o Mallorca e jogar o tempo todo.

barcelona_messi_floor.jpg

É difícil responder a isso e eu acredito que muito dependerá da luta do Barça com o Real Madrid pelo título. Se as coisas ficarem mais tranquilas ele poderá descansar num jogo ou noutro, mas se a briga continuar cerrada, então ele só poderá descansar no caso de jogos em que o time consiga resolver no primeiro tempo.

Mas vai ser importante que o Quique Setien tente fazer uma boa gestão de seu elenco, pois não será só o Messi que ainda busca estar a 100%, afinal essa parada foi para todos e não fica fácil recomeçar na melhor forma.

Como sabemos, o Messi sempre briga por se destacar dentro do campo e ser o artilheiro do Campeonato, então ele sempre quer estar dentro do gramado e fica difícil para o técnico fazer essa gestão. A luta pela Bola de Ouro também sempre está no seu pensamento, então não é fácil dizer para o Messi 'descansa'.

Vinícius precisa recomeçar voando para se manter no onze


O Vinícius Júnior estava passando por um bom momento no Real Madrid antes da paragem no futebol, inclusive marcando no El Clasico contra o Barcelona, mas com esta paragem muita coisa pode mudar.

O Real terá Eden Hazard e Asensio voltando aos gramados e então o brasileiro terá mais dois rivais diretos na briga por um lugar na escalação inicial.

Mas precisamos aguardar pelos primeiros jogos para ver quais os jogadores que vão voltar bem e quais não vão estar tão bem. Eu torço para que ele recomece bem e dê sequência à forma que vinha mostrando, mas tem possibilidade de as coisas não saírem como ele quereria.

De qualquer forma, com concorrência maior ou não, eu acredito que o Zidane não vai escolher seus preferidos, mas sim aqueles que estiverem dando mais retorno, então caberá ao Vinícius seguir mostrando seu melhor futebol para manter essa titularidade por mais tempo.

Como costumamos dizer no Brasil, ele precisa seguir voando para conquistar seu espaço.

Atl.Madrid seria excelente para Cavani


Se fala que o Edinson Cavani está negociando com o Inter de Milão, porém o Atlético Madrid também está de olho e eu acredito que o time espanhol seria uma grande opção para o atacante uruguaio.

cavani_psg.JPG

Lá, jogaria por um clube que sempre briga no Campeonato Espanhol e que está fazendo ótimas campanhas na Liga dos Campeões, então eu acredito que o Simeone adoraria poder contar com ele, e o próprio Cavani teria um bom lugar para prosseguir sua carreira, talvez até melhor do que seguindo para Itália e para o Inter.

Jorge Jesus fez a melhor escolha em renovar com o Flamengo


O Flamengo e o Jorge Jesus finalmente chegaram a acordo para renovar o contrato do técnico por mais um ano e eu acredito que o português fez a melhor escolha.

Ele conseguiu excelentes resultados desde sua chegada, está sendo adorado pela torcida e por todo o Brasil, então nada melhor do que poder trabalhar num clube e num país que lhe está rendido e elogiando seu trabalho.

Assim, creio que ele faz melhor em continuar no Flamengo do que em tentar arriscar noutro projeto e num outro lugar. Claro, quando você é um bom treinador tem chance de ter sucesso noutro lugar, mas por todo o carinho que vem recebendo e por tudo o que já conquistou no Flamengo, eu acredito que ele tomou a melhor opção.

Libertadores e Brasileirão sempre serão prioridade


Na primeira temporada no clube, Jorge Jesus só não conquistou a Copa do Brasil e a Copa do Mundo de Clubes, e se viesse esses títulos seria de bom tamanho, mas a Libertadores sempre é o grande objetivo, até porque não vencendo essa competição não terá Mundial de Clubes.

flamengo_jesus_estadio.jpg

Então, não tem como fugir à ideia de que o foco deve ser a Libertadores e o Campeonato Brasileiro pois são os mais importantes e que abrem portas para a temporada seguinte.

Brasileirão é muito competitivo


Com a pontuação que o Flamengo conseguiu na época passada, pode se pensar o contrário, porém o Campeonato Brasileiro é muito difícil e é por isso que muitos clubes passam muito tempo sem conquistar o título.

Você pode facilmente indicar 12 ou 13 clubes considerados grandes que podem brigar pelo título, e que já foram campeões anteriormente, mas hoje eu vejo clubes como o Grêmio, Inter de Porto Alegre, Santos ou Palmeiras se destacando nessa possível luta com o Flamengo.

Mas é preciso aguardar pelo que o Flamengo pode fazer. Por vezes, aquilo que funciona numa temporada não funciona na seguinte. As coisas podem não correr tão bem, seus oponentes podem conhecer melhor seu sistema de jogo, etc...

De qualquer forma, o Flamengo tem hoje o melhor time e melhor elenco do Brasil e parte como favorito. Vamos esperar que tudo isso recomece para que possamos tirar nossas dúvidas.

"Se gostou de nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais"

Rivaldo,