Dicas do Rivaldo: Kylian Mbappé poderia encaixar muito bem no futebol espanhol

Irá Kylian Mbappe se transferir para Espanha nesse verão?

Em sua coluna semanal em exclusivo para a Betfair, Rivaldo comenta sobre o futuro de estrelas como Mbappe ou Kevin De Bruyne, além de responder a seus fãs que enviaram perguntas em seu Instagram...

- Você foi o maior camisa 10 da seleção de 90 pra cá. Qual seria o segundo? Quem você elege?

Eu acredito que é o Neymar. Ainda lhe falta ser Campeão do Mundo, mas em minha opinião ele tem sido um grande 10.

O Kylian Mbappe voltou a se destacar na Champions marcando por duas vezes na visita ao atual campeão Bayern de Munique e poucas dúvidas restam de que ele será um dos grandes alvos dos maiores clubes espanhóis e ingleses.

É claro que hoje o PSG é um clube que dá todas as condições financeiras e esportivas de o colocar brigando nos maiores palcos do futebol europeu, porém, é normal que ele possa pensar em buscar uma nova experiência numa liga mais competitiva e eu acredito que o futebol espanhol seria ótimo para ele.

Neymar respondeu dentro de campo às críticas


Não foi uma semana fácil para o Neymar após ser expulso e ter brigado com um jogador adversário numa partida do Campeonato Francês, no entanto, sua personalidade dentro de campo voltou a dar uma grande resposta e ele fez duas assistências na vitória do PSG na Alemanha.

Por vezes um jogador esquenta mais do que deveria, mas é algo que acontece no futebol e o importante é que ele não deixou se afetar por isso e deu uma grande resposta num jogo de grande importância que pode dar o mote para um grande final de temporada do Neymar e do PSG.

PSG não pode repetir jogo de volta com o Barcelona contra o Bayern

Agora, o time francês está bem colocado para seguir adiante na competição, porém não poderá repetir a partida de volta contra o Barcelona nas Oitavas de Final onde deu chance para os espanhóis de reverterem uma diferença superior ao 3-2 que trouxeram da Alemanha.

O Bayern é um grande time e mesmo com algumas baixas pode virar qualquer eliminatória, então, o PSG não pode ter a mesma apatia que teve contra o Barcelona ou pode deitar tudo a perder.

Kevin De Bruyne tem futebol para ser Bola de Ouro


Numa semana em que colaborou para a vitória do Manchester City em cima do Borussia Dortmund apontando um dos gols (2-1), o belga Kevin De Bruyne acabou renovando seu contrato com o clube inglês.

debruyne_mancity_0804.jpg

Ele tem 29 anos e está numa boa fase de sua carreira podendo perfeitamente ganhar uma Bola de Ouro nos próximos anos, - está a 11.010/1 em 2021 - especialmente porque tem qualidade para isso e porque está atuando num clube que briga por todos os títulos que disputa.

Eu próprio venci minha Bola de Ouro aos 27 anos e outros jogadores como o Messi ou o Lewandowski até o conseguiram já depois de completar 30 anos, então, com certeza que ele continuará figurando entre os candidatos a levar uma Bola de Ouro no futuro.

APOSTE AGORA

Thiago Silva teve um dia mau, mas ainda pode dar muito ao Chelsea

O zagueiro da seleção brasileira Thiago Silva não teve um dia bom no último fim de semana acabando expulso durante o primeiro tempo de um jogo que o Chelsea viria a perder de 5-2 em casa para um time que está na zona de rebaixamento da Liga Inglesa.

Mas isso são coisas que acontecem, e eu não considero que ele esteja demasiado velho ou com falta de foco atualmente, afinal, ele sempre se destacou por ser um jogador com grande compostura e profissionalismo dentro de campo de quem eu gosto muito.

De momento, o Chelsea está bem encaminhado para terminar no Top-4 da Liga Inglesa e chegar nas semifinais da Champions, então, eu penso que ele ainda será muito importante para o clube nesse final de temporada. Todos temos nossos dias maus, e melhores dias virão para ele.

Real Madrid mostrou sua qualidade com a ajuda de Vinicius Jr.


Como eu venho dizendo há algum tempo, Vinicius Jr. pode se tornar numa das estrelas do futebol mundial quando melhorar sua finalização e pudemos ver isso mesmo na partida contra o Liverpool onde contribuiu com dois gols.

vinijr_realmadrid_0804.jpg

O Real Madrid acabou confirmando que é sempre um favorito a conquistar a competição 6.6011/2 pois tem grande história e experiência nesse tipo de decisões e nunca pode ser descontado.

Claro, do outro lado também está um campeão como o Liverpool e nada está ainda decidido, mas o time de Zidane encaminhou sua eliminatória com uma grande atuação dentro de casa.

APOSTE AGORA

Palmeiras tem Recopa muito bem encaminhada

O Palmeiras saiu na frente da decisão da Recopa com vitória de 2-1 na Argentina contra o Defensa y Justicia, e mesmo não atuando no seu estádio na partida de volta, o time de Abel Ferreira deve ter condições de segurar ou até ampliar essa vantagem que trouxe.

Jogar em Brasília terá a dificuldade de não ser no gramado a que estão acostumados no Allianz Parque, no entanto, o time foi vencer na Argentina e agora só precisa replicar isso no Brasil, mesmo atuando num estádio que não é o seu.

Supercopa Do Brasil vai dar pistas para a nova temporada


Flamengo e Palmeiras discutem o troféu da Supercopa do Brasil nesse Domingo e é claro que será uma partida muito interessante de seguir, pois estarão se enfrentando dois dos grandes elencos do Brasil e até da América do Sul.

flamengo_palmeiras_gerson_veiga.jpg

Numa fase inicial da temporada será interessante verificar qual dos dois está começando mais forte a temporada, pois ambos poderão se reencontrar em partidas de decisão mais para a frente da temporada.
Naturalmente, vou torcer para o Palmeiras por ter um carinho especial pelo clube, mas é difícil apontar um favorito numa partida que se espera ser tão renhida e emocionante.

Clubes do Interior sofrem com falta de patrocínios

Há quinze anos, o Paulista de Jundiaí batia o River Plate pela Copa Libertadores já depois da conquista da Copa do Brasil 2005, mas hoje o time do interior paulista está na quarta divisão estadual numa mostra da dificuldade que esses clubes do interior têm para se manter competitivos.

Eu próprio já fui presidente do Mogi Mirim e o clube até conseguiu chegar numa segunda divisão, mas voltou a cair muito nos últimos anos. Isso acontece porque esses clubes menores têm maior dificuldade para captar investimentos e patrocínios, então, fica difícil recrutar melhores jogadores e ter estruturas que permitam ser forte por muitos anos.

Também me lembro do União de São João que revelou o Roberto Carlos e hoje não existe mais. São times que podem ter boas colheitas de jogadores em alguns momentos, mas que depois têm dificuldades financeiras para se manterem fortes. É triste, mas o futebol brasileiro é muito caro e nem todos conseguem prosperar nessa guerra.

Regra das cinco substituições permite revelar mais jogadores

A pandemia trouxe algumas alterações nas regras do futebol e as cinco substituições que passaram a ser permitidas foram uma das boas decisões que eu penso que poderiam ser mantidas de modo permanente.

Agora, o treinador pode revelar mais jovens jogadores em certas partidas pois tem mais substituições para promover, além de que se necessitar de mexer com o jogo não precisa de pensar tanto pois terá mais oportunidades de ajustar seu jogo.

APOSTE AGORA

PERGUNTAS DOS FÃS

- Futebol Europeu é muito diferente do brasileiro?

Da minha experiência, eu considero que a principal diferença é que na Europa existe muito mais uma cultura tática do que no Brasil. No futebol brasileiro, apesar de também entrar a tática, há mais liberdade para os jogadores criarem jogadas e se destacarem individualmente.

Na Europa já vai havendo mais isso hoje em dia, mas no meu tempo me lembro de ter tido algumas discussões com o Van Gaal no Barcelona porque ele queria que eu ficasse só numa posição e eu preferia ter maior liberdade para fazer a diferença.

- Na sua opinião, o Brasil precisava daquele 7x1 para que houvesse reformulação?

Foi um grande choque para todos nós, pois ninguém esperava numa semifinal de uma Copa do Mundo jogada no seu país você poder perder de 7-1. Claro, quando algo assim acontece é porque algo não estava bem e foi preciso mudar várias coisas.

Acabou entrando o Dunga e depois o Tite que foram renovando o elenco, no entanto, esse foi um resultado que acontece uma vez a cada 100 anos. É quase impossível imaginar que tal possa acontecer de novo.

- Você foi o maior camisa 10 da seleção de 90 pra cá. Qual seria o segundo? Quem você elege?

Eu acredito que é o Neymar.

neymar_brazil_0804.jpg

Ainda lhe falta ser Campeão do Mundo, mas em minha opinião ele tem sido um grande 10. E sim, também é um pouco parecido comigo pois além de ser um criativo também faz muitos gols. Eu penso que ele precisa ser campeão do mundo para terminar com as dúvidas a seu respeito e se elevar ainda mais como um dos melhores camisas 10 da história da seleção brasileira.

- Quem você acha que leva a bola de ouro esse ano?

Está tudo muito em aberto ainda. A decisão da Champions, a Eurocopa e a Copa América é que vão decidir tudo isso. De momento, eu vejo Mbappe, Neymar, Haaland, Lewandowski, De Bruyne e até o próprio Messi como principais favoritos.

- Você teve algum problema com o Corinthians?

Não, nunca tive nenhum problema. Na verdade, sou muito grato ao clube por ter sido o primeiro grande clube brasileiro a apostar em mim e nunca irei esquecer isso.

As pessoas por vezes pensam que algo aconteceu por ter saído do Timão e ingressado no Verdão onde fiquei duas temporadas, porém não aconteceu nada de mal, simplesmente o futebol funcionando.

Além disso, eu sou pernambucano então todas minhas passagens pelos clubes de São Paulo foram estritamente profissionais. Passei por Corinthians, Palmeiras e São Paulo e tenho todas essas portas abertas pois acima de tudo sempre fui profissional.

***

Acesse todas as crónicas de Rivaldo em sua página exclusiva