Dicas do Rivaldo: Novo Barcelona - com Messi - faz sonhar

O Barcelona vem de espetacular vitória de 1-6 na Real Sociedad

Em sua coluna semanal em exclusivo para a Betfair, Rivaldo comenta sobre o grande momento do Barcelona e de Lionel Messi, além de responder a seus fãs que enviaram perguntas em seu Instagram...

Qual foi o momento mais marcante com a Seleção, sem contar os títulos?

Vou ficar com um jogo da Copa de 98 contra a Dinamarca em que vencemos de 3-2 com dois gols meus. Foi um dia marcante para mim e para minha carreira. Um jogo difícil que ajudei a resolver e que nunca mais esqueci.

O Barcelona vem melhorando muito nas últimas semanas capitalizando a subida de forma do Lionel Messi e a eleição de um novo presidente. O atacante argentino parece bem mais ligado e animado desde a chegada de Juan Laporta, que ele bem conhece.

Por isso, eu acredito cada vez mais que há boas possibilidades de eles ainda chegarem num entendimento para renovar contrato e assim o Messi continuar no clube por mais alguns anos. O astro argentino precisava de ter a confiança do presidente do clube e Laporta traz isso mesmo pois eles se conhecem há muito e têm uma boa ligação, aumentando muito as chances de ele considerar uma permanência no clube.

Koeman merece voto de confiança do clube


Eu tinha referido na semana anterior que o Ronald Koeman merecia continuar no clube na próxima temporada pois vem realizando um bom trabalho numa fase difícil do Barcelona, então, foi com agrado que li que o clube irá manter o técnico holandês para a temporada que vem.

koeman_smiling_2503.jpg

Além disso, ele tem uma boa relação com o Messi e está revelando vários jogadores jovens se mostrando uma peça importante do novo Barcelona que está sendo construído atualmente.

Sua marca já vai sendo visível na seleção espanhola com a recente convocação do Pedri e outros poderão se seguir. A confiança que ele vem depositando em jovens jogadores é crucial para que depois um selecionador como Luis Enrique tire partido disso nas equipes nacionais.

Outro dos destaques de Koeman foi o modo como conseguiu mudar o sistema recentemente percebendo que a equipe não estava indo bem. E a verdade é que nesse 3-4-3 o Barcelona está jogando bem e vencendo as partidas com grande brilhantismo como aconteceu no passado domingo contra a Real Sociedad. Não é fácil ir ao campo de um time que está tão bem na La Liga e vencer de 1-6.

APOSTE AGORA

Difícil comentar opções do ex-presidente após sua saída


Eu não gosto de jogar toda a responsabilidade para cima de uma só pessoa, especialmente após ela sair de seu cargo, e as notícias de que o Barcelona esteve perto de trazer o Neymar de volta em 2019, mas isso acabou sendo travado pelo presidente, que preferiu o Griezmann, são demasiado vagas para poder opinar.

O Eric Abidal considera que poderiam ter conseguido o Neymar no verão de 2019, porém eu não sei por que razão o Bartomeu terá optado pelo atacante francês. Pode ter sido por questões financeiras pois o Neymar seria certamente mais caro, ou até porque alguns torcedores ainda estavam um pouco aborrecidos pelo modo como ele tinha saído do clube.

Então, não é bonito estar comentando se ele deveria ter agido de outra forma, pois não estou por dentro dos detalhes das negociações. Eu sempre fui um defensor do retorno do Neymar ao Barcelona pois ele tinha dado muito ao clube e poderia dar ainda mais retornando com ganas de provar mais uma vez sua qualidade.

Infelizmente as coisas não aconteceram desse jeito e agora é quase impossível que ele possa retornar ao clube num futuro próximo. Claro, no futebol tudo é possível e ele ainda tem vários anos de futebol ao mais alto nível, mas o PSG vem se reforçando bem e lhe dando condições de brigar por títulos de Champions, então talvez tenha passado a oportunidade.

David Alaba seria importante reforço para a defesa do Barcelona

alaba_bayern_2503.jpg

Há algum tempo que se fala da possibilidade do defesa austríaco do Bayern Munique sair a custo zero para o Real Madrid, porém parece que o Barcelona apareceu para lutar pelo jogador e com certeza seria uma boa contratação.

Ele é um grande jogador, atual campeão europeu e ainda com vários anos de carreira pela frente, então seria uma ótima aquisição.

Claro, muitos veriam isso como uma vitória do novo presidente sobre o Real Madrid, mas eu penso que as coisas não devem ser vistas dessa forma. O Barcelona precisa se concentrar em si próprio e não pensar nos rivais pois só assim irá se fortalecer para voltar a ser aquele time temível na Europa.

Raul será técnico do Real Madrid no futuro


Seguindo os passos de Zidane, o ex-atacante do Real Madrid Raul está fazendo um bom trabalho no Castilla e brigando por uma promoção à segunda divisão. Ele tem um grande carinho por parte dos torcedores do Madrid e com certeza está apenas se preparando para abraçar um projeto num time de primeira.

Claro, ele nunca desejaria que as coisas corressem mal para o Zidane a fim de subir já ao time principal, mas com certeza acabará treinando o time principal no futuro com naturalidade pois é um ídolo do clube que sempre terá seu espaço no clube, especialmente revelando boas qualidades como técnico.

De momento, acredito que ele estará esperando por uma proposta de um bom clube europeu para dar mais um passo em seu processo de crescimento enquanto técnico, afinal, Zidane está fazendo bom trabalho e não acredito que possa sair no final da temporada.

Brasil é favorito à Medalha de Ouro nas Olimpíadas de Tóquio


O sorteio dos grupos das Olimpíadas de Tóquio vai acontecer já em Abril e independentemente dos times que o Brasil vá enfrentar com certeza será um dos favoritos a conquistar a medalha de ouro pois tem mais uma geração muito talentosa pronta para mostrar qualidade.
Certamente terá outras equipes fortes e enquanto atual campeão olímpico todos vão querer ganhar do Brasil, mas eu penso que o time que for convocado só pode pensar em conquistar o lugar mais alto no pódio.

Como é sabido, sempre tem três vagas de jogadores mais veteranos para incorporar nas Olimpíadas e eu vejo em Gabigol e Gerson do Flamengo nomes muito válidos. Não tenho certeza se Gerson ainda está na idade ou não, mas me parece um nome muito sólido que poderia brilhar na competição. Além deles, claro o Neymar poderia comandar novamente um time até ao Ouro, mas isso dependerá dos objetivos do próprio jogador, da seleção brasileira e do próprio PSG.

Douglas Costa poderia relançar sua carreira no Grêmio


A imprensa vem dando rumores de que o Grêmio poderá estar interessado em garantir Douglas Costa junto da Juventus tendo em conta que o atacante brasileiro vem de duas temporadas onde vem atuando muito pouco nos italianos e também no Bayern por empréstimo.

douglas_costa_2503.jpg

Aos 30 anos de idade, é claro que ele ainda tem mais alguns anos ao mais alto nível e poderá desejar permanecer na Europa mais um tempo, porém, em termos de carreira seria importante assinar por um grande clube do país onde voltaria a ser destaque podendo assim se mostrar até mesmo para o Tite com vista à seleção brasileira.

Penso que muito irá depender da vontade do jogador. Por um lado, poderá optar por se manter na Europa auferindo um salário maior ou por outro vir para o Brasil e recuperar sua alegria de jogar futebol. Veremos as próximas atualizações sobre o assunto.

Man.City é favorito na Champions, mas tem concorrência de peso


Nos mercados da Betfair o Manchester City vem sendo apontado como grande favorito a vencer a Liga dos Campeões esta temporada, algo que Pep Guardiola vem perseguindo há muito tempo desde que venceu por duas vezes com o Barcelona.

Em minha opinião, e tendo em conta o modo como vem jogando, o time merece sim esse estatuto de favorito, porém terá outros fortes rivais como o Bayern de Munique, PSG e também o Real Madrid.

Eu o coloco um pouco à frente do Bayern porque os alemães vão enfrentar já o PSG, finalista da edição anterior, então, vão ter um teste muito difícil enquanto o Manchester City terá o Dortmund pela frente.

APOSTE AGORA

RESPONDENDO AOS FÃS

• Qual foi o jogo mais importante vestindo a amarelinha?

Teve vários jogos importantes, mas eu vou escolher três da Copa do Mundo de 2002. As vitórias contra a Bélgica, Inglaterra e a Final com a Alemanha.

• Porque não disputou a Copa de 2006?

Eu penso que foi por estar jogando na Grécia, um campeonato de menor visibilidade. É certo que na época a Grécia era Campeã da Europa e eu até vinha de grandes temporadas no Olympiacos, no entanto, o Parreira optou por me deixar de fora das opções.

Mas eu penso que isso não é desculpa porque depois acabei vendo muitos outros jogadores atuando na China e no Japão que viriam a ser chamados para Copas. Tive muita pena, pois penso que minha experiência teria sido importante, mesmo sabendo que havia outros mais novos como Kaká ou Ronaldinho Gaúcho que jogavam nas minhas posições.

• Qual foi seu jogo mais difícil com a Seleção?

rivaldo_belgica_2503.jpg

Foi o jogo contra a Bélgica na Copa do Mundo de 2002. Estava muito duro mesmo, e acabei marcando um gol depois do meu chute esbarrar num defensor belga e foi um grande alívio, porque o jogo estava muito difícil. Até me lembro que teve um gol anulado à Bélgica que muitos contestaram e foi uma alegria poder seguir em frente nesse dia.

• Dentro do vestiário, quem era o mais resenha?

Ah, tinha muitos jogadores. Me lembro do Denilson, Edilson, do Vampeta, do próprio Ronaldo Fenômeno ou até do Roberto Carlos, era um ambiente muito bom, sempre brincando e puxando conversa. Mas em especial com o Vampeta por perto...

• Qual foi o momento mais marcante com a Seleção, sem contar os títulos?

brasil_dinamarca_rivaldo_2503.jpg

Vou ficar com um jogo da Copa de 98 contra a Dinamarca em que vencemos de 3-2 com dois gols meus. Foi um dia marcante para mim e para minha carreira. Um jogo difícil que ajudei a resolver e que nunca mais esqueci.

• O que acha que aconteceu na final da Copa de 98, na derrota para a França?

Muita gente fala que perdemos por causa do problema com o Ronaldo antes do jogo, mas eu não acho que tenha sido só por isso. Na verdade, nós vínhamos muito confiantes para o jogo e eu penso que a chave esteve nos dois gols de escanteio que tomamos.

De repente, você estar perdendo de 2-0 no campo do rival que podia ser campeão mundial pela primeira vez, com toda a torcida e jogadores galvanizados e tudo ficou mais difícil. Eles começaram a nos marcar muito forte e acabámos não conseguindo mais descontar o placar. Aqueles dois gols de bola parada acabaram mudando tudo...

***

Acesse todas as crónicas de Rivaldo em sua página exclusiva