Dicas do Rivaldo: Sem Messi no gramado, o Barça é outra equipe

Mesmo com um hat-trick de Philippe Coutinho, o Barça acabou perdendo para o Levante...
Ver mercado

Após perder sua invencibilidade na La Liga, Rivaldo analisa a época do Barcelona e seu rendimento com ou sem Lionel Messi. O Embaixador Betfair deixa ainda sua opinião sobre uma das futuras estrelas do futebol brasileiro...

"Quando Messi não está, o Barcelona se torna numa equipe diferente, e ao invés, quando ele está presente as coisas como que se tornam mais fáceis com sua qualidade individual fazendo a diferença nos momentos de aflição."

Invencibilidade perdida; porém os títulos estão na vitrine

Certamente que seria melhor encerrar sua campanha na La Liga sem derrotas e estabelecer um novo recorde, porém essa não era uma tarefa fácil que acabou por cair em Levante, numa derrota de 5-4.

Eu acredito que a facilidade com que o Barça assegurou seu título da La Liga acabou relaxando o time, e foi aí que eles falharam.

Porém não devemos apagar o que de bom foi feito, já que o time de Ernesto Valverde venceu a La Liga e a Copa del Rey de modo autoritário - ficando a somente uma partida de terminar a época sem derrotas - ainda falta jogar com a Real Sociedad mas já não tem importância.

Com Lionel Messi em campo é outra história

O Barça acabou consentindo sua primeira derrota da época sem Lionel Messi na equipe e mais uma vez se comprovou a importância de ter um astro do futebol mundial dentro do gramado.

Quando Messi não está, o Barcelona se torna numa equipe diferente, e ao invés, quando ele está presente as coisas como que se tornam mais fáceis com sua qualidade individual fazendo a diferença nos momentos de aflição.

Vinicius Junior pode brilhar na Europa em 1-2 anos

Uma das jovens estrelas do futebol brasileiro - já assinou com o Real Madrid - se chama Vinicius Junior e aos 17 anos parece cada vez mais claro que poderá se tornar num dos grandes jogadores do futebol internacional nos próximos anos.

Jogando no time principal do Flamengo e já mostrando grandes atributos, eu acredito que ele começará dando nas vistas na Europa em 1-2 anos.

Ainda assim, irá precisar de um período de adaptação ao futebol europeu - muito diferente do brasileiro - uma vez que ainda está acostumado ao estilo de jogo no Brasil. Na Europa o fator físico é muito importante, e além disso não terá tanto espaço para jogar quanto vem tendo na América do Sul.

É normal que ele possa enfrentar alguns problemas de adaptação ao início, mas estou certo que acabará se revelando uma grande contratação para o Real Madrid.

E quanto mais cedo ele chegar na Europa, melhor será para ele se adaptar e aprender a jogar num novo estilo, fazendo parte de um grande clube mundial. Assim, espero que demore cerca de dois anos até ele se afirmar.

Ver mercado