Apostas.Betfair

Super Bowl XLVII: Estreantes Flacco e Kaepernick prometem um jogo de elevada pontuação

Ver mercado

Pela primeira vez em cinco anos, o Super Bowl vai ter dois novos "quarterbacks" que nunca jogaram neste evento. Em que medida isto pode influenciar o mercado de apostas? Richard O'Hagan vai tentar saber.

A média de números de pontos marcados nos jogos no Super Dome foi de 59.44 em 2011 e 56.50 nesta temporada. Isto faz com que a quota de [2.18] para mais de 48.5 pontos seja bastante atractiva.

Um dos aspectos mais "sui-generis" do próximo Super Bowl de Domingo será que nenhum dos quarterbacks jogou neste evento antes. Para Joe Flacco, de Baltimore, e Colin Kaepernick, de São Francisco, esta será a primeira vez que serão expostos àquele que já é considerado um dos maiores eventos mediáticos a nível mundial.
É a primeira vez em cinco anos que o confronto irá contar com estreias em ambas as equipas na posição de "quartback".

Tomando atenção às performances dos novos "quarterbacks" ficamos com uma ideia de como Flacco e Kaepernick se irão comportar no grande jogo. Por exemplo, não é provável que nenhum deles tenha uma má experiência semelhante à que Rich Gannon dos Oakland Raiders teve no Super Bowl XXXVII, quando foi interceptado por cinco vezes durante o jogo, três das quais resultaram em "touchdowns".

Apenas quatro outras estreias de quartbacks na história do Super Bowl perfizeram um 'pick six' num jogo. Da mesma maneira, nenhum deles terá uma prestação semelhante à de Tony Eason no Super Bowl XX - também realizada no Louisiana Superdome - que não conseguiu completar uma única passagem, acabando por ser arrastado para fora do jogo mesmo antes do intervalo.

Provavelmente o estreante mais semelhante a Kaepernick foi Ben Roethlisberger, de Pittsburgh, no Super Bowl XL. Ambos são jogadores de grande estatura e embora Kaepernick seja mais ágil, o também conhecido por 'Big Ben' acabou por conseguir juntar-se ao muito pequeno grupo de "quarterbacks" estreantes (cinco, para ser mais preciso) que conseguiram fazer um "touchdown".

Por outro lado, Roethlisberger apenas conseguiu completar 9 em 12 tentativas de passe nesse jogo e contou com duas intercepções, enquanto que o único "touchdown" se deveu a Antwan Randle El. Isto sugere que, apesar do favoritismo estar do lado de San Francisco para a primeira jogada que resulte numa marcação, um "touchdown" de Baltimore cotado a [4.1] será sem dúvida uma melhor aposta.

Encontrar um jogador que se compare a Flacco é mais complicado porque a sua maneira inconstante de jogar faz com que seja difícil de formalizar um padrão correto. Com essa questão em cima da mesa, deveremos ter em consideração o desempenho de um outro "quarterback" altamente imprevisível, Eli Manning.

Tendo jogado no Super Bowl XLII, Manning completou 19 dos 34 passes por 233 metros, dois "touchdowns" e uma intercepção. Mais importante será sublinhar que acabou por vencer e impediu os New England de chegarem ao final de uma temporada sem derrotas.

Os Baltimore têm, sem dúvida, uma defesa mais fraca comparando com os Giants, mas dentro do Superdrome é fácil vermos Flacco a chegar a resultados semelhantes. Uma vitória de Baltimore está cotada a [2.6].

Ter duas estreias a jogar na zona de ataque acaba sempre por fazer diferença no número de pontos marcados. Se tirarmos as duas ocasiões onde isto aconteceu - que nos leva de volta ao Super Bowl XXXI e ao primeiro jogo de Brett Favre, por coincidência também no Superdrome - então esta média de pontos marcados é de 44.83.

Em todos os Super Bowls nesse período a média de pontos marcados foi de 49.69, uma diferença de quase cinco pontos. Contudo, a média de números de pontos marcados nos jogos no Super Dome foi de 59.44 em 2011 e 56.50 nesta temporada. Isto faz com que a quota de [2.18] para o mercado de marcar mais do que 48.5 pontos continue a ser bastante atractiva.

Aposta Recomendada:
Mais de 48.5 pontos no Super Bowl com quotas de [2.18]

Ver mercado
More Outros Desportos