Apostas.Betfair

Tire partido dos jogadores fracos

A maioria dos jogos de perícia tem partes extremamente contra intuitivas. Por outras palavras, têm nuances onde a jogada certa parece desafiar o bom senso de muitas formas, indo contra o que nos parece lógico. No póquer, um dos melhores exemplos são as jogadas que parecem muito ousadas e arriscadas que, quando funcionam, são repetidas imediatamente.

"No geral o póquer é jogado interiormente, por isso, o que consideras muito simples e óbvio é muitas vezes aquilo em que o adversário nem sequer pensa."

A maioria das vezes, quando fazemos algo arriscado e ousado, esperamos que o nosso adversário contra-ataque rapidamente, e não levamos essa jogada muito a sério na vez seguinte. Se fizermos um ataque furtivo ao flanco do inimigo, estamos à espera que essa área fique depois mais protegida. No entanto, no póquer, frequentemente este não é o caso, especialmente contra jogadores fracos. Quando fazes este tipo de jogadas e elas funcionam, não deves parar e usá-las esporadicamente, mas sim começar a usá-las constantemente. 

A maioria dos jogadores fracos tem ideias fixas sobre o jogo. Se fizeres uma jogada que te parece um pouco fora do normal mas obténs um resultado rápido e fácil, provavelmente encontraste um lance sobre o qual eles têm uma ideia pre-determinada, e o resultado deste espírito estático é que vão esperar muito antes de mudarem de ideia e comportamento.

Imagina que fazes check raise no turn contra um jogador fraco que é abertamente cauteloso e faz fold num instante. A maioria dos jogadores de póquer pensa nestes termos: "Bem, já fiz este lance uma vez, provavelmente ele agora está desconfiado, por isso não vou fazer bluff com o check raise no turn outra vez". Quase sempre esta ideia está errada. Se encontras uma falha na armadura do adversário, explora-a. Continua a atacar até ele ficar falido ou desistir.

No geral o póquer é jogado interiormente, por isso, o que consideras muito simples e óbvio é muitas vezes aquilo em que o adversário nem sequer pensa. As preocupações que podes ter de não ser explorável e de te manteres equilibrado, muitas vezes nem sequer passam pela cabeça de outro jogador.

Quando jogas contra este tipo de adversário, podes continuar a disparar até ele se defender adequadamente - independentemente do teu bom senso comum querer que desistas. Os maus jogadores não se conseguem defender contra o que não vêem, e todos os bons jogadores não só sabem isto, como atacam estas fraquezas com um zelo impiedoso quando encontram uma.

  • Junta-te Já à Betfair Poker
  • Consulta as nossas Promoções mais Recentes
  • More Poker