Apostas.Betfair

Apostas ATP Tour Semana 25: Zverev em forma é ameaça na metade superior do quadro

Ver mercado

Dissemos adeus à terra batida e a temporada ATP de piso duro prossegue como primeiro evento Masters 1000 de verão, em Monteral, Canadá. O nosso colunista de ténis, Dan Weston, está de volta para verificar as condições de jogo e os principais candidatos...

"Em pisos duros no presente ano, Zverev - que claramente tem brilhado mais em terra batida - testemunhou uma melhoria, apresentando um registo de 11-3, com um combinado de serviço/quebra de 109.9%..."

Grandes nomes ausentes em Montreal

Com uma lista de presentes bastante fragmentada, o primeiro de dois eventos Masters que servem de aquecimento para o US Open, inicia-se hoje em Montreal, com a primeira ronda a começar pelas 17:30 portuguesas.

Apesar dos maiores favoritos - excluindo o trio formado por Novak Djokovic, Andy Murray e Stan Wawrinka - só deverem entrar em cena lá para terça ou quarta-feira, e com dois candidatos de topo ausentes, as apostas no mercado para vencedor estão principalmente focadas nos dois nomes de elite restantes, Roger Federer e Rafa Nadal.


Federer como favorito na sequência do triunfo em Wimbledon

Federer - que não vence este evento desde 2006 - é o favorito do mercado, disponível a [2.72] no Intercâmbio, com Nadal logo a seguir a [4.90], e esta dupla completa a magra lista de favoritos a baixo dos dois dígitos.

E este tipo de inclinação para os grandes nomes é compreensível - ambos têm feito épocas fortes e existe uma tendência histórica para os nomes de elite vencerem os eventos Masters canadianos (que varia entre Montreal e Toronto a cada ano). Apenas Jo-Wilfried Tsonga, em 2014, venceu sem ser um dos quatro tenistas de elite na última década.

Com isto presente, convém salientar que numerosos jogadores menos cotados (ou até piores) atingiram a final deste período temporal, incluindo Milos Raonic, Richard Gasquet, Mardy Fish e Nicolas Kiefer, portanto podemos averiguar apostar each-way ou Cash Out como opções no mercado para vencedor na próxima semana.


Condições difíceis de prever com rotação de locais

As condições no Canadá são difíceis de antecipar, com a rotatividade do evento a reduzir a amostra para análise por comparação com os outros eventos. A última vez que o evento decorreu em Montreal, em 2015, 81.8% dos jogos de serviço foram assegurados (alto para pisos duros) mas em 2013, apenas 76.7% o conseguiram (baixo), portanto estou inicialmente inclinado para considerar este um evento com condições médias, sendo isto ajustável após a primeira ronda. Com isso em mente, nenhum estilo de jogo em particular deverá beneficiar fortemente com as condições do piso.

Olhando ao sorteio, é claramente compreensível que Federer seja o favorito do torneio - ele tem sido o jogador mais consistente este ano e tem as melhores estatísticas em piso duro de todos os presentes, mas estou menos entusiasta acerca de Nadal, que será 1º cabeça-de-série esta semana.


Longe de garantido que Rafa mostre o mesmo nível da terra batida

Nadal tem um registo sólido mas pouco convincente de 19-5 em piso duro este ano, assegurando 88.4% dos seus serviços e quebrando em 26.1% das ocasiões para um combinado de 114.5%, e isto coloca o seu nível abaixo da fasquia dos 120%. Muitos cometeram o erro de assumir que o seu sensacional nível em terra batida seria transposto para a relva de Wimbledon, e eu não estou convencido de que ele seja capaz de o fazer também aqui.

Com isto em conta, a nossa escolha no mercado para vencedor deve derivar da parte superior do quadro liderada por Rafa, e os principais cabeças-de-série nesta metade, que ficam isentos na primeira ronda, são Milos Raonic, Alexander Zverev, e Jo-Wilfried Tsonga.


Raonic com preocupações físicas num evento caseiro

Apostar em Roanic, num torneio no seu país, seria uma preocupação para mim. Ele não tem aparentado estar bem fisicamente nos últimos meses e com a propensão que tem para desistir de eventos em fases adiantadas ainda mais recuo. Com odds de cerca de [14.00] ele é facilmente evitável.

Isto deixa-nos com tenistas como Zverev e Tsonga como aqueles com maiores possibilidades de usurpar Rafa na metade superior do quadro - outras hipóteses mais limitadas são John Isner, Juan Martin Del Potro, Richard Gasquet e as dúvidas Nick Kyrgios e David Goffin devido a problemas físicos.


Alexander Zverev com excelente possibilidade como outsider

Em pisos duros no presente ano, Zverev - que claramente tem brilhado mais em terra batida - testemunhou uma melhoria, apresentando um registo de 11-3, com um combinado de serviço/quebra de 109.9%, e ainda em clara ascensão, assim como um jogador que raramente tem tido problemas físicos, ele pode ameaçar esta semana no Canadá.

A forma do jovem germânico também não é problema por esta altura, vindo de um triunfo em Washington na última semana, onde apenas concedeu um set, e com a sua excelente capacidade para recuperar de breaks abaixo que demonstra a sua força mental, aliada à frescura física, eu não me preocuparia muito com a fadiga de Zverev ao contrário do que sucede com outros tenistas.

Os [13.00] disponíveis no Sportsbook parecem uma sólida opção de each-way - eu não acho fácil considera-lo não-favorito frente a qualquer adversário para além de Rafa - e eu acredito que Zverev nos poderá providenciar um resultado positivo esta semana.


Aposta Recomendada:

Alexander Zverev each-way @ [13.00] no Sportsbook

Ver mercado
More Apostas desportivas