Apostas Grande Prémio da Hungria: Mercedes pronta para mais agonia?

O dono da Mercedes Toto Wolff parece um pouco abatido ultimamente

Lewis Hamilton pode estar a começar a ficar um pouco irrequieto no banco do seu Mercedes e James Gray pensa que a forma de Max Verstappen explica essa inquietude...

"A forma de Max Verstappen é exemplar e a sua confiança no carro é talvez mais alta do que alguma vez foi."

Antes do início da temporada, o conselheiro de F1 da Red Bull, Helmut Marko estabeleceu como objetivo para a equipa vencer cinco corridas. Era apenas mais uma do que em 2018 e pareceu um alvo razoável - até que a Mercedes venceu oito corridas consecutivas e o dono da Red Bull, Christian Horner estava provavelmente pronto para se dirigir até à porta de Marko e implorar pelo seu lugar.

Agora, ele tem duas corridas na bagagem graças à brilhante condução de Max Verstappen na Alemanha, algo previsto nesta coluna a 9.008/1 e caminhará até ao paddock húngaro com um merecido gingar no seu passo e todas as chances de somar um hat-trick já este fim-de-semana,

Apesar de tudo isso, os esforços da Red Bull em tornarem isto num jogo pela luta do título parecem inteiramente infundadas. Lewis Hamilton, um altivo, molhado e frustrado nono classificado na Alemanha, tem andado por volta de 1.021/50 para ser Campeão Mundial de Pilotos e isso não se alterou propriamente - ele continua largamente favorito para vencer a competição a 1.031/33. No entanto, não tem acontecido muitas vezes termos um campeonato tão desnivelado e ainda assim continuarmos a ter intriga de semana para semana - porque a Mercedes está a ser apanhada.

Red Bull pronta para ultrapassar Ferrari


Esta deveria ser, de acordo com as previsões, uma temporada emocionante. Nós sabemos que na F1 o ritmo tende a convergir no terceiro ano após mudanças regulamentares e este é esse ano. No entanto, temos sido privados de uma batalha devido à incompetência da Ferrari já que eles permitiram à Mercedes vencer corridas consecutivamente na fase inicial da temporada.

Graças a deus que o chassis da Red Bull e o seu altamente melhorado motor Honda começaram a mostrar serviço; o Hungaroring, com a sua abundância de curvas de baixa e média velocidade, devem voltar a favorecê-los mais do que à concorrência.

E diz muito sobre isso o facto da Red Bull ir para este fim-de-semana a 3.002/1 para fornecer o piloto vencedor enquanto a Ferrari está nos 6.005/1, e eu continuo a pensar que este é um preço valioso que devemos aproveitar para que os homens de Horner possam repetir a façanha.

Mercedes entrou em pânico, onde Max não o fez


Não me recordo da última vez que vi Toto Wolff e a equipa Mercedes genuinamente perdida, mas foi o que aconteceu. Um dos problemas do constante e insaciável desejo por sucesso é que tu ficas muito irritado rapidamente se parares de vencer. Ambos os títulos já estavam no bolso na altura em que falharam a vitória em duas corridas seguidas no final de 2018, portanto este é um sentimento pouco familiar.

Verstappen, pelo contrário, foi a imagem de serenidade passando por entre as chuvadas a caminho da vitória na semana passada - exceptuando um pequeno susto quando fez um pião. A sua forma é exemplar e a sua confiança no carro é talvez mais alta do que alguma vez foi, o que se compreende.

Ele está a 1.501/2 para terminar no pódio, mas depois de ter apostado nele na sexta de manhã a 9.008/1 na semana passada, estou contente por confiar em Verstappen a 3.505/2 para vencer a sua terceira corrida deste verão e lançar um interessante desafio a Valtteri Bottas na luta pelo vice-campeonato de Pilotos.

Toro Rosso para acompanhar os seus irmãos?


Qualquer designer ou mecânico da Honda que passou pelo inferno e por mar alto na McLaren deve sentir-se tremendamente orgulhoso de ver dois carros diferentes potenciados pela Honda no pódio já que Daniil Kvyat juntou-se a Verstappen na cerimónia do pódio na Alemanha.

Alexander Albon não se ficou muito para trás na sexta posição e, na verdade, Kvyat só terminou à frente dele por conta de um risco tomado pela equipa em relação ao seu piloto mais lento que acabou por surtir excelente efeito.

Assim, o piloto Thai nascido em Londres pode representar uma aposta interessante este fim-de-semana por causa da sua forma conciliada com o seu resultado mais fraco. Albon está a 3.002/1 para se intrometer no top-6 novamente.


APOSTAS RECOMENDADAS:
Red Bull para ter um piloto vencedor no GP da Hungria @ 3.002/1 em Desportos
Alexander Albon para terminar no top-6 @ 3.002/1 em Desportos
Max Verstappen para vencer o GP da Hungria @ 3.505/2 em Desportos