Apostas Mundial de Rugby 2019: Estará a Irlanda finalmente pronta para responder à altura?

A Irlanda bateu a Nova Zelândia por 16-9 em Dublin
Ver mercado

o treinador da Nova Zelândia, Steve Hansen, reclamou que a Irlanda é agora favorita a erguer o título de campeã mundial após bater os All Blacks em Dublin. Matthew Crist, da Betfair, avalia as suas hipóteses para o torneio do próximo ano.

"Claro que não será uma surpresa ninguém que a Nova Zelândia seja favorita para vencer o Campeonato do Mundo apesar da sua recente derrota em Dublin e há ainda muito rugby por disputar antes do torneio se iniciar em Setembro."

Irlanda é séria candidata ao título mundial


Após o seu histórico triunfo sobre os All Blacks em Dublin no passado fim-de-semana a Irlanda confirmou claramente a sua posição como uma das melhores equipas do rugby internacional e pode agora ser merecidamente vista como uma das sérias candidatas ao Campeonato do Mundo do próximo ano.

Depois de ter alcançado um Grand Slam, o título das Seis Nações e um triunfo nas séries em solo australiano este ano, a Irlanda estará apostada em ir mais longe que os quartos de final pela primeira vez na sua história em 2019.

E a sua forma actual sugere que essa é uma forte possibilidade após o seu recente triunfo por 16-9 frente à Nova Zelândia, naquela que foi apenas a segunda vez que a Irlanda bateu os neozelandeses e a primeira em casa, originando vários franzir de sobrancelhas.

A sua quebra ao longo de anteriores torneios deveu-se ao longo e cansativo processo que geralmente é originado por plantéis curtos, mas agora a equipa tem maior profundidade e isso irá certamente dar-lhes vantagem quando chegarmos ao Campeonato do Mundo.

A Irlanda está actualmente na 2ª posição do ranking mundial e é um desafio para qualquer adversário que lhe surja neste momento, mas embora esta possa ser a sua melhor oportunidade em muitos anos de superarem os quartos de final, eles podem ser travados por um sorteio menos favorável.

Isso porque quem quer que vença a Pool A ou termine em segundo irá defrontar Nova Zelândia ou África do Sul nos quartos de final, mesmo que a Irlanda esteja neste momento cotada como segunda favorita para o torneio e esteja disponível a [5.50] para ser Campeã Mundial em 2019.

inglaterra_japao_rugby2019.jpg

Inglaterra tem muito trabalho pela frente


Ao contrário da Irlanda, a Inglaterra está longe de convencer neste momento, algo que ficou evidente no tangencial triunfo sobre o Japão em Twickenham no passado fim-de-semana e só venceu por duas vezes desde que bateu o País de Gales em Fevereiro.

Na verdade, eles só sofreram uma derrota curta para a Nova Zelândia e o treinador Eddie Jones fez 11 mudanças no seguimento dessa derrota, mas a sua recuperação na segunda parte frente aos anfitriões do próximo ano não irá propriamente aliviar as preocupações que envolvem a equipa.

Os comandados de Jones não têm muito para onde olhar em 2018, num ano em que fizeram uma tórrida campanha nas Seis Nações, perdendo três das suas cinco partidas, que foram depois seguidas por uma derrota no verão na África do Sul.

Um dado a seu favor pode ser a profundidade do seu plantel e o facto de serem uma equipa que historicamente tende a crescer com o decorrer do torneio, à excepção de 2015 quando eles nem sequer se qualificaram na sua pool. Mas uma vez mais podem fiar-se num sólido grupo de jogadores.

A Inglaterra também tem o tempo do seu lado e com o Campeonato do Mundo a quase um ano de distância ainda há muito tempo para uma equipa que já mostrou recentemente sinais de potencial ameaçadores para a concorrência e pode ser tentador a [9.40] apostar neles para vencer o torneio no Japão.

allblacks_2019.jpg

All Blacks continuam a ser o alvo a abater


Claro que não será uma surpresa ninguém que a Nova Zelândia seja favorita para vencer o Campeonato do Mundo apesar da sua recente derrota em Dublin e há ainda muito rugby por disputar antes do torneio se iniciar em Setembro.

Eles têm estrelas de qualidade em abundância, experiência nas primeiras e segundas escolhas enquanto o treinador Seteve Hansen conhece demasiado bem como se pode vencer um Mundial; apesar das suas declarações de que a Irlanda deve agora ser considerada a equipa a bater após a recente derrota no Aviva Stadium.

Se os homens de Hansen conseguirem evitar ou superar os seus recentes conquistadores de verde eles irão novamente ser difíceis de travar embora uma equipa que possa ter hipóteses de o fazer seja a África do Sul que também se encontra na Pool B.

Os Springboks estavam algo aflitos há um ano, mas conseguiram de algum modo recuperar a sua forma recentemente e parecem agora capazes de desafiar a Nova Zelândia após os terem batido em Wellington em Setembro passado pela primeira vez desde 2009 e estão a [12.50] para repetir o sucesso do Campeonato do Mundo de 2007.

Mas se é de valor que estás à procura que tal considerares a Austrália? Os bi-campeões mundiais perderam para a Nova Zelândia na Final de 2015 e são uma sombra de si próprios, o que provavelmente justifica o seu preço de [13.50].

Alguma decepcionante forma para dizer pouco, incluindo uma derrota em casa nas séries para a Irlanda e uma vitória sobre a África do Sul, viu os Wallabies caírem para sétimo no ranking mundial mas uma equipa com jogadores de qualidade como Israel Folau e David Pocock sentirá sempre que pode bater qualquer adversário num bom dia.

"Se gostou de nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais"

Redação,