Apostas.Betfair

Apostas Open de França Dia 13: Não-favorito Murray com valor em semifinal equilibrada

Ver mercado

A acção de Sexta-Feira em Paris foca-se nas Meias-Finais masculinas e, com ambos os encontros disponíveis no Betfair Live Video, o nosso colunista de ténis, Dan Weston, regressa para procurar os jogadores como valor para estarem na final de Domingo...

"Murray tem um claro ascendente na resposta ao serviço, quebrando os seus adversários em 34.2% contra os 26.4% de Wawrinka, mas Wawrinka domina no serviço, assegurando o seu saque em 86.5% das ocasiões face aos 78.8% de Murray."

Meias-Finais no Dia 13 do Open de França

Qualquer dos dois embates das meias-finais masculinas fazem crescer água na boca embora por razões diferentes - no embate entre Andy Murray e Stan Wawrinka, temos um embate muito equilibrado entre jogadores do mesmo nível, apesar de terem características bem diferentes, enquanto no outro duelo Dominic Thiem é claramente outsider frente a Rafa Nadal, no entanto tem vindo a progredir de forma consistente nas suas exibições nos duelos frente ao espanhol.

Neste fascinante, e bem equiparado embate entre Murray e Wawrinka que se inicia por volta do meio-dia em Portugal, e após algum apoio dos mercados, Wawrinka é o actual favorito a [1.75] no Intercâmbio.


Estatísticas de Murray com valor na condição de não-favorito frente a Wawrinka

O meu modelo de análise está em desacordo com o mercado, avaliando este embate com mais equilíbrio e virtualmente colocando os dois jogadores em pé de igualdade. Utilizando dados dos últimos 18 meses em terra batida - requerido pelo meu modelo uma vez que os dois jogadores não jogaram os 15 encontros ideais nesta superfície nos últimos 12 meses - Murray tem um claro ascendente na resposta ao serviço, quebrando os seus adversários em 34.2% contra os 26.4% de Wawrinka, mas Wawrinka domina no serviço, assegurando o seu saque em 86.5% das ocasiões face aos 78.8% de Murray.

Combinando os dois dados, verificamos que os dois jogadores estão praticamente iguais com Murray nos 113.0% e Wawrinka nos 112.9%, e isto torna difícil defender a tese de que Wawrinka é favorito aos preços praticados actualmente. Estes números também indicam que ambos estão abaixo do nível de Thiem, e consideravelmente abaixo dos de Rafa Nadal, como irei discutir mais à frente no texto.

Com Wawrinka a ter dados idênticos a Murray, mas sendo favorito, apostar em Murray tem de ser considerada uma aposta puramente baseada nas estatísticas.

Para além disso, Murray quebrou os seus adversários em 39.8% das vezes em Paris nos últimos 15 dias, o que significa que ele será capaz de pressionar o serviço de Wawrinka no dia de hoje, e também vale a pena notar que Murray venceu em quatro sets contra Wawrinka nesta fase do torneio no ano passado - quando o escocês foi avaliado a [1.80] como favorito.


Nadal claramente favorito para vingar derrota em Roma

Na segunda semifinal, espera-se que Nadal vingue a sua derrota frente a Thiem sofrida em Roma, e o efeito desse encontro faz-se claramente sentir no preço actual, que coloca Nadal como favorito a [1.24] no Intercâmbio, por comparação com os [1.14] de há um mês atrás na capital italiana.

Considerando que o formato de partidas à melhor de cinco sets costuma favorecer o "melhor" dos jogadores, então as odds poderão estar a enganar-se, mas os meus números não indicam que exista muito valor no Rei da Terra Batida, avaliando-o a [1.21] para marcar presença na Final de Domingo.


Thiem não consegue rivalizar com estatísticas estratosféricas de Nadal

Basicamente, as estatísticas de Nadal são muito melhores - ele assegurou 87.3% dos seus serviços em terra batida nos últimos 12 meses, quebrando os seus adversários em 46.0% das ocasiões (133.3% combinado), com Thiem a apresentar 85.0% e 32.7% respectivamente (117.7%). E enquanto estes dados os últimos 12 meses são os melhores de sempre para Thiem, para Nadal ainda estão ligeiramente abaixo do seu nível assombroso.

Para além disso, Thiem, com uma baixa percentagem de serviços ganhos prevista juntamente com um forte registo de recuperação de breaks abaixo por parte de Nadal, torna-o num vulnerável comandante do encontro e não seria surpresa alguma se ele vacilasse a partir de posições dominantes neste embate.

Para resumir, e apesar de não ver grande valor nos preços pré-jogo, eu espero que Nadal atinja a Final de Domingo, onde o valor estará no nº1 mundial, Andy Murray, para vencer o seu jogo e defrontar o espanhol.


Aposta Recomendada:

Andy Murray para vencer Stan Wawrinka @ [2.32]

Ver mercado
More Apostas desportivas