Apostas.Betfair

Apostas Open de França Dia 5: Não-favorito Lopez pode vencer batalha de veteranos

Ver mercado

Hoje temos 16 encontros no quadro masculino do Open de França, em dia de conclusão da segunda ronda. Após mais uma aposta ganha no dia de ontem, o nosso colunista de ténis, Dan Weston, analisa as apostas de valor do dia...

"A vitória de Ferrer sobre Young custou-lhe 266 minutos em court (quase quatro horas e meia) e certamente que terá tido consequência físicas, especialmente num jogador veterano em declínio cujo estilo de jogo é disputar cada bola como se fosse a última."

Karlovic e Zeballos geram mais um dia positivo

A sugestão de ontem foi ganha com Ivo Karlovic e Horacio Zeballos a cooperarem para gerar um tiebreak no primeiro set, sendo que apenas surgiu um ponto de break durante todo o primeiro set, e isto coloca-nos em boa situação no torneio até ao momento.

Grande parte dos jogos do dia - todos em directo no Betfair Live Video - são partidas desequilibradas, com 12 favoritos avaliados por volta de [1.35] ou menos, e cinco a rondarem os [1.10] ou menos.

Apesar disso, existe falta de valor na maioria dos não-favoritos frente aos seus adversários, no entanto estou algo surpreso por ver Nicolas Kicker a valores como [11.50] frente a Pablo Cuevas. Sim, o meu modelo de análise avaliou Cuevas como claro favorito, mas colocou o preço de Kicker a metade. O argentino Kicker bateu Damir Dzumhur na primeira ronda (também nesta ocasião o meu modelo sinalizou o seu valor) e a minha sensação é que ele ainda não estará bem ao nível ATP, mas há jogadores bem piores que ele.


Verdasco com valor a preço baixo para bater Herbert

Dos favoritos claros, o único jogador de que o meu modelo gostou foi Fernando Verdasco, a [1.36] frente ao gaulês, Pierre-Hugues Herbert. Isto deve-se provavelmente ao facto de Herbert jogar em casa, e ao facto do mercado frequentemente o sobrevalorizar - as suas estatísticas dos últimos dois anos em terra batida são horrorosas, particularmente no capítulo da resposta ao serviço.

É uma decisão entre Verdasco -5.5 no handicap de jogos e o jogador a que atribui valor no outro encontro a que vou olhar, para encontrar a recomendação do ida, e após considerar profundamente as duas opções, vou apostar em Feliciano Lopez para derrotar David Ferrer.


Lopez pode vingar derrota de Roma frente a Ferrer

Lopez, actualmente avaliado a [2.60] no Intercâmbio, teve o seu preço virtualmente invertido pelo meu modelo de análise e eu sinto que há vários factores a explicar esta situação. Primeiro, e como é normal, o nome sonante aqui é Ferrer e será o preferido dos mercados, e em segundo, e provavelmente o factor mais influente, Ferrer venceu Lopez em três sets há poucas semanas em Roma.

Nesse dia, Lopez foi ligeiramente favorito a cerca de [1.90], e eu estou com dificuldades em compreender porque razão um simples jogo originou uma tão drástica movimentação de preço.


Fadiga acumulada é problema para Ferrer

Para além disso, na primeira ronda aqui em Roland Garros, Lopez superou Bjorn Fratangelo em três sets, em exactamente duas horas, enquanto Ferrer teve de disputar um épico quinto set para vencer Donald Young, com um 13-11 no tal derradeiro set.

A vitória de Ferrer sobre Young custou-lhe 266 minutos em court (quase quatro horas e meia) e certamente que terá tido consequência físicas, especialmente num jogador veterano em declínio cujo estilo de jogo é disputar cada bola como se fosse a última. Um estilo de jogo destes requer que o jogador esteja no máximo da sua condição física.

Em adição, já para não mencionar o facto de que precisar de um 13-11 no set final frente a um jogador fraco em terra batida como Young (e oferecer 15 oportunidades de break durante o jogo) não pode ser um sinal positivo - todos os factores indicam que Lopez a [2.60] pode conseguir vencer o seu compatriota no dia de hoje.


Isner e Murray parecem curtos frente a Lorenzi e Klizan

Nos restantes encontros, estou surpreso por ver John Isner tão curto a [1.39] frente ao capacitado Paolo Lorenzi, enquanto também tenho interesse em ver como Andy Murray se comporta frente a Martin Klizan. Ele parece curto a [1.09] frente ao esquerdino eslovaco, que é bem capaz de jogar em pó-de-tijolo e pode jogar a grande nível. Ainda assim, e tal como Ferrer, a fadiga acumulada do encontro a cinco sets pelo temperamental Klizan frente a Laurent Lokoli na primeira ronda pode ser um problema.


Aposta Recomendada:

Feliciano Lopez @ [2.60]

Ver mercado
More Apostas desportivas