Apostas NBA 2021: Guia das Equipes da Conferência Oeste

A temporada 2020/21 da NBA se inicia amanhã, então aqui segue o guia das equipes da Conferência Oeste por Mike Carlson, incluindo os atuais campeões Los Angeles Lakers...

"Os atuais campeões não estão apenas mais fortes, mas sim muito mais fortes do que estavam quando venceram os mini-playoffs há cerca de dois meses."

LA Lakers @ 3.8014/5

A temporada 2020-21 da NBA, sua edição nº75, irá se iniciar na terça-feira, com os Golden State Warriors visitando os Brooklyn Nets em Nova Iorque, enquanto os atuais campeões Lakers irão recomeçar sua rivalidade com os Clippers do outro lado da cidade de Los Angeles.

Apesar de encurtada para 72 partidas, isso marcará novo retomar à normalidade, após uma memorável temporada de 2019-20, que foi suspensa em Março por conta da pandemia do Corona Virus, recomeçando somente em 30 de Julho, com 22 equipes jogando oito partidas para apurar os playoffs, e depois 16 competindo na Bolha de Orlando. Isso ainda viria a ter uma interrupção de quatro dias por protestos de algumas equipes pela morte de George Floyd em Milwaukee. Os playoffs retomariam com as Finais de concluindo em 11 de Outubro, a apenas 10 dias de completarmos um ano civil desde o começo da temporada.

Dez semanas depois, com as habituais atividades de pré-temporada - draft, trocas, free agents, contratos, empilhados num curto período - a 75ª temporada irá começar. De algum modo, teremos o caso dos fortes ficarem ainda mais fortes, com muitas mudanças em cima da hora. Então, teremos candidatos familiares ao título da NBA este ano.

Eis o meu guia para a Conferência Oeste, começando com os atuais campeões e favoritos.

A nata da nata

Los Angeles Lakers 3.8014/5

Os atuais campeões não estão apenas mais fortes, mas sim muito mais fortes do que estavam quando venceram os mini-playoffs há cerca de dois meses. Eles retornam com o melhor jogador da atualidade, LeBron James, e o melhor Poste, Anthony Davis, e sabendo que LeBron tem 35 anos, precisavam de ganhar velocidade, o GM da equipe Rob Pelinka foi o vencedor da pré-temporada.

Enviando Jeff Green e uma escolha do draft para OKC por troca pelo base alemão Dennis Schroder para substituir Rajon Rondo foi uma jogada de mestre. Eles assinaram com Wes Matthews para o lugar de Green, assinaram com Montrezl Harris dos Clippers, que ganhou o prêmio de 6º Jogador da Temporada, e ainda trouxeram Marc Gasol, o experiente poste espanhol que cimenta a profundidade de seu elenco, mesmo que seja um ano maisa velho do que LeBron. Eles são talentosos, verstáteis e mais jovens.

Os Times Espetáculo

Dallas Mavericks 17.016/1

Luka Doncic, o base esloveno foi o quarto na votação para MVP e teve média de 29 pontos por partida aos 21 anos de idade, e o poste letão Kristaps Porzingis, se conseguir se manter apto, criam um pesadelo interno/externo para seus oponentes. O técnico Rick Carlisle é um dos melhores na liga, e quando enviaram Seth Curry para os 76ers por troca com Josh Richardson, recebram o tipo de jogador todo-terreno que deverá complementar sua estrela. Doncic brilhou quando eles perderam para os Clippers nos playoffs; este ano está mais experiente e terá mais ajuda.

Los Angeles Clippers 6.50

Desperdiçar uma liderança de 3-1 nos playoffs contra os Nuggets acabou por demitir Doc Rivers, e juntamente com a saída de Harrell eles também perderam JaMychal Green. Kawhi Leonard pode ser apenas o segundo melhor jogador em LA, mas também pode ser o segundo melhor no planeta, e Paul George é outro rotulado como estrela.

clippers_tylue.jpg

A verdadeira questão será perceber se o novo técnico Ty Lue consegue integrar seu jogo coletivo, tal como fez quando venceu o título da NBA em sua temporada de rookie como técnico em Cleveland. Eles adicionaram o veterano espanhol Serge Ibaka e o extremo Luke Kennard, que pode ser importante no tiro exterior, mas parecem continuar em défice face a seu oponente local no poste e no base.

Denver Nuggets 15.014/1

Irão os Nuggets ser um time melhor do que foi naqueles três jogos de playoffs? Eles perderam Jerami Grant, talvez seu melhor marcador/defensor, porém adicionaram JaMychal Green dos Clips para o substituir. Sua estrutura se mantém: o gigante sérvio Nicola Jokic, Michael Porter e o base Jamal Murray. Eles pensam que conseguiram um excelente negócio nos draft escolhendo um base RJ Hampton que saltou o colégio para jogar pelos New Zealand Breakers na Aussie NBL. Ele teve média de nove pontos por jogo lá na Austrália, portanto ainda terá muito que provar.

Os 'Outsiders' do tiro exterior

Utah Jazz 26.025/1

Tal como os Clippers, os Jazz perderam uma liderança de 3-1 nos playoffs para os Nuggets, porém eles tiveram um fraco começo de temporada porque Mike Conley também começou lento, e depois o atirador croata Bojan Bogdanovic falhou os playoffs. Eles são muitas vezes citados como a ovelha negra, com o poste francês Rudy Gobert muito sólido, e Donovan Mitchell como estrela em ascensão que ainda não é reconhecida como tal. Depois trouxeram Derrick Favors dos Pelicans para lhes dar mais força junto com Bogdanovic. UM banco veterano liderado por Joe Ingles, e o rookie Udoka Azbuike pode os ajudar com músculo frente aos outros oponentes.

Golden State Warriors 21.020/1

Klay Thompson está de forna na temporada, o que significa que estas odds até são amistosas para com eles, que ainda têm Stephen Curry e Draymond Green. Porém a ideia é que se o time se esgueirar até aos playoffs eles dois podem pegar fogo e os transportar mais longe do que seria esperado.

green_GSW.jpg

Eles trouxeram o versátil Kelly Oubre de OKC numa negociata de três envolvidos. Ele não é o defensor ou lançador que Thompson é, porém teve média de 18.5 e corre mais e melhor. Devido à lesão de Curry na temporada anterior eles puderam selecionar a segunda escolha do draft, para melhorarem, porém surpreenderam ao escolher o poste de Memphis State James Wiseman, o melhor poste no draft mas altamente inexperiente. A posição de poste nunca foi uma prioridade para os modernos Warriors. Andrew Wiggins continua a ser um enigma, Kent Bozeman retorna e pode ter mais minutos como defensor de perímetro.

Phoenix Suns 41.0

Esse é o novo time de Chris Paul, um ano após Oklahoma City parecer ser seu time e ele os ter carregado de modo improvável até aos playoffs. Mas agora está numa melhor situação. Seu parceiro na criação de jogo é Devin Booker, que os torna numa das combinações mais perigosas da NBA. DeAndre Ayrton teve média de 18 pontos e 12 rebotes, e Dario Saric e Joe Crowder podem trazer estabilidade. Eles serão sólidos, porém só irão longe se Paul estiver focado.

Portland Trail Bazers 41.0

A ascensão e queda de Portland com seu duo dinâmico Damian Lillard e CJ McCollum, que combinaram para 52 por partida, mas deixaram algo a desejar defensivamente. Eles têm bases que podem defender, porém não podem marcar tanto, então, procuraram encontrar jogadores de banda versáteis, adicionadno Robert Covington e Derrick Jones.

kanter_celtics.jpg

Eles também trouxeram de volta o poste turco Enes Kanter de Boston; da última vez que atuou em Portland eles fizeram boa campanha nos playoffs e ele é um excelente companheiro para o bósnio Josef Nurkic, que precisa se manter saudável. Se Rodney Hood recuperar de uma lesão no tendão de Aquiles, ele e o veterano Carmelo Anthony providenciam marcadores versáteis em quatro posições, porém eles ainda precisam de parar seus oponentes com uma defesa melhorada. Esse é o tipo de equipe que podes apostar para vencer o campeonato ou ir longe nos playoffs.

Times em Queda

Houston Rockets 67.0

Não se pode descartar nenhum time que tenha James Harden, porém eles têm duas grandes questões. John Wall foi um All-Star, mas não joga há quase dois anos, e Boogie Cousins, que já foi um dos jogadores mais poderosos da liga, não tem mostrado grande forma há algum tempo. Também há rumores de que tanto Harden quanto PJ Tucker gostariam de jogar noutro sítio, e Eric Gordon pode também estar a abrandar. Se os Rockets decidirem se reconstruir, esta temporada será para esquecer. Se não o fizerem, então muitas coisas vão precisar de se acertar em simultâneo.

San Antonio Spurs 81.0

Os Spurs têm as estrelas LaMarcus Aldridge e DeMar DeRozan na frente, porém jogaram mais rápido e com menor estatura na bubble sem Aldridge e podem decidir seguir em frente brevemente, com Gregg Popovych se mantendo como um mestre no ajustamento das suas equipes. Com mais dois veteranos, Rudy Gay e Patty Mills podem beneficiar de um jogo mais corrido.

Dejounte Murray deve estar de votla após lesão, e Derrick White é outro que pode beneficiar de muita correria. Eles trouxeram um base, Devin Vassell, como primeira escolha no draft, que pode ajudar pois Bryn Forbes e Marco Belinelli saíram. Jakob Poetlt continua como poste titular. Cuidado com o croata de 20 anos Luka Samanic, ou Keta Bates-Diop, que jogou no ano anterior na G League, para uma potencial surpresa.

*

Acesse o Guia das Equipes da Conferência Leste.