Apostas Próximo Técnico do Chelsea: Zidane provável mas Lampard ainda à espreita

Lampard está a [11.00] para substituir Sarri como técnico do Chelsea
Ver mercado

Com Maurizio Sarri à beira de ser demitido, Alex Keble dá uma olhada nos cinco favoritos a tornarem-se no próximo treinador do Chelsea...

"Ainda assim, o Chelsea adora Lampard. E se o objectivo de Abramovich para a era pós-Sarri é recuperar o "estilo do Chelsea" - tácticas reactivas à Mourinho - então Lampard, talvez com John Terry como adjunto, até poderia resultar."

Estamos na fase final da era de Maurizio Sarri no Chelsea. Independentemente do italiano merecer ou não mais paciência na sua tentativa de reformular a identidade táctica da equipa, as coisas estão a virar-se contra ele. Cinco derrotas em dez partidas, juntamente com as ingénuas declarações de Sarri alegando que não consegue 'motivar' os seus jogadores, é suficientemente mau em qualquer campanha para que sejam colocadas várias questões.

Mas foi a forma como a equipa perdeu na segunda à noite por 2-0 para o Manchester United que tornou a sua posição insustentável.

O Man Utd qualificou-se facilmente para os quartos de final em Stamford Bridge, tranquilamente contendo o Chelsea a partir do momento em que tomaram a dianteira aos 31 minutos de jogo. Marcação em cima a Jorginho e dois em cima de Eden Hazard; é demasiado fácil prever como o Chelsea de Sarri irá jogar, e por essa razão também é simples anulá-los. Não parece existir plano B, e mais importante que isso, não há flexibilidade.

hazard_chelsea_ball2.jpg

Sarri não está a aprender com os seus erros e recusa-se a comprometer-se. A sua inexperiência a este nível, e nesta divisão, está a vir ao de cima.

Os adeptos do Chelsea assobiaram o seu treinador durante a partida desta segunda com cânticos de "tu não sabes o que está a fazer ", antes de se juntarem a cantar com os adeptos do United "vais ser despedido pela manhã" perto do final da partida. Os adeptos - cansados das mesmas tácticas de sempre e das mesmas substituições - fartaram-se, assim como alguns jogadores, de acordo com a reportagem de Miguel Delaney do Independent na terça de manhã.

Phil McNulty da BBC Sports, foi ainda mais assertivo, sugerindo que não é uma questão de quando, nem de se, eles simplesmente despediram o seu "apático e desconectado" treinador. As narrativas dos media são claras, e não parece haver volta a dar.

Uma vez que Roman Abramovich ainda não deu o aval para o seu despedimento, temos vários candidatos à sucessão de Sarri a boas cotações. É uma boa altura para colocar as suas apostas para próximo treinador do Chelsea.

Zinedine Zidane - [3.00]


Os clubes de futebol tendem a mudar entre estilos de treinadores, particularmente quando as mais recentes tentativas falharam de modo tão dramático. E então quem melhor para substituir o dogmático Sarri do que Zinedine Zidane, três vezes campeão da Liga dos Campeões como treinador e que privilegia o individualismo e pragmatismo acima do idealismo táctico?

Antonio Conte continua bloqueado numa batalha legal com o Chelsea sobre o pagamento da sua rescisão, com uns supostos £9 milhões já oferecidos ao ex-técnico dos Blues, e se Sarri também for receber um valor generoso em breve, então o Chelsea pode atingir a marca de £100 milhões em dinheiro gasto na compensação de treinadores despedidos na era Abramovich. Desse modo, a ideia de contratar um técnico livre como Zidane é certamente apelativa.

Para além disso, Zidane é idolatrado por Eden Hazard, o que pode ajudar a convencer o belga a ficar para além do verão. Certamente Zidane - cuja abordagem motivacional e de liberdade não é muito diferente da de Ole Gunnar Solskjaer - irá permitir a Hazard libertar o freio, promovendo uma maior liberdade de expressão do seu jogo ao contrário das elevadas exigências tácticas de Sarri e Conte. Zidane é o elemento ideal, e terá a função certa para um treinador que agora já saberá que dificilmente irá para o United.

zidane_trofeu_CL.jpg

Gianfranco Zola - [3.00]


Presumivelmente Zola é o segundo favorito ao cargo no Chelsea apenas por causa de Roberto di Matteo, então assistente de André Villas-Boas, que recebeu o cargo de técnico interino em 2012 e prontamente venceu a Liga dos Campeões. Mas o reinado de Di Matteo não foi visto como um sucesso hierárquico, pois nunca impressionou com o seu futebol negativo, e só o desespero levou a essa decisão há sete anos.

Além disso, Zola tem um registo como treinador ainda pior que Di Matteo. Zola foi mau em todas as suas anteriores equipas, desde o West Ham até ao Cagliari e Birmingham City; ele não é o que Abramovich procura, e na verdade pode sair ao mesmo tempo que Sarri. Ele está nesta lista basicamente pelas suas semelhanças entre o condenado idealismo de Villas-Boas e Sarri - mas seria uma escolha estranha.

Guus Hiddink - [9.50]


Nenhuma lista de 'Próximo Técnico' do Chelsea estaria completa sem o nome de Guus Hiddink, um homem que comandou o clube em duas ocasiões como interino. Se Abramovich apontar a algum técnico indisponível até ao verão, então Hiddink é teoricamente uma opção, tendo em conta que o holandês surpreendeu muitos ao endireitar o barco em 2015/16 para uma série imbatível de 12 partidas sem perder.

No entanto, Hiddink estava há dois anos sem treinar antes de assumir a selecção chinesa de sub-21 em Setembro de 2018, confirmando uma semi-retirada que certamente o torna inelegível para um terceiro período em Stamford Bridge. Com 72 anos de idade ele olha ao Jogos Olímpicos de 2020, e pode até nem estar interessado nesta função.

Frank Lampard - [11.00]


Os adeptos do Chelsea cantaram o nome de Frank Lampard durante a derrota por 2-0 para o Man Utd na segunda à noite. Ele é, claramente, a escolha mais popular entre os adeptos e com apenas oito meses de carreira como treinador pode ser um pouco cedo para ele. O Derby County está a portar-se razoavelmente, a dois pontos dos playoffs, mas não tem sido propriamente um sensacional começo de carreira que o colocariam em rota de uma imediata promoção ao primeiro escalão.

Ainda assim, o Chelsea adora Lampard. E se o objectivo de Abramovich para a era pós-Sarri é recuperar o "estilo do Chelsea" - tácticas reactivas à Mourinho - então Lampard, talvez com John Terry como adjunto, pudesse mesmo resultar. No curto prazo deveria dar claramente outra dinâmica à equipa, mas será mesmo o tempo certo para Lampard? É quase certo que um dia será treinador do Chelsea. Com Hazard a caminho de abandonar o clube e o clube em dificuldades no contexto doméstico, Lampard poderá optar por se manter mais um tempo num nível inferior até as condições melhorarem em Stamford Bridge.

Ele pode até discordar desta opinião, e se Zidane não quiser terminar o seu período sabático neste momento, então Lampard torna-se na opção mais atractiva, especialmente com cotações de [11.00].

lampard_coach.jpg

Diego Simeone - [11.00]


O Chelsea teve sete treinadores diferentes desde que Diego Simeone assumiu o cargo no Atlético de Madrid há oito anos. Desfrutando do ambiente ideal em Espanha, num clube construído à sua imagem, iria Simeone realmente trocar a sua actual situação por um pequeno período no Chelsea?

Mesmo se Simeone tivesse ambição de treinar na Premier League fazê-lo a meio da temporada não faz qualquer sentido; o Atlético continua a competir na Liga dos Campeões e está a somente sete pontos do líder da La Liga, Barcelona. A sua filosofia táctica assenta perfeitamente no Chelsea, mas certamente que o argentino só se mudaria para Londres numa altura em que o seu tempo no Atleti se esgote naturalmente.


APOSTAS RECOMENDADAS:
Zidane para Próximo Técnico do Chelsea @ [3.00] em Desportos
Lampard para Próximo Técnico do Chelsea @ [11.00] em Desportos

Ver mercado