Futebol Masculino: Japão para fechar Grupo com chave de Ouro

A selecção japonesa goza de grande credibilidade e apoio no seu país.

O Japão tem-se revelado a equipa revelação desta competição, pois além de ter vencido Marrocos na última jornada, venceu (e de forma bastante convincente) também a selecção do país que nos últimos anos tem dominado o futebol europeu e mundial, a Espanha.

"De forma alguma é de prever um Japão a jogar para o empate. Às Honduras faltam duas peças fundamentais, e mesmo que os japoneses decidam rodar a equipa, continuam a ter valia suficiente para bater Honduras."

Japão para vencer a 2.226/5

Força, determinação e concentração são os adjectivos que melhor caracterizam os japoneses, não só no desporto mas também no seu estilo de vida. Apontado como um dos países emergentes no panorama do futebol mundial, os responsáveis pelo futebol nipónico desejam tornar a sua selecção numa das potências mundiais do futebol, possuindo até um projecto a longo prazo para que tal aconteça. E como já disse, se há povo com condições económicas, sociais e humanas para tornar tal projecto possível, esse povo é o japonês.

Mas falando do que interessa, o Japão veio para este torneio olímpico com a expectativa de fazer uma boa prova, no entanto, a possibilidade de uma possível medalha é cada vez mais real, já que esta selecção tem apresentado um futebol muito convincente. Renunciando à convocatória de Kagawa, que tinha idade olímpica, os japoneses não convocaram também nenhum jogador acima dos 23 anos da selecção principal, já que não pretendem cansar os jogadores desta selecção para o apuramento para o Mundial de 2014, no Brasil.

No entanto, mesmo sem nenhuma estrela nipónica, a verdade é que os japoneses têm dado bem conta do recado, com Nagai e Otsu claramente a destacarem-se não só pelos golos marcados, mas também pela velocidade e técnica que possuem.
O Japão pretende evitar o Brasil já nos quartos, e para isso basta um empate frente às Honduras, pelo que é bastante provável que apresente o mesmo onze que apresentou frente a Marrocos, com uma ou outra alteração.

Onze Provável: Gonda - Tokunaga, Hiroki Sakai, Yoshida, Suzuki - Ogihara, Higashi, Yamaguchi - Otsu, Nagai, Kiyotake

As Honduras, tal como o Japão, são também uma das grandes surpresas deste torneio pois conseguiram 4 pontos nas partidas frente a Espanha e Marrocos, quando o mais provável seria não ter nenhum, já que são a equipa com menor experiência internacional e com bastantes jogadores desconhecidos.

Maynor Figueroa (do Wolves), Roger Espinoza (Sporting Kansas City) e Jerry Bengtson (agora nos New England Revolution) são os destaques desta inexperiente, mas guerreira equipa hondurenha, sendo praticamente os únicos que jogam fora do país, restando apenas Lozano que joga no Valencia Mestalla.

Esta equipa apresenta um bom toque de bola e tem facilidade em criar oportunidades de golo, no entanto, é na defesa que esta equipa é mais macia, pois além dos dois golos sofridos frente a Marrocos, a verdade é que os hondurenhos ainda nesta hora estão para perceber como não sofreram qualquer golo frente à Espanha, depois de sucessivas ameaças que resultaram em bolas aos postes, grandes defesas e também alguns penaltis por assinalar.

As Honduras não precisam sequer de vencer a partida para se apurarem, já que para que tal aconteça é necessário que Marrocos vença a selecção espanhola, e mesmo isso poderá não chegar para os marroquinos, mesmo que os hondurenhos percam. Para que não seja preciso sequer utilizar a máquina de calcular, basta às Honduras conquistar apenas um empate.
Mesmo sendo a situação favorável para os centro-americanos, estes não poderão contar com duas unidades importantíssimas do meio-campo, Peralta e a estrela Espinoza, ambos por suspensão.

Onze Provável: Mendoza - Leveron, Velasquez, Lopez, Figueroa - López, Martinez, Mejia, Garrido, Najar - Bengtson

Previsão:

É verdade que o empate vai de encontro às pretensões de ambas as equipas, mas de forma alguma vejo o Japão a jogar para o empate.
Às Honduras faltam duas peças fundamentais, e mesmo que os japoneses decidam rodar a equipa, estou confiante que tenham valia suficiente para bater estas Honduras, que perdendo o seu principal cérebro (Espinoza) e pêndulo da equipa (Peralta) certamente que perderão alguma qualidade de jogo, que verdade seja dita, já não era muita mesmo apesar dos resultados satisfatórios.
Não acredito que as Honduras consigam vencer a partida (dessa forma o Japão teria de jogar com o Brasil nos quartos, algo que pretendem evitar), admitindo como cenário mais provável a vitória do Japão torna-se clara a aposta mais interessante.

Apostas Recomendadas:
Japão para vencer a 2.226/5
Japão Empate Anula a 1.528/15


*texto de fdacmen para Aposta Ganha / adaptado para o Blog