Antevisão Premier League 2018/19: Reds lutarão com recordista City no topo da tabela

O Man City procura ser o primeiro clube a reter o título da Premier League desde 2009...
Ver mercado

Mark O'Haire percorreu os mercados da Premier League para o Apostas.Betfair e partilhou os seus pensamentos em vários mercados pré-torneio antes do pontapé de saída da temporada...

Os Citizens tornaram-se na primeira equipa inglesa a acumular uma centena de pontos na Premier League, terminando com 19 pontos de vantagem - a mais larga margem na história da Liga - e asseguraram o título com cinco partidas por disputar.

Vencedor da Premier League


Os favoritos da Premier League tiveram honras de topo em nove (50%) das últimas 18 época neste século e o Manchester City encolheu para escassos [1.71] para reter o título conquistado em Maio passado.

Os seguidores de tendências apontarão o facto de nenhum campeão inglês ter defendido o seu título com sucesso desde 2009 mas poucos podem argumentar que as tropas de Pep Guardiola não merecem esse estatuto de principal favorito no Marcado de Vencedor após terem atropelado toda a concorrência na última época.

Os Citizens tornaram-se na primeira equipa inglesa a acumular uma centena de pontos na Premier League, terminando com 19 pontos de vantagem - a mais larga margem na história da Liga - e asseguraram o título com cinco partidas por disputar.

Assim como uma sequência de 18 partidas a vencer, o City marcou mais golos, concedeu menos, só por uma vez ficou em branco e reclamou triunfos por quatro ou mais golos de diferença em oito ocasiões. A chegada de Riyad Mahrez este verão e o regresso de Benjamin Mendy devem apenas servir para fortalecer os Sky Blues.

O Liverpool marcou 11 golos enquanto vencia os últimos quatro embates contra o Manchester City e deve justificar o título de 'melhor aposta de valor' para superar os pupilos de Pep em 2018/19. Os Reds estão avaliados a [5.10] para reclamar o seu primeiro título na Liga desde 1990.

Um desastroso início - falhando o triunfo em seis das primeiras nove partidas - e uma campanha na Liga dos Campeões que resultou numa medalha de finalista vencido significa que as tropas de Jurgen Klopp raramente ameaçaram o ritmo no topo da tabela na última época. No entanto, os Merseysiders estão a apontar ao topo da Premier League desta vez.

Não há dúvidas de que investiram à séria ao contratarem Alisson, Naby Keita, Fabinho e Xherdan Shaqiri para reforçar o grupo em Anfield, e com o seu trio fabuloso na frente de ataque - Mohamed Salah, Roberto Firmino e Sadio Mane - intacto, há razões para acreditar que os Reds estarão na caça ao topo até Maio.

Porém, Klopp registou dois 4º lugares consecutivos e pode sofrer na transição do Liverpool para pretendente ao título no imediato e portanto prefiro apostar em Manchester City - Liverpool no Straight Forecast a [3.85].

Luta pelo Top Quatro


Com Man City e Liverpool bem colocados para terminar no Top Quatro, restam Manchester United, Chelsea, Tottenham e Arsenal para lutarem pelos dois lugares de sobra que conduzem à Liga dos Campeões.

Os Red Devils são provavelmente os mais vulneráveis a curtos [1.53]. Os homens de José Mourinho jogaram claramente acima das expectativas de acordo com os dados de Golos Esperados e o guarda-redes David De Gea arrecadou o prémio de jogador do ano para o clube após outra excelente campanha entre os postes em Old Trafford.

Apenas seis equipas enfrentaram mais remates dentro da área e se as suas exibições defensivas regressarem à normalidade, o United pode acabar por se afundar numa altamente competitiva batalha por um lugar no top quatro. Já para não mencionar a instabilidade criada por Mourinho nos bastidores em relação à actividade no clube no mercado de transferências.

O Chelsea [1.88] está um pouco no desconhecido sob o comando de Maurizio Sarri. A aquisição de Jorginho promete muito e no actual momentos, os Blues seguraram todas as suas estrelas mais sonantes. O clube da capital foi campeão há somente dois anos e não deve ser descontado após uma temporada inconsistente sob o leme de Antonio Conte.

Mauricio Pochettino comandou os Spurs até três temporadas consecutivas no top-4 e o excelente técnico argentino pode mante-los por lá a [1.84] e figurar novamente na Liga dos Campeões.

O melhor clube de Londres em 2017/18 irá estrear-se no seu novo estádio e deverá ter maior facilidade em obter pontos num ambiente familiar de volta a White Hart Lane. Na época passada, os Spurs acumularam o segundo melhor registo de pontos fora de casa, portanto apenas melhorias na condição de anfitrião lhes poderão permitir intrometer-se na luta no topo da tabela.

O Arsenal [2.88] inicia uma temporada na Premier League sem Arsene Wenger ao comando pela primeira vez desde 1996/97 e poderá levar algum tempo a Unai Emery para deixar a sua marca no Emirates. Lucas Torreira, Sokratis e Stefan Lichtsteiner devem todos ajudar a melhorar os Gunners mas existe pouco apelo nos seus preços actuais.

E a jogada mais óbvia é apostar Contra o Manchester United a [1.54] no mercado para Terminar no Top Quatro.

Luta contra a Despromoção


O recém-promovido Cardiff [1.65] lidera o mercado após operar um pequeno milagre em assegurar a promoção no Championship. O estilo batalhador dos Bluebirds sob o comando de Neil Warnock não deverá ganhar muitos fãs mas Huddersfield e Burnley contrariaram as cotações ao sobreviverem e o conjunto galês representa pouco apelo ao preço actual.

O Huddersfield [2.10] sobreviveu mesmo marcando apenas 28 golos na última época - o pior ataque de uma equipa que sobreviveu em toda a história da Premier League - ficando em branco em 21 dos seus 38 encontros. Os Terriers só venceram três partidas após o Natal e até o inspirador David Wagner pode sofrer para os manter à tona desta feita.

O Watford [3.35] passou três anos a bater à porta do fundo da tabela da Premier League e os apostadores acreditam que 2018/19 é o ano em que os Hornets podem voltar à segunda divisão. No entanto, o clube de Hertfordshire nunca esteve envolvido em batalhas contra a despromoção sob o leme da família Pozzo e Javi Gracia já se mostrou um excelente bombeiro ao serviço do Málaga em Espanha.

Nem Wolves [9.40] nem Fulham [3.85] devem fazer um regresso imediato ao Championship, o Brighton [3.55] contratou habilmente durante o verão e portanto o Newcastle [5.60] pode tornar-se proveitoso como uma selecção especulativa no mercado para Despromoção.

O Toon Army foi o mais forte do trio promovido na época passada mas raramente deu nas vistas numa divisão com pouca qualidade para além do top-seis. O conjunto para 2018/19 parece teoricamente mais forte e os Magpies podem sofrer para igualar os resultados da época passada sem grande investimento.

Rafa Benitez continua aos comandos com o proprietário Mike Ashley, e embora Yoshinori Muto e Solomon Rondon sejam carne fresca no ataque do Newcastle, continua a existir alguma falta de inspiração no plantel.

A defesa foi o ponto forte da equipa e se Benitez optar por sair antes do final do contrato no final da época, a equipa de Tyneside pode estar prestes a enfrentar uma temporada complicada.

Melhor Marcador


Mohamed Salah escapou com o troféu de Melhor Marcador da Premier League a partir de cotações de [67.00] na última época e o prémio para goleador mor da liga pode manter-se em Anfield com Roberto Firmino como excelente opção a tentadores [30.00].

O atacante brasileiro pode não ter ficado perto do seu colega em termos domésticos mas o avançado apontou 11 golos na Liga dos Campeões, os mesmos que Salah. Os seus atributos tornam-no crucial na abordagem de Jurgen Klopp portanto ele tem todas as condições para melhorar o seu registo de 15 golos da época passada.

Só o Manchester City marcou mais golos que o Liverpool na época passada e os ávidos por golos de Merseyside parecem ainda mais fortes para 2018/19.

Entretanto, um 'long-shot' de mais de [100.00] foi colocado no mercado de Melhor Marcador em 11 das últimas 16 temporadas, recuando até 2002/03. E surpreendentemente, um jogador de um clube que não pertence ao 'Big Six'foi colocado em todas as épocas da Premier League exceptuando 2008/09, portanto vale a pena olhar à lista de candidatos.

Cenk Tosun [160.00] preenche os requisitos. O atacante turco foi contratado por Sam Allardyce em Janeiro por cerca de £27 milhões mas levou o seu tempo a ajustar-se à vida em Goodison Park.

Cinco golos em 14 partidas pode não parecer demasiado ameaçador mas todos os cinco golos chegaram a partir de Março e o avançado teve média de um golo a cada 157 minutos durante as suas duas época no Besiktas.


APOSTAS RECOMENDADAS:

Manchester City - Liverpool no Straight Forecast da Premier League @ [3.85]
Aposta Contra o Manchester United para terminar no Top Quatro @ [1.54]
Huddersfield para ser Despromovido @ [2.10]
Newcastle para ser Despromovido @ [5.60]
Roberto Firmino para Melhor Marcador @ [30.00]
Cenk Tosun para Melhor Marcador @ [160.00]

Ver mercado