Apostas Euro Sub-21: Portugal vencerá com autoridade "patinho feio" do grupo

A selecção sub-21 perdeu uma vez em tempo regulamentar deste Março de 2015

O Grupo B encerra esta Sexta-feira à noite com a Espanha já qualificada para as Meias-Finais, mas com Portugal a precisar de vencer a Macedónia para eventualmente assegurar o seu lugar nos últimos quatro. Mark O'Haire preve a partida dos lusos...

"Os portugueses só ficaram em branco em uma das últimas 16 partidas, e registaram 10 jogos sem sofrer golos em 14 duelos competitivos."

Macedónia Sub-21 vs Portugal Sub-21
Sexta-Feira, às 19:45
Em Directo na SportTV 1


Portugal 1.182/11 não poderá contar com o capitão Bruno Fernandes e o defesa-central Rúben Semedo devido a castigo na última oportunidade que terá de assegurar um lugar nas Meias-Finais do Campeonato da Europa Sub-21 esta Sexta-Feira à noite, através da conquista do melhor segundo lugar dos três grupos.

Tobias Figueiredo deve ocupar a vaga do seu colega de formação no Sporting, Semedo, com João Carvalho a poder derivar para o centro do terreno enquanto Bruma deve alinhar pelo flanco na sequência do seu sensacional golo, candidato a melhor do torneio, na derrota por 3-1 com a Espanha na jornada anterior.



Os comandados de Rui Jorge entraram melhor no duelo ibérico e Daniel Podence atirou ao poste de fora da área como consequência da pressão inicial lusa. Mas a Espanha chegou ao golo praticamente no seu primeiro ataque na partida e raramente pareceu fora de controlo desde então.

Portugal aumentou o ritmo no início da segunda metade com Podence a voltar a ficar perto do golo mas a partir daí a equipa portuguesa não foi além de tentativas de longa distância. Apesar de ter rematado por 22 vezes, só cinco acertaram na baliza com apenas seis tentativas a acontecerem dentro da área espanhola.

Este desaire foi o primeiro de Portugal neste escalão - em tempo regulamentar - desde Março de 2015 e colocou termo a uma série de 15 partidas sem perder desde a derrota em penalties na final deste certame há dois anos (12V-3E-1D).

Quaisquer esperanças realistas que a Macedónia pudesse ter 19.0018/1 de atingir a fase a eliminar da competição caiu por terra quando concederam o golo da igualdade sobre o final frente à Sérvia na última jornada.

A equipa de Blagoja Milevski teve poucas hipóteses nos primeiros 45 minutos, com a Sérvia a monopolizar a posse de bola e colocando os outsiders do grupo bem lá atrás. A Macedónia acabou por ter sorte em sair para o descanso a perder por somente um golo com o livre de longa distância de Enis Bardhi a ser o seu único apontamento de registo.

Após resistirem a mais alguns sustos no recomeço da partida, a Macedónia encontrou o seu rumo e a tendência do jogo mudou quando Bardi converteu uma penalidade após o cruzamento do jovem de 17 anos Elif Elmas ter sido interceptado por uma mão.

Empolgados com o golo, os outsiders subiram de rendimento e assumiram a liderança do jogo ao 83º minutos quando Nikola Gjorgjev atirou a contar à entrada da área. Mas a Macedónia foi incapaz de segurar um triunfo importante já que Uros Djurdjevic resgatou um ponto para os sérvios a um minuto do fim.

Os pupilos de Milevski estão agora a jogar apenas pelo orgulho mas não se esperam grandes mudanças na equipa, embora Elmas deva mesmo ser incluído no onze inicial depois de mostrar ser a arma mais perigosa da equipa a sair do banco.

Na defesa, a Macedónia espera uma exibição mais segura. O desafortunado 5-0 sofrido diante da Espanha terminou um ciclo de cinco partidas sem sofrer golos ao passo que o 2-2 com a Sérvia foi apenas a terceira ocasião em 18 duelos em que sofreram mais de um golo.

Na verdade, a solidez defensiva desta equipa foi tal durante a qualificação que eles chegaram à Polónia precisando de marcar apenas 13 golos em 10 partidas - um registo igualado ou superado por nada mais nada menos que 17 equipas que, ainda assim não se qualificaram para a prova.

Portugal não foi propriamente convincente nos seus dois primeiros jogos no Grupo B mas eu espero que eles superem a Macedónia e pode valer a pena apostar nos lusos para firmar esse sucesso sem sofrer qualquer golo a 1.845/6.

Os portugueses só ficaram em branco em uma das últimas 16 partidas, sofrendo apenas oito golos em 15 antes da derrota frente a uma Espanha de grande qualidade. E os claramente favoritos pré-jogo registaram 10 partidas sem sofrer golos em 14 duelos competitivos.


Aposta Recomendada:

Portugal vence sem Sofrer Golos @ 1.845/6