Apostas Ligue 1: Suspensão da liga interrompeu intensa luta pelos lugares europeus

A Liga Francesa desistiu da sua ideia de continuar à porta fechada...
Abrir Conta
Ver mercado

A Liga Francesa chegou à sua pausa forçada com vários assuntos por resolver em ambas as pontas da tabela, escreve James Eastham...

"Com outros dois lugares de acesso à Liga dos Campeões em jogo e as posições de Liga Europa podendo ir até à sexta posição dependendo de como se concluem as duas taças domésticas, a luta será muito interessante de se seguir."

Jogos adiados até ao início de Abril


Pode-se dizer que as coisas mudaram no futebol francês desde que Emmanuel Macron se dirigiu ao povo numa declaração televisiva na Quinta à noite. O líder político francês descreveu o coronavirus como 'a maior crise de saúde que França conheceu durante um século".

Mais tarde nessa noite, a Federação Francesa anunciou que todos os encontros amadores seriam adiados até notícia em contrário. Na sexta de manhã, e após uma reunião de emergência, também a Liga Francesa - que abrange as duas divisões profissionais - decretou as mesmas conclusões.

Esta foi uma clara mudança de posição em poucos dias. Isto porque na terça-feira anterior os decisores em França tinham apontado nos sentido de termos partidas à porta fechada. Assim, pairava a ideia de que poderíamos ter a realização de partidas no fim-de-semana. Para os adeptos, seria um mal menor, poderia dizer-se.

Mas isso não se confirmou e agora teremos um período indeterminado de paragem na Liga Francesa. Com 10 partidas por disputar numa temporada de 38 encontros, o mais próximo que os jogadores poderão estar de volta ao relvado será em inícios de Abril.

Rennes e Lille lutando por lugares de Liga dos Campeões


Se a Ligue 1 fosse concluída hoje isso não faria diferença no que respeita à identidade daqueles que coleccionariam as medalhas de vencedores. O PSG está 12 pontos à frente do 2º classificado Marseille com um jogo a menos. O clube da capital francesa tem enormes chances de somar o seu sétimo título em oito temporadas e as odds sugerem-no de modo inequívoco com cotações de [1.03].

A real diversão e partidas dignas de serem vistas para a audiência aconteceriam entre o leque de perseguidores. Com outros dois lugares de acesso à Liga dos Campeões em jogo e as posições de Liga Europa podendo ir até à sexta posição dependendo de como se concluem as duas taças domésticas, a luta será muito interessante de se seguir: um ressurgente Marseille segue na segunda posição com 56 pontos enquanto o Rennes (50 pontos) e o Lille (49 pontos) estão entrelaçados numa fantásticas batalha pela terceira posição.

Depois disso, é um exercício difícil decretar quem terminará nas quinta e sexta posições: apenas sete pontos separam o 5º classificado Reims (41 pontos) do 15º Metz (34 pontos). A homogeneidade da divisão torna difícil escolher os vencedores semanalmente, mas também contribui para uma temporada absorvente em que diferentes padrões entre equipas são por vezes difíceis de discernir.

Toulouse é o chorão desta temporada


Algo que esta paragem forçada não irá alterar é o lanterna da vermelha Toulouse que tem estado totalmente fora de si esta temporada. Na última posição, a imensos 14 pontos da salvação, eles somaram apenas 13 pontos em 28 partidas e têm problemas enormes dentro e fora de campo. Já nem sequer consegues encontrar cotações pelo 'TFC' para descer de divisão.

Acima do Toulouse, o Amiens (23 pontos), Nimes (27 pontos), St Etienne (30 pontos), Dijon (30 pontos), Metz (34 pontos) e Brest (34 pontos) ainda estão em perigo de preencherem o segundo lugar de despromoção automática (19º) e o de playoff de despromoção (18º).

O Amiens está actualmente na linha da frente para terminar em penúltimo, deixando as restantes equipas numa possível batalha a cinco para sobreviverem se e quando a temporada for retomada.

Os leitores com longa memória poderão relembrar-se da nossa Previsão de Pré-temporada em Agosto em que avisámos que o Nimes poderia ser uma boa escolha no mercado Para ser Despromovido a [2.25]. Não encontrarás essas cotações pelo Nimes actualmente.

"Se gostou de nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais"

James Eastham,