Apostas Man.City vs Aston Villa: Defesa vulnerável é chave para os lucros

John Stones deve substituir Rodri no centro da defesa dos Citizens

Um Aston Villa em forma pode quebrar a frágil defensiva do City e isso será chave para o lucro este Sábado à hora de almoço na Premier League, avisa Andy Schooler.

"Talvez te surpreenda que a maioria dos visitantes do City na Premier League nas duas últimas temporadas (em que foram campeões) conseguiram marcar golos (21 em 38). Desses 38 jogos, 18 renderam com a aposta vitória em casa/ambas as equipas marcam."

Manchester City vence e ambas as equipas marcam @ 2.466/4 no Intercâmbio

Manchester City vs Aston Villa
Sábado, 12:30 (Portugal) / 08:30 (Brasil)

O Manchester City entra em campo amanhã com apenas duas vitórias nos últimos quatro jogos em casa da Premier League esta temporada.

Pelos padrões de campeão, este registo é fraco e essa é a principal razão porque está seis pontos atrás do líder Liverpool.

Claro que tudo é relativo. Apesar de não ter ganho ao Tottenham e de ter perdido com o Wolves, o City conseguiu esmagar o Brighton por 4-0 e o Watford por 8-0 no Etihad. Com o talento atacante à disposição do anfitrião, é provável que aconteça o mesmo ao Aston Villa.

Raheem Sterling foi simplesmente sensacional durante a semana, na vitória frente ao Atalanta por 5-1 - tem sido uma alegria observar a sua capacidade de concretização, de corrida e de encontrar espaços. Se lhe juntarmos jogadores como Sergio Aguero e Bernardo Silva, o City ainda é capaz de castigar a maioria dos visitantes.

Aflições defensivas


Ultimamente o verdadeiro problema tem sido a defesa, e não é difícil perceber porquê.

Aymeric Laporte e Vincent Kompany foram a dupla de eleição de Pep Guardiola na entusiasmante corrida ao título da temporada passada, mas nenhum deles está disponível. Laporte tem uma lesão de longa duração, e Kompany foi-se embora no Verão.

Há uma real falta de confiança em John Stones, que perdeu o lugar para Kompany na Primavera passada, enquanto a forma de Nicolas Otamendi tem estado fraca, como quando começou a carreira no City.

Os médios Fernandinho e Rodri jogaram juntos no centro da defesa nos dois últimos jogos, mas Rodri não vai estar neste encontro, está lesionado, o que significa ainda mais problemas.

Mesmo na defesa tem havido alterações, Bernard Mendy e Aleks Zinchenko trocaram no lado esquerdo da defesa (este último está em dúvida, não jogou durante a semana devido a uma lesão) e a quebra de forma de Kyle Walker tem sido um problema na direita. Por isto, João Cancelo tem jogado ocasionalmente.

Estes problemas dão esperança ao Villa.

Villa em melhoria


Depois dum início de temporada incerto no regresso à primeira divisão, o Villa não perde há três jogos e perdeu apenas um dos últimos cinco encontros.

Qualquer equipa que queira sobreviver tem de marcar golos, o que o Villa tem feito. Marcou pelo menos dois golos nos últimos quatro jogos.

O principal marcador, Wesley, já tem quatro golos, um bom início na Premier League, enquanto Jack Grealish e John McGinn são perfeitamente capazes de contribuir a partir do meio campo. Estes dois vão ser importantes neste encontro, como explica o meu colega Alex Keble na sua antevisão táctica da Premier League.

O Villa estava perfeitamente preparado quando se deslocou ao Arsenal no mês passado, um encontro em que esteve duas vezes em vantagem, antes de perder por 3-2.

A forma como o Arsenal defendeu mostra porque é que Dean Smith escolheu aquela táctica e apesar do City estar claramente um nível acima dos Gunners, também tem problemas que o Villa vai certamente tentar explorar.

astonvilla_deansmith.jpg

É o que sugere a conferência de imprensa de Smith esta semana.

"Não vamos enfrentar uma equipa sobre-humana, embora às vezes pareça." disse. "É uma equipa que comete erros, e quando os comete, temos de os castigar." Foi o que o Villa fez no Emirates e em Norwich, onde ganhou 5-1.

City super favorito


O Norwich e os Wolves castigaram os erros do City ao máximo nas últimas semanas, enquanto o Everton e o Atalanta conseguiram-no durante algum tempo.

Não vejo muito sentido em adicionar o City a apostas acumuladas a 1.111/9. Podes apostar no Villa a 30.0029/1 para conseguir o mesmo que os Wolves e ganhar o jogo mas apesar de estar muito confiante, é pouco provável que a defesa seja suficientemente boa para causar surpresas.

Até agora só não sofreu golos em dois jogos e foram os dois em casa. Perdeu fora de casa contra o Arsenal frente a uma equipa com 10 jogadores durante a maior parte do jogo. O City deve estar mais que à vontade para conseguir um resultado.

Golos - de ambos os lados


Como sempre no Etihad, as linhas de golo estão um pouco desequilibradas. O Mais de 2.5 está apenas a 1.251/4 e o Mais de 3.5 também está com probabilidades positivas a 1.618/13.

Esta última pode ser tentadora, mas prefiro uma abordagem de golos diferente e que dá mais dinheiro, como o City vence e ambas as equipas marcam a 2.466/4.

Já mostraram que marcam muito, mas os problemas na defesa vão ser testados por uma equipa com uma mentalidade atacante e que está em forma.

Talvez te surpreenda que a maioria dos visitantes do City na Premier League nas duas últimas temporadas (em que foram campeões) conseguiram marcar golos (21 em 38).

Desses 38 jogos, 18 renderam com a aposta vitória em casa/ambas as equipas marcam. Só isso, faz com que o 2.466/4 seja um bom negócio e a forma do Villa só fortalece a aposta.

Há quem sugira que uma equipa na segunda metade da tabela (o Villa está em 12º) vai muito provavelmente desiludir. Claro que temos que ter isso em conta, mas vale a pena relembrar que o Huddersfield, que desceu de divisão, e outras equipas do fim da tabela como o Newcastle, o Southampton e o Bournemouth perderam, mas marcaram todos aqui na temporada passada.

"Se gostou de nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais"