Apostas Mundial 2018 - Grupo F: Alemanha pode ir até ao fim, Suécia desiludirá

Pode a Alemanha repetir o sucesso de 2014?

A Campeão do Mundo Alemanha deverá vencer o Grupo F, e Kevin Hatchard acredita que eles podem voltar a erguer o troféu mais famoso do universo...

"Como equipa, a Alemanha tem imensa experiência em jogos de alta pressão na fase de eliminatórias, e Loew tem muitas opções para quase todas as posições."

Alemanha para vencer o Campeonato do Mundo @ 5.805/1

Campeão do Mundo em excelente forma


O seleccionador alemão Joachim Loew chegou sempre às meias-finais de torneios internacionais com Die Mannschaft, e apesar de ser um motivador genial que consegue pôr os seus jogadores a remar todos para o mesmo lado, tem uma mão de ferro numa luva de veludo. Mario Goetze, que marcou o golo da vitória da Alemanha no Mundial 2014, foi excluído da defesa do título da selecção. Foi uma escolha difícil mas, muito provavelmente, certa e Loew tem jeito para este tipo de decisão.

Outra escolha acertada foi permitir ao capitão Manuel Neuer espaço para mostrar a sua forma. O guarda-redes do Bayern de Munique não jogou durante a maior parte da campanha, por causa duma lesão no pé, mas agora parece em forma para participar no jogo de abertura contra o México. Marc-André ter Stegen, do Barcelona, é um excelente suplente, mas Neuer tem uma aura que entusiasma os que o rodeiam e cria dúvidas na mente dos avançados adversários.

A selecção alemã é forte em todo o lado. Niklas Sule desabrochou no Bayern esta temporada, e acho que pode ser um sério candidato à posição de Jerome Boateng como parceiro de Mats Hummels na defesa. O médio Toni Kroos ganhou agora o quarto título da Liga dos Campeões, e Joshua Kimmich tornou-se indubitavelmente o melhor defesa direito do mundo. No ataque, Thomas Mueller voltou à sua melhor forma no Bayern depois do regresso de Jupp Heynckes, e relembro que marcou 10 golos nos Mundiais de 2010 e 2014.

O mais provável é que Mueller possa jogar à vontade, gosta muito mais do que ficar preso no centro. Pode ter esta liberdade porque o rápido avançado do Leipzig, Timo Werner, vai provavelmente liderar o ataque do campeão do mundo. Werner marcou 21 golos em todas as competições no clube esta temporada, e sete golos nos últimos nove jogos na selecção.

Não tenho problemas em apostar na Alemanha para vencer o Mundial a 5.805/1. Deve ganhar no grupo, e deve ter jogos favoráveis nos oitavos e nos quartos de final. Como equipa, tem imensa experiência em jogos de alta pressão na fase de eliminatórias, e Loew tem muitas opções para quase todas as posições.

México quer manter registo impressionante


O México qualificou-se para a fase de eliminatórias nos últimos seis Mundiais, um registo destes não é de desprezar. O seleccionador Juan Carlos Osorio (que já foi preparador físico no Manchester City) tem impressionado positivamente, só tem meia dúzia de derrotas desde que tomou os comandos em Outubro de 2015. Teve um ou dois resultados preocupantes - El Tri foi esmagado pela Alemanha por 4-1 na Taça da Confederações no ano passado, e no ano anterior foi humilhado pelo Chile na Copa América, com uma derrota por 7-0.

Apesar dos percalços, acho que Osorio tem uma estratégia táctica forte, e quando a equipa está em sintonia tem um futebol muito bonito. No ataque tem jogadores excelentes. O jovem Hirving Lozano brilhou na liga holandesa no PSV, Carlos Vela é perigoso quando está para aí virado, e Javier Hernandez consegue ser uma ameaça quando está inspirado, apesar da forma no clube ter decaído nas últimas temporadas.

O fabuloso defesa Nestor Araujo está lesionado no joelho e não joga, mas Carlos Salcedo fez uma época excelente no Eintrach Frankfurt. No geral, o México tem energia suficiente no ataque para ultrapassar a Suécia e a Coreia do Sul, e vou apostar neles para se qualificarem para os oitavos de final.

Suécia pode sentir falta da imprevisibilidade de Zlatan


A Suécia sempre soube que teria de se adaptar à vida depois de Zlatan Ibrahimovic, e a impressionante vitória no play-off contra a Itália mostrou que consegue resultados sem o avançado talismã. No entanto, não acho que tenha a chama necessária para passar aos oitavos de final.

Muita coisa depende da forma de Emil Forsberg, que teve uma temporada muito decepcionante no RB Leipzig. Há duas campanhas atrás fez 19 assistências na Bundesliga, mas esta temporada só conseguiu duas. Continua a ser um jogador tecnicamente dotado, mas é pedir demais que regresse à sua melhor forma num estalar de dedos.

O seleccionador Janne Andersson gosta de arriscar, e construiu uma unidade sólida com um grande espírito de equipa. A Suécia vai ser agressiva no contra-ataque, e deve contar com a perícia nos lances de bola parada para passar aos oitavos.

Coreia do Sul vai bater-se


Desde que chegou às meias-finais no Mundial em casa em 2002, a Coreia do Sul nunca mais conseguiu deixar marcas num Mundial. Só chegou à fase de eliminatórias uma vez nos últimos três torneios, e pouca gente espera que consiga ir mais longe este ano.

O seleccionador Shin Tae-yong tem alguns jogadores interessantes. A estrela dos Spurs, Son Heung-min brilha na Premier League, Ki Sung-yeung teve uma temporada complicada no Swansea mas é um jogador talentoso, e Lee Jae-Sung é sem dúvida o melhor jogador da liga coreana.

Shin foi contratado depois do seu antecessor Uli Stielike ter dirigido a equipa numa série de jogos desastrosos na qualificação, que incluiram derrotas frente ao Qatar, ao Irão e à China. A equipa ainda tem falhas - falta de concentração na defesa, e Shin demorou um bocado a encontrar a formação certa.

Muito depende do jogo inicial contra a Suécia. Se Son brilhar contra uma selecção sueca limitada, a Coreia do Sul pode conseguir um resultado inesperado.


APOSTAS RECOMENDADAS:
Alemanha para vencer o Campeonato do Mundo @ 5.805/1
Alemanha/México Dual Forecast @ 2.206/5 no Sportsbook
Coreia do Sul +0.5 no Handicap Asiático vs Suécia @ 1.865/6