Final da CONMEBOL Libertadores: Conheça os palpites de Alex, Rivaldo e Paulo Nunes para o Grande Dia

Nossos embaixadores antecipam uma Final muito bem disputada entre Palmeiras e Santos

Em dia de Final da CONMEBOL Libertadores, a Betfair sumariza os comentários de nossos embaixadores Alex, Rivaldo e Paulo Nunes para o grande duelo entre Palmeiras e Santos de logo mais... Confira connosco!

Paulo Nunes - "Gostaria de ver esse jogo ir nos pênaltis para prolongar o gosto de assistir a uma Final como essa".

Chegou o dia decisivo na CONMEBOL Libertadores com Palmeiras e Santos brigando pelo título numa Final 100% brasileira no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

A Betfair recolheu vários testemunhos de jogadores lendários da competição que fizeram sua previsão para o confronto.

Paulo Nunes, bicampeão da competição com Grêmio em 94/95 e Palmeiras em 98/99 antecipa uma briga boa pela vitória, afirmando mesmo que 'gostaria de ver esse jogo ir nos pênaltis para prolongar o gosto de assistir a uma Final como essa'.

De qualquer forma, e olhando para os dois times em ação, o ex-jogador aponta ligeiro favoritismo do Palmeiras indicando um 52-48 para o Verdão puramente por ter um elenco mais qualificado que poder permitir a seu técnico Abel Ferreira mudar algo durante a partida, situação que não acontece com o Santos de Cuca.

santos_marinho_final.jpg

Paulo Nunes destaca Marinho do lado do Santos, indicando que está sendo o melhor jogador da temporada, ao mesmo tempo que releva a importância de Weverton no gol do Palmeiras e na tranquilidade e segurança que transmite para seus companheiros.

Convidado a arriscar um palpite de resultado, a lenda do Palmeiras aposta num 2-1 para o Porco frente ao Peixe, porém, espera uma partida bem emocionante.

Outro de nossos entrevistados foi Alex, também campeão pelo Palmeiras em 1999. O ex-jogador falou do ótimo trabalho desenvolvido por Abel Ferreira que em três meses dotou o Verdão de uma nova identidade e modelo de jogo bem definido.

palmeiras_abel_final.jpg

Ele também fez questão de destacar a juventude do time, indicando talentos como Danilo, De Paulo, Gabriel Menino e Gabriel Veron como jogadores em claro florescimento.

Quanto ao jogo, Alex acredita que o fator mental se irá sobrepor à questão física, pois num jogo como estes qualquer jogador estaria disposto a tirar o gesso de uma perna para entrar no gramado.

Rivaldo, nosso Embaixador e Campeão do Mundo em 2002 espera por um confronto que não tem favorito, embora confesse ter um carinho especial pelo Palmeiras, time pelo qual irá torcer, apesar de reconhecer que o Santos está jogando muito bem e irá dificultar a tarefa para seu oponente.

Rivaldo parabeniza ainda Cuca e o Santos por todo o trajeto conseguido numa campanha muito difícil atendendo aos problemas de diretoria e financeiros que o clube vem atravessando.

santos_cuca_final.jpg

O campeão mundial pelo Brasil alerta ainda para a importância da concentração e tranquilidade dos jogadores nesses embates de decisão, pois em sua opinião a responsabilidade é 90-10 para o jogador, pois é ele quem entra em campo e joga futebol, enquanto o técnico apenas define a tática e a palestra do time.