Harry Redknapp: Capitão Gerrard dá à Inglaterra uma forte hipótese de chegar às Meias-Finais

Harry orgulha-se de ver Steven Gerrard em excelente forma

A performance de Steven Gerrard na fase de grupo deixou Harry Redknapp bastante contente, mas o antigo treinador dos Spurs está a dividir as hipóteses de Inglaterra e Itália ainda antes da noite de domingo nos quartos-de-final do Euro 2012. Será que vai levar novamente a equipa a penalties?

"Gerrard está a ter um Euro fantástico e é um daqueles jogadores que nos dá todo o conforto na equipa. A parceria com Scott Parker é a chave e ambos terão que estar no melhor possível contra a Itália."

"Inglaterra, Euro 2012, vencedores do Grupo D" - soa bem, não é verdade?

Tivemos a sorte do nosso lado na noite passada, mas já tinhamos o trabalho de casa feito para conseguir duas vitórias em três, e um lugar no topo do grupo (uma das apostas feitas por Harry para os pré-torneios).

E com a vantagem da Suécia vencer a França, foi-nos dado os quartos-de-final contra a Itália em vez da Espanha, mas não nos devemos confortar já que domingo vai ser uma noite difícil e trabalhosa. Não sei quanto a vocês, mas eu sou da opinião que vamos a penalties!

Vejo que os mercados da Betfair estão divididos (Nota do Editor: Inglaterra está neste momento com 3.02/1 para vencer, Itália 2.8415/8; Inglaterra com 9.617/2 para vencer o Euro 2012, Itália 9.89/1) e eu vou no mesmo caminho. Isto já se trata de um jogo 50/50 para mim, com ambas as equipas capazes de derrotar a outra. Aposto num encontro com poucos golos que poderá ser um verdadeiro martírio.

Mas antes de entrarmos por aí, vamos falar de ontem à noite.

Gerrard é um dos melhores
Primeiro, não tivemos uma performance brilhante na posse de bola contra a Ucrânia e houve momentos complicados, particularmente no início e, claro, no golo anulado.

Mas houve bastantes momentos positivos para mim, sendo o de registar a performance de Steven Gerrard. O capitão do Liverpool é um dos melhores do mundo, ele consegue fazer tudo e mostrou-nos isso mesmo ontem à noite. É um verdadeiro competidor no ataque à bola e penso que ele está a gostar de suportar a responsabilidade de chefiar a equipa. É um jogador de qualquer ponto do campo, tem tudo o que precisa e, principalmente, joga para a equipa.

Gerrard está a ter um Euro fantástico e é um daqueles jogadores que nos dá todo o conforto na equipa. A parceria com Scott Parker é a chave e ambos terão que estar no melhor possível contra a Itália.

Todos na Ucrânia se estão a sentir muito em baixo depois de se aperceberem que estão novamente no caminho errado num grande torneio.
Os anfitriões fizeram o empate ontem à noite, mas parece sempre haver um momento como este onde os Euros ou os Campeonatos do Mundo sofrem uma reviravolta, e geralmente é contra nós.

Isso pôs muita gente a falar da sorte e é verdade que isso pode ter uma grande influência neste jogo - O Chelsea demonstrou isso mesmo na Liga dos Campeões -, mas não interessa que se tenha toda a sorte do mundo se a performance não é positiva.

A Ucrânia deveria ter feito golo, mas não nos devemos esquecer que estávamos com o avanço do 1-0. A Inglaterra colocou-se numa posição de vitória e mesmo com o marcador empatado passaríamos à mesma. Claro, a Ucrânia poderia ter vencido, mas nunca saberemos. Lamento por eles, mas o futebol é isto mesmo.
Não estou de todo preocupado com Wayne Rooney. Ele não estava no seu melhor, mas é claramente uma ameaça - marcou o único golo do encontro, não nos esqueçamos - e um verdadeiro talento mundial. Não nos preocupemos, vamos de certeza ver o melhor dele.

O desafio italiano
A não ser que soframos uma lesão ou duas, não vejo quaisquer mudanças no jogo com a Itália. Roy consertou um pouco a formação com Alex Oxlade-Chamberlain e Andy Carrol, cada um a ter a sua oportunidade durante os grupos, mas sem contar com isso têm sido os mesmos rapazes desde o início.

James Milner começou os três com Theo Walcott a ter um grande impacto enquanto suplente e vai-se passar o mesmo contra Itália, tenho toda a certeza. Carrol e Walcott são jogadores assustadores quando nos finais dos jogos combinam rendimento com ritmo. Se jogarmos como deve ser, a Itália vai de certeza ter medo deles.

Sabemos o que a Inglaterra irá trazer agora. Estamos organizados, temo-nos esforçado, estamos sólidos e unidos. A defesa está organizada e os lados direito e esquerdo da defesa dão-nos oportunidade de ataque; Gerrard e Parker formam uma base fantástica e vai haver ritmo e bom trabalho de equipa.

Não penso que vamos ver muitos golos, mas os mercados já se aperceberam disso (menos de 2.5 golos está com uma odd de 1.558/15). Estou convicto disso.

Uma opção que nos pode beneficiar é uma aposta em John Terry ou Lescott para marcar. Vimos que a Inglaterra é excelente nos lances de bola parada e com Chiellini a falhar o jogo, o golo para ambos não me iria surpreender.

Já disse que isto vai ser complicado e difícil, e chegarmos ao intervalo com 0-0 e 1-1 são as minhas apostas com 2.56/4 e 10.09/1.

Finalmente, já mencionei a questão dos penalties e com ambas as equipas nos para ganharem nos remates depois do prolongamento, terei também de colocar alguns euros. Eles vão ser uma autêntica lotaria e portanto aposto em ambas as equipas. Se a Inglaterra ficar por aqui, ao menos tirarei algum lucro disso.

Apostas recomendadas:
Aposta no 0-0 no intervalo @ 2.56/4
Aposta 1-1 no intervalo @ 10.09/1

Aposta na Inglaterra para vencer em penalties @ 11.010/1
Aposta na Itália para ganhar nos penalties @ 10.09/1