Apostas Hull vs Chelsea: Batman poderá marcar a diferença em Humberside

Michy Batshuayi deve jogar de início no ataque do Chelsea
Abrir Conta
Ver mercado

Mark O'Haire espera que o Chelsea da Premier League tenha qualidade suficiente para negociar uma deslocação potencialmente perigosa até Hull para a FA Cup este sábado à tarde.

"O Chelsea está a [1.49] e avançou em 49 dos últimos 51 encontros na FA Cup contra equipas fora da Premier League, além de não perder fora de casa desde Março de 2008."

Hull vs Chelsea
Sábado, 25 de Janeiro, 17:30 (Portugal) / 14:30 (Brasil)

Estádio esgotado para apoiar o Hull


No início de Janeiro, o avançado do Hull, Tom Eaves, marcou o golo da vitória no último minuto, completou um hat-trick e pôs os Tigers na 4ª ronda da FA Cup. Os Humbersiders tiveram sorte, jogaram contra o Rotherham, uma equipa da League One que ficou reduzida a 10 jogadores depois de receber um cartão vermelho.

O treinador do Hull City, Grant McCann, que fez oito alterações em relação ao jogo anterior do Hull, virou o jogo a seu favor quando meteu Jarrod Bowen, Kamil Grosicki e Jackson Irvine ao fim de 60 minutos. Espera-se que o treinador dos Tigers tenha um XI mais forte num KCOM Stadium cheio.

As novas contratações Mallik Wilks e Martin Samuelsen querem ser titulares depois de terem jogado pouco na derrota por 1-0 frente ao Derby no sábado. Herbie Kane, por empréstimo do Liverpool, está apto mas está confirmada a ausência do central Jordy de Wijs - sem o defesa holandês, os Tigers não ganham há oito jogos (V0-E3-D5).

Chelsea frustrado com empate durante a semana


O Chelsea fez nove alterações à equipa na vitória em casa por 2-0 frente ao Nottingham Forest na 3ª ronda da FA Cup há três semanas. Apesar do descanso e da rotação, Frank Lampard usou um XI com muita experiência de Premier League e os Blues ganharam com facilidade, só permitiram dois remates à baliza na vitória em Stamford Bridge, e Callum Hudson-Odoi brilhou.

Ross Barkley também foi certeiro e acho que deve ser titular, juntamente com Michy Batshuayi no ataque, após a lesão de Tammy Abraham no frustrante empate 2-2 do Chelsea durante a semana, contra o Arsenal. Mason Mount também deve jogar, foi suplente no jogo de terça-feira, juntamente com Marcos Alonso, Pedro e Kurt Zouma.

Lampard sugeriu que o empate do Arsenal soube a derrota depois de terem jogado contra 10 jogadores durante mais de uma hora, de terem dominado o jogo com 17 cantos e metralhado a baliza dos Gunners com 19 remates, e acabarem por sofrer dois golos nos dois únicos remates do Arsenal à baliza.

Após o jogo, o treinador dos Blues disse, "No dia do jogo temos de ter um instinto assassino. Neste momento não o temos." Esta afirmação é apoiada pelos dados, só o Manchester City falhou mais oportunidades do que o Chelsea esta temporada na Premier League.

Blues grandes favoritos a seguir em frente


Considerando todas as competições, o Chelsea entra em campo amanhã sem uma derrota desde 1988 em 15 jogos contra o Hull (V13-E2-D0). Os Blues também evitaram a derrota nos 10 encontros na FA Cup contra os Tigers (V7-E3-D0), um registo que inclui uma tareia por 4-0 na 5ª ronda da competição em 2018.

Fora da primeira divisão, o Hull a [6.60] foi eliminado nos últimos 13 encontros na FA Cup contra equipas da primeira divisão desde 1973. Entretanto, os Tigers têm tido dificuldades no Championship esta temporada - perderam seis dos nove encontros em casa contra equipas do top 14 - e só conseguiram três remates à baliza nos dois últimos encontros.

O Chelsea está a [1.49] e avançou em 49 dos últimos 51 encontros na FA Cup contra equipas fora da Premier League, além de não perder fora de casa desde Março de 2008. Os Blues têm o terceiro melhor registo fora de casa sob Frank Lampard (V7-E1-D4), marcaram pelo menos duas vezes em sete desses 12 encontros como visitantes. Só o Manchester City tem uma média de golos superior fora de casa esta temporada.

Golos demasiado curtos


A melhor descrição desta temporada do Hull é irregularidade. Os Tigers têm uma excelente proporção de 60% de Golos Experados (xG), têm dado amostras regulares duma óptima qualidade, mas têm perdido por erros defensivos descuidados, uma incapacidade de conclusão no terço final e uma lista de lesões consistentemente longa que tem atrapalhado as perspectivas de chegar ao play-off.

Os Humbersiders só conseguiram marcar mais do que um golo em três dos 14 jogos contra equipas do topo da tabela sob Grant McCann. Precisam de Kamil Grosicki em forma e disponível para apoiar Jarrod Bowen no ataque este fim de semana. Devem ambos ser titulares, e o anfitrião tem uma oportunidade de prejudicar o Chelsea.

Os Blues só não sofreram golos em três dos últimos 15 jogos na liga e na taça, e sofreram pelo menos dois exactamente em metade dos jogos fora na primeira divisão. Essas 12 deslocações tiveram uma média de 3.75 golos por jogo - nove tiveram Mais de 2.5 Golos, pelo que a repetição está curtinha neste jogo, apenas a [1.63].

Aposta que o Batman marca


É quase certo que Tammy Abraham não joga e Olivier Giroud está quase de saída do Chelsea, portanto pode valer a pena aproveitar o enorme [4.50] disponível pelo avançado Michy Batshuayi para marcar primeiro no KCOM Stadium com uma aposta each-way. A oferta each-way permite ganhar um terço das probabilidades se o belga marcar depois do golo inicial.

Batshuayi marcou 14 vezes na FA Cup e na Taça da Liga no Chelsea e no Crystal Palace, com uma média de um golo a cada 101 minutos. Ansioso por impressionar antes do Euro 2020, o jovem de 27 anos deve ter bastantes oportunidades ao liderar a linha de ataque da equipa de Lampard.

"Se gostou de nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais"

Redação,