Apostas Chelsea X Arsenal: Solidez defensiva de ambos os lados pode cortar com os Golos

Conseguirão os centrais do Arsenal travar o ataque dos "blues"?

O jogo de sábado vai ser o 1000º de Arsene Wenger como treinador do Arsenal - e ele adoraria celebrá-lo com a sua primeira vitória sobre José Mourinho. Michael Cox e Alan Thompson fazem a antevisão do derby londrino...  

"O meio-campo do Chelsea estará mais robusto mas menos móvel, ao passo que Wenger poderá optar por Mikel Arteta e Mathieu Flamini em simultâneo..."

Menos de 1.5 golos a 3.711/4

Chelsea X Arsenal
Sábado 12:45, BenficaTV
Probabilidades: Chelsea 1.9520/21 Arsenal 4.84/1 Empate 3.613/5

O Chelsea nunca perdeu um jogo da Premier League em Stamford Bridge sob o comando de José Mourinho e Arsene Wenger nunca derrotou o treinador português. Será que o Arsenal acredita que consegue triunfar em Stamford Bridge?

Não é totalmente descabido pensar que o Arsenal pode empatar este encontro. Cautelas não fazem parte da sua mentalidade, mas este é o jogo mais complicado dos Gunners esta temporada, e faz sentido que queiram adormecer o jogo, empatar e  depois jogar para ganhar três pontos nos encontros que ainda lhes faltam contra os clubes mais fracos durante o resto da campanha.

Além disso, a exibição do Arsenal contra os Spurs na semana passada foi o mais defensivo possível com uma equipa liderada por Wenger. Claro que o facto de estarem à frente no marcador apenas dois minutos depois do início foi crucial no jogo, mas mesmo assim o Arsenal fez o menor número de passes num jogo da liga em cinco anos - com os bloqueios mais defensivos desde que a Opta começou a contabilizar estes dados. Provaram que podem jogar defensivamente e mesmo assim ganhar três pontos.  
 
Esta também pode ser uma boa estratégia contra o Chelsea, tendo em conta que a equipa de Mourinho é melhor no contra-ataque, quando entra no espaço por trás da defesa do adversário. São muito menos perigosos quando não o conseguem fazer e este pode ser um jogo surpreendentemente cauteloso.

Em termos de selecção de equipa, Mourinho tem de lidar com as ausências de Ramires e Willian que estão suspensos, depois de terem sido ambos expulsos no Villa Park no fim de semana passado. Isto significa que o meio campo estará mais forte mas menos móvel já Frank Lampard deve emparelhar com Nemanja Matic. Andre Schurrle deve entrar no flanco direito, com Oscar e Eden Hazard - o 4-2-3-1 preferido de Mourinho. No entanto, ele jogou em 4-3-3 no Emirates em Dezembro e John Obi Mikel pode entrar em campo como um puro médio centro.

A escolha principal de Mourinho está na frente, onde Samuel Eto'o e Fernando Torres têm qualidades ligeiramente diferentes e Mourinho já escolheu muitas vezes conforme a táctica e a natureza do adversário. Nesta ocasião, é difícil ignorar que Eto'o marcou dois golos nos seus últimos dois jogos e que também tem por hábito marcar contra equipas do topo da tabela.

O Chelsea vai ser cauteloso no meio-campo por causa da ausência de Ramires, mas o Arsenal está numa situação semelhante. Jack Wilshere e Aaron Ramsey estão ambos ausentes, e Alex Oxlade-Chamberlain está também em dúvida - por isso pode faltar energia ao meio campo de Wenger. Não ficaria surpreso se escolhesse juntar Mikel Arteta e Mathieu Flamini, apesar de no fim de semana passado ter usado o 4-3-3, em vez do habitual 4-2-3-1.
Oxlade-Chamberlain pode jogar numa posição mais avançada, juntamente com Tomas Rosicky e Santi Cazorla, que estão em boa forma física, e Lukas Podolski pode ser outra opção. Este jogadores têm de apoiar Olivier Giroud, que tem um fraco registo de marcação de golos contra equipas grandes, mas que coloca consistente e eficazmente a bola nos médios ofensivos.
O Arsenal vai tentar passar a bola rapidamente e com eficácia, e Rosicky e Oxlade-Chamberlain são cruciais para este ritmo. No entanto, sem Ramsey, Wilshere, Mezut Ozil e Theo Walcott falta-lhes génio individual na frente do terreno.

O Chelsea é igualmente perigoso no contra-ataque, e tem em Eden Hazard um dos médios mais concretizadores desta época, alguém capaz de superar sozinho dois adversários, antes de chutar. O Arsenal tem de apoiar Bacary Sagna, mais uma razão para incluir Flamini com Arteta.

Este jogo não vai ser de certeza tão aborrecido como o primeiro encontro, um terrível empate a zero, mas ambas as equipas podem jogar em função do que a outra estiver disposta a fazer, pelo que é tentador apostar num jogo com poucos golos. Menos de 1.5 golos a 3.711/4 parece particularmente interessante.

Também vale a pena considerar a importância dos lances de bola parada, num jogo que deve ser bastante renhido. Esta temporada o Chelsea tem estado fraco na defesa de cantos, por isso que tal apostar em Laurent Koscielny para abrir o marcador, com uns ambiciosos 55.054/1?

Aposta Recomendada:

Menos de 1.5 golos a 3.711/4