Apostas Mundial 2014: Alemães e Argentinos reeditam Finais de 86 e 90

Que poderão fazer Messi e Higuain contra a poderosa Mannschaft?
Ver mercado

A Argentina juntou-se esta noite à Alemanha na Final do Campeonato do Mundo do Brasil, mas precisou de suar muito mais que os germânicos e confiar na inspiração do seu guarda-redes, Sergio Romero...

"A Mannschaft tem sido a equipa mais coesa da competição, tem apresentado o Futebol mais dominador e arejado e, se mantiver esse nível na Final parece ter todas as condições para voltar a erguer um troféu que não conquista desde 1990."

A alvi-celeste voltou a jogar quanto baste para se manter no jogo mas nunca arriscou verdadeiramente e não espanta que tenha ficado em branco.

Leonel Messi voltou a ser uma sombra do que tem sido ao longo dos últimos anos e a quantidade de bolas que perdeu durante o encontro é confrangedora. Angel Di Maria esteve ausente e a equipa sentiu a falta da sua capacidade de criar espaços onde não parece haver.

Enzo Perez cumpriu bem a sua missão de substituir o médio do Real Madrid e conferiu maior consistência ao meio-campo, no entanto é bastante inferior em termos individuais e raramente conseguiu colocar a Holanda em sério perigo.

E só na lotaria das Grandes Penalidades o entrave foi desfeito graças a duas boas intervenções do guardião argentino para desalento de Louis Van Gaal.

Alejandro Sabella lá vai levando a água ao seu moinho apesar do Futebol enfadonho da sua equipa, no entanto será preciso algo mais para bater a Alemanha.

Como se sabe, os germânicos entraram para a história ao golearem o país anfitrião, Brasil por 7-1 na outra Meia-Final e parecem chegar a voar até à Final do Maracanã.

Os apostadores apontam agora a Alemanha ao título a [1.72] contra os [2.36] da alvi-celeste.

A Mannschaft tem sido a equipa mais coesa da competição, tem apresentado o Futebol mais dominador e arejado e, se mantiver esse nível na Final parece ter todas as condições para voltar a erguer um troféu que não conquista desde 1990.

No mercado Probabilidades os alemães estão avaliados a [2.38] quando diante do Brasil chegaram a valer qualquer coisa como [3.1] para triunfar em 90 minutos.

Já a Argentina, passa de favorita diante da Holanda para "outsider" da Final a [3.55]

Estes valores são perfeitamente naturais e espelham aquilo que tem sido a performance das duas equipas.
A Alemanha já mostrou que ganha muito em defrontar formações mais cotadas que a olham nos olhos - bateu Portugal por 4-0, a França por 1-0 e o Brasil por 7-1 - ao passo que a Argentina, contra todas as expectativas se tornou numa formação que sofre poucos golos mas também não marca.
Ao longo do torneio apontaram apenas oito golos, sendo que nos últimos três encontros, todos a eliminar, só alcançaram um no Tempo Regulamentar.


Ver mercado