Guia de Equipa para o Mundial 2014: Portugal

Ronaldo e Pepe serão fundamentais na manobra lusa no Mundial...

O especialista em Futebol Europeu Andy Brassell, que acompanhará o trajecto de Portugal no Brasil, antevê as suas hipóteses no Mundial deste verão...

"Este Grupo, talvez tenha sido desvalorizado devido ao poderio do Grupo B que terá Espanha, Holanda, Chile e Austrália, mas é bem mais forte do que a maioria. O jogo de abertura diante da Alemanha pode ser crucial. O mesmo embate abriu o Euro 2012 para ambas as equipas, e a resiliência de Portugal em segurar o empate acabou por lhes custar uma derrota curta."

Caminhada até ao Brasil

Foi muito trabalhoso, e certamente mais difícil do que seria de esperar. A derrota madrugadora frente à Rússia era reversível - e, na verdade Portugal venceu o jogo da segunda volta em Lisboa diante dos pupilos de Fabio Capello - mas vários pontos estupidamente perdidos frente a Israel (por duas vezes) e em casa frente à Irlanda do Norte custaram a qualificação directa para o Campeonato do Mundo.

A vitória no dramático play-off a duas mãos frente à Suécia, alicerçada num soberbo hat-trick de Cristiano Ronaldo em Estocolmo, não foi mais do que cumprir a obrigação lusa. Será a terceira vez consecutiva em que Portugal marca presença num torneio desta dimensão depois de ter ultrapassado o play-off de qualificação.
É claro e patente perante todos o quão vital é Cristiano Ronaldo para a sua moral no Brasil, já que ele marcou todos os quatro golos da equipa nas duas mãos do play-off, que se seguiram a outro hat-trick que já havia sido obtido na Fase de Grupos na Irlanda do Norte que, na altura permitiu virar uma desvantagem de 2-1.


O Treinador

Paulo Bento não é uma Raposa Velha como Luis Felipe Scolari era, mas o seu feitio por vezes assemelha-se ao seu antecessor.
Ele é leal às suas ideias, e não é pródigo em surpreender, portanto o 11 base será o mesmo ao longo de toda a competição, a não ser que hajam lesões. Isto leva a uma formação portuguesa estável, no entanto é questionável que jogadores em baixo de forma continuem a ter o seu lugar na equipa.

Bento também não é nenhum génio da táctica. E isto pode ser um trunfo. Os jogadores estão são utilizados na posição exacta em que alinham nos seus clubes, o que potencia a hipótese de produzirem o seu melhor Futebol e evita alguma desorganização em campo.
Ou seja, ele tira o melhor de Ronaldo ao iniciá-lo no flanco esquerdo com licença para flectir para dentro (melhor do que colocá-lo a avançado, como muitos sugerem), com o seu colega de equipa Fábio Coentrão a auxiliá-lo e a combinar com ele em lances de ataque.


Jogadores-Chave 

Obviamente, Ronaldo. O hat-trick que marcou à Suécia transportou-o para o mesmo número de golos de Pedro Pauleta como melhor marcador de sempre por Portugal com 47, um título que ele fez questão de reclamar para si próprio quando bisou no jogo amigável de Março frente aos Camarões. A sua melhoria de performance sob o comando de Paulo Bento tornou o novo técnico português quase à prova de bala, e ele parece ser bem mais simpático do que o "isolado" Carlos Queiróz e as suas tácticas excessivamente defensivas no Mundial de 2010.

No entanto, ele necessitará de apoio. Pepe deverá ajudar em manter a baliza de Portugal bem fechada, e o excelente jovem médio do Sporting, William Carvalho funcionará também como escudo da defesa se for escolhido para o onze. Ainda assim, não devemos olhar necessariamente para a forma dos jogadores nos seus clubes para seleccionar os candidatos à equipa inicial. João Moutinho teve uma difícil segunda metade de temporada na sua estreia no Mónaco, mas foi absolutamente vital no Euro 2012, trazendo ritmo e precisão ao meio-campo nacional.


Tema de Discussão

Este Grupo, talvez tenha sido desvalorizado devido ao poderio do Grupo B que terá Espanha, Holanda, Chile e Austrália, mas é bem mais poderoso do que a maioria. O jogo de abertura diante da Alemanha pode ser crucial. O mesmo embate abriu o Euro 2012 para ambas as equipas, e a resiliência de Portugal em segurar o empate acabou por lhes custar uma derrota curta.

Uma derrota não será um desastre mas um ponto, pelo menos diante da formação orientada por Jogi Low pode ajudar muito, tendo em conta que Estados Unidos e Gana, também têm, de forma justificada, as suas aspirações a seguir em frente. 
Uma qualificação para a próxima fase mais calma e tranquila do que no Euro 2012 seria preferível para os corações lusitanos - e poderia poupar alguma energia de reserva para as fases mais avançadas da competição.


Melhor Aposta

Tendo já referido a dificuldade do Grupo em que estão inseridos, Portugal continua a ser esperado na próxima fase, provavelmente no segundo lugar atrás da Alemanha. Se assumirmos que eles irão enfrentar a Bélgica nos Oitavos de Final - e que a sua maior experiência e a presença de Ronaldo lhes dê ascendente - poderemos desaguar num titânico duelo nos Quartos de Final contra a Argentina, em Brasilia. Aí, a formação de Alejandro Sabella terá de ser considerada favorita. Portanto, sugiro que apostes na qualificação de Portugal para os Quartos de Final a 2.829/5.


Aposta de Valor

Dependendo do resultado do jogo de abertura contra a Alemanha, o encontro diante dos Estados Unidos pode ser fundamental. E apesar de algumas fortes demonstrações recentes em Mundiais, os Estados Unidos não estão muito bem referenciados neste grupo. Nem vamos referir que eles já bateram Portugal no Mundial de 2002, pois o foco está aqui e agora. O jogo em Manaus, onde são esperadas condições quentes e húmidas, pode dar vantagem à equipa de Jugen Klinsmann que estará forte psicologicamente, e com montes de energia.
Será interessante considerar um empate nesse encontro a cerca de 3.613/5, que oferece muito valor pelas razões já referenciadas.