Taça das Confederações: Um título que serve de aquecimento para o Mundial

Neymar pode ser a chave do golo para o Brasil
Ver mercado

Brasil e Espanha discutem este Domingo o título das Confederações numa partida que pode muito bem ser a Final do Mundial de 2014, precisamente no Brasil.

"Este poderá ser um encontro de "encaixes" com ambas as equipas a jogarem muito concentradas durante grande parte do tempo regulamentar e, assim sendo aponto para um baixo número de golos."

Menos de 2.5 Golos a [1.85]

Brasil X Espanha, Domingo 23:00, RTP1
Quotas: Brasil [2.68] Espanha [2.9] Empate [3.45]

Esta é, claramente a Final mais ansiada desta edição da Taça das Confederações: de um lado o renovado Brasil de Scolari, que conta ainda com o factor casa, e do outro lado a Espanha, detentora de todos os grandes títulos de selecções desde 2008 e à procura da última competição que lhe falta conquistar.

o Brasil de Scolari tem sido uma equipa suficientemente compacta para assegurar vitórias em todos os encontros disputados, no entanto deu alguns sinais de fraqueza diante do Uruguai.

O facto de ser uma equipa em construção origina que, por vezes a equipa intercale óptimos momentos de Futebol com verdadeiros apagões que dão origem a muitos "tremeliques" nas bancadas.

A vitória diante do Uruguai nas Meias-Finais foi "arrancada a ferros" já muito perto do final, numa altura em que o Brasil pouco ou nada fazia para chegar ao golo.

Já a Espanha foi muito mais regular ao longo do torneio, no entanto acabou por vacilar de igual modo nas Meias-Finais frente à Itália.

As soluções ofensivas escassearam perante a boa organização defensiva italiana, e quando tal acontece a confiança começa a diminuir.
A Itália acabou por explorar alguns espaços cedidos pela "Roja" e por pouco não venceu mesmo a partida.
O que é certo é que a "estrelinha" de Del Bosque voltou a brilhar a grande nível e a Espanha acabou por vencer nas Grandes Penalidades mais uma Meia-Final, tal como havia sucedido diante do brilhante Portugal no Euro 2012.

Na minha opinião, este poderá ser um encontro de "encaixes" com ambas as equipas a jogarem muito concentradas durante grande parte do encontro e, assim sendo aponto para um baixo número de golos.

Destaque ainda para o facto da selecção espanhola não perder há 35 encontros consecutivos. 30 vitórias e cinco empates. Será este Brasil capaz de quebrar o ciclo? Veremos...

No jogo de atribuição dos 3º e 4º lugares, a Itália mede forças com o Uruguai e, tendo em conta o enorme esforço despendido pelos italianos com a Espanha e adicionando o elevado leque de indisponíveis, estou claramente inclinado para uma vitória sul-americana, logicamente alicerçada no soberbo tridente composto por Cavani, Suarez e Forlán.

Apostas Recomendadas:
Menos de 2.5 Golos no Espanha X Brasil a [1.85]
Espanha Empate Anula a [2.12]
Uruguai para Vencer Itália a [2.54]

Ver mercado