Apostas Taça das Nações Africanas: Senegal pode surpreender

Moussa Sow do Fenerbache faz parte da temível frente de ataque do Senegal
Ver mercado

Dave Farrar prevê um torneio mais equilibrado que nunca no Gabão este ano, com Senegal e RD Congo a serem as apostas mais interessantes.

"O Senegal pode ser a escolha: segundo lugar em 2002, nunca venceu a Taça das Nações, tem uma defesa sólida com Kalidou Koulibaly, um meio-campo poderoso com Mo Diame a apoiar Gueye e Kouyate e uma linha avançada forte, com Moussa Sow e o brilhante Balde Keita Diao a assistir Sadio Mane."

Estive muito perto de acertar no vencedor da última Taça das Nações Africanas (o Gana, a [11.00], esteve ridiculamente curto nos penaltis na Final e depois perdeu) mas em 2017 a tarefa parece ainda mais complicada.

Tanto as eliminatórias para a Taça das Nações como para o Mundial mostraram que esta competição está totalmente em aberto.

Temos pelo menos 12 equipas com possibilidades de vencer, pelo que é difícil ter uma opinião formada. Acho que devemos tirar o máximo proveito das opiniões existentes, ir escolhendo ao longo do torneio, e no fim temos de confiar mais no preço e no lucro do que numa opinião firme.

A Costa do Marfim vai defender a coroa, mas tem desapontado tanto na Taça das Nações nos últimos anos que é realmente difícil justificar o favoritismo, especialmente com tantas potenciais ameaças. Yaya Toure retirou-se do futebol internacional, e apesar desta equipa ter o brilhante Franck Kessie no coração do meio campo e Wilfried Zaha na frente, há demasiados pontos de interrogação para a escolher como potencial vencedora a [5.30]. É demasiado curto numa competição muito competitiva.

Também é bastante possível que haja um vencedor que dê bom lucro. Com um torneio tão competitivo, fiz o que faço normalmente: escolhi como acho que a fase de Grupos vai acabar, fiz um palpite para as eliminatórias e depois vejo como é que ficamos em termos do mercado em geral.

Acho que o Gabão vai vencer o Grupo A (está demasiado curto a [10.00] no mercado para vencedor, mas tem Pierre-Emerick Aubemeyang) e que os Camarões conseguem o segundo lugar à justa. O Grupo A é o mais fraco, e não acho que nenhuma das equipas seja suficientemente boa para chegar à final.

No Grupo B, o Senegal e a Argélia são ambas boas equipas: o Senegal tem jogadores extremamente fortes como Sadio Mane, Idrissa Gueye e Cheikhou Kouyate e uma boa equipa por trás destes nomes sonantes da Premier League.

A Argélia tem Riyad Mahrez e Islam Slimani do Leicester City, e nomes famosos como Yacine Brahimi e Faouzi Ghoulam. Apesar de ser uma equipa do Norte de África na África sub-Sahariana, mesmo assim é uma grande ameaça. A Tunísia e o Zimbabwe vão dar luta, mas acho que nenhum tem a qualidade necessária.

Apesar de não acreditar que a Costa do Marfim vença a Taça, mesmo assim é a vencedora mais provável do Grupo C, seguida da República Democrática do Congo. O Congo tem uma verdadeira ética de equipa capaz de compensar a falta de nomes sonantes (com todo o respeito por Chancel Mbemba e Youssuf Mulumbu) e é suficientemente boa para ultrapassar Marrocos e o Togo.

Marrocos está com probabilidades positivas para a qualificação, e o Congo está perto dos [2.40] para qualificar-se. Esta pode ser a melhor aposta na fase de Grupos.

No Grupo D temos a equipa do Gana, cheia de caras conhecidas (Andre Ayew e Asamoah Gyan) além de jovens jogadores cheios de classe. Tanto esta equipa como a do Egipto (com Mo Salah e Mohammed Elneny) são as que têm mais probabilidades de se qualificar. O Mali tem um ou dois jovens que ainda não treinaram como eu gostaria, pelo que o vou evitar.

Nos meus quartos-de-final temos o Gabão contra a Argélia, o Egipto contra a República Democrática do Congo, o Senegal contra os Camarões e a Costa do Marfim contra o Gana, numa repetição da última final da Taça. Estes são jogos difíceis e aqui a escolha é mais complicada: escolho a Argélia, o Congo, o Senegal e o Gana para as meias-finais, e depois tenho de escolher pelo preço.

A República Democrática do Congo está disponível em torno de [32.00], e é o mais provável vencedor surpresa, por isso é uma aposta obrigatória. Pode parecer improvável, mas também ninguém estava à espera que a Zâmbia ganhasse em 2012, e gosto sempre de escolher o preço mais rentável em torneios tão competitivos como este.

Em relação às outras equipas, acho que o Gana pode partir os corações marfinenses e depois defrontar uma equipa demasiado boa, pelo que nos resta o Senegal e a Argélia. São ambas uma boa aposta, mas o Senegal pode ser a escolha: segundo lugar em 2002, nunca venceu a Taça das Nações, tem uma defesa sólida com Kalidou Koulibaly, um meio-campo poderoso com Mo Diame a apoiar Gueye e Kouyate e uma linha avançada forte, com Moussa Sow e o brilhante Balde Keita Diao a assistir Sadio Mane.

Pode ser um pesadelo encontrar o vencedor, mas estas são as minhas escolhas (com todo o respeito pela Argélia). Por agora mantém as apostas pequenas, senta-te, aprecia e procura a equipa que marca o seu ritmo. Espera surpresas, evita favoritos e sobretudo, diverte-te. Este é um grande torneio e vai ser preciso uma grande equipa para vencer este ano.


Apostas Recomendadas:

Senegal vence a Taça das Nações Africanas @ [6.80]
República Democrática do Congo vence a Taça das Nações Africanas @ [32.00]

Dave Farrar,