Apostas GP da Bélgica: Bottas e Vettel podem acalmar Hamilton

Valtteri Bottas espera ter razões para sorrir após o Grande Prémio da Bélgica deste fim-de-semana

Valtteri Bottas assinou um novo contrato com a Mercedes e James Gray espera grandes coisas dele agora que selou um novo acordo...

"F1 tem muito que ver com confiança e Valtteri Bottas acaba de receber uma boa dose dela com a renovação do seu contrato."

Ninguém nos desportos motorizados gosta de previsibilidade. Ninguém gosta de aborrecimento. E muito poucos apreciam domínios totais.

Para os fãs, isso é óbvio. Mas pode até mesmo falar de equipas, pilotos, directores de equipa, patrocinadores e todos eles querem coisas parecidas: nós queremos ser desafiados.

Mas isso foi o que aconteceu durante a primeira metade da temporada, quando a Mercedes venceu as primeiras oito corridas para abrir uma vantagem que ninguém poderá realisticamente contestar e, que neste momento é de exactamente 150 pontos - a equipa podia prolongar a sua pausa de verão por mais um mês e continuar a liderar. O seu premiado piloto Lewis Hamilton poderia considerar fazer algo similar tendo em conta a sua vantagem de 72 pontos face ao colega de equipa Valtteri Bottas e isso torna-o num favorito de apenas 1.041/25 para conquista o seu sexto título Mundial de Pilotos.

Bottas tem motivos para celebrar


Após muita discussão e um considerável número de rumores, a Mercedes renovou o contrato com Bottas. O seu percurso de carreira tem-se torando curioso, tendo sido recrutado como substituto de última hora para Nico Rosberg e tendo já conseguido a terceira extensão de contrato por um ano consecutivamente.

Não é propriamente uma grande coisa ter mais 12 meses (outra vez) pela frente, mas já é algo para o finlandês - está a 51.0050/1 para vencer o Mundial de Pilotos - a que se agarrar para extrair confiança. A F1 tem muito que ver com confiança, pois é nos momentos em que temos de curvar, travar ou simplesmente seguir o plano que a equipa traço que tens de mostrar a tua qualidade, e Bottas não é diferente. A Mercedes tem uma forma engraçada de gerar dias proveitosos quando tudo está bem e eu não ficaria surpreso de ver Bottas celebrar o seu novo acordo com a equipa obtendo uma pole-position a 5.509/2 - apesar de converter isso numa vitória a 8.5015/2 parecer menos convidativo.

Vettel acredita na Ferrari


Todas aquelas promessas nos testes e a Ferrari ainda continua a lutar por segundos lugares. Deve ser extremamente frustrante para os engenheiros em Manarello que despenderam Fevereiro e Março com a crença de que haviam construído um monolugar capaz de lutar pelo título. Ao invés, a Ferrari encontra-se a tentar lidar com uma Red Bull em crescendo que agora está somente a 44 pontos de distância.

Mas há aspectos positivos para os homens de vermelho, até porque se surpreenderam a eles mesmos na última corrida. O circuito de Hungaroring é tradicionalmente uma pista de Red Bull e a Ferrari espera pouco dele, mas eles forçaram Sebastian Vettel até ao pódio à frente do seu colega de equipa para somarem pontos sólidos numa corrida difícil e isso sugere que o carro está melhor do que eles pensavam. Após uma longa pausa de verão para reflexão, eu penso que Sebastian Vettel pode vencer o Grande Prémio da Bélgica a 3.505/2, especialmente quando o favorito Lewis Hamilton 2.6313/8 tem pouca valia numa das suas pistas mais fracas.

Primeiro, a segurança em Spa


Normalmente, não aposto em safety cars - em parte porque eles vencem sempre - mas também porque existe sempre a sensação de que haverá um acidente. Mas Spa é um circuito interessante porque é célebre há muito tempo, quando era bem mais longo e os locais de acidentes eram inúmeros, tornando-se num dos mais perigosos do circo da F1. Felizmente, vivemos agora numa era mais segura e o bem-estar dos pilotos é a grande prioridade da F1; a cada ano, as áreas de saída de pista ficam maiores e os pilotos estão melhor protegidos que nunca.

Spa é um grande exemplo de um lugar onde as saídas de pista tornaram os safety cars menos necessários e sem a previsão de tempo adverso, eu vou apostar que o safety car permanecerá na garagem durante todo o dia da corrida a 2.757/4.

"Se gostou de nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais"