Apostas GP do Mónaco: Estará o dono da Mercedes a dar uma de chorão?

A sério que ele disse isso? O patrão de Lewis Hamilton não acredita nas suas hipótese no Mónaco...
Ver mercado

Ralph Ellis lucrou ao apostar em Lewis Hamilton em Espanha e o seu dinheiro irá manter-se com o campeão em título - mesmo que o seu patrão da Mercedes não esteja tão confiante.

"Hamilton está a [5.20] para fazer um hat-trick de bandeiras de xadrez, e a [5.60] para conquistar a pole position. Ambas as apostas representam uma oportunidade imperdível."

Ainda bem que Toto Wolff, dono da equipa de Fórmula Um da Mercedes, optou pelo desporto motorizado em vez do boxe. Ele não teria tido muito jeito para as 'trash talks'.

Até podemos imaginar as suas conferências pré-luta: "Não, não estou muito entusiasmado, o adversário tem um espantoso gancho de esquerda que pode deitar-me por terra a qualquer momento e o seu soco também é perigoso. Eu posso ser o derrotado desta vez."

Essa é efectivamente a forma como Wolff, honesto até ao tutano, está a abordar o fim-de-semana do Grande Prémio do Mónaco. A corrida mais glamorosa deste desporto, e ele está a desvalorizar as chances da sua equipa à grande.

"Estou muitíssimo preocupado," afiançou. "Porque razão o nosso carro não gosta de ser rápido nas curvas de um circuito como o Mónaco nós ainda não descobrimos."

Os mercados Betfair estão igualmente insatisfeitos com as hipóteses da Mercedes. Apesar de Hamilton ter ganho as duas últimas corridas, ele está a [5.20] para fazer um hat-trick de bandeiras de xadrez, e a [5.60] para conquistar a pole position.

Uma aposta de preço elevado que merece ser aproveitada


Sabes que mais? Apesar de todas as preocupações de Wolff eu reconheço que ambas as apostas representam uma oportunidade imperdível pois eu não posso deixar de pensar que existirá um truque ou dois a ser conjecturado nas boxes da Mercedes.

Este é um pouco um salto de fé por comparação com Barcelona onde ele sempre parece capaz de liderar a corrida de princípio ao fim. Mas a estes preços seria uma tolice não tentar.

Toda a gente está a dar grande importância à exibição dos carros Red Bull em Espanha há duas semanas onde Max Verstappen conquistou o seu primeiro pódio da temporada.

As melhorias que a sua equipa de engenheiros trouxe ofereceu ao carro uma capacidade extra que originou uma diferença dramática no último sector da pista de Barcelona onde existem muitas curvas apertadas. Se esse desempenho for transportado para um apertado circuito de rua como Monte Carlo, então eles podem ser um perigo.

Ainda assim, para lucrar, tendo em conta a dificuldade de ultrapassar no famoso circuito de estrada, ele terá de primeiramente ser eficiente na qualificação e é aí que continuam por responder algumas questões. A Red Bull ainda não conseguiu um lugar na grelha entre os três primeiros nas cinco corridas já disputadas.

Pneus extra-moles podem ser cruciais


Quanto a Vettel, favorito este fim-de-semana a [2.92], trata-se de uma corrida que responderá a várias questões. Se o germânico não dominar este Grande Prémio, quando irá?

Ele venceu aqui no ano passado, quando a Ferrari obteve a «dobradinha» com Daniel Ricciardo a chegar a seguir, e o circuito deve estar bem ao jeito do seu Ferrari.

O grande desconhecido, que pode dar ascendente a Hamilton, tem haver com os componentes dos pneus. A Pirelli irá introduzir um pneu 'extra-mole' no Mónaco que deve dar oportunidade de se estabelecer um recorde de volta neste circuito.

O piloto da Renault Carlos Sainz testou-o em Barcelona e apelidou de "o melhor pneu que a Pirelli concebeu em muitos anos". A Mercedes pediu sets extra e se eles conseguirem recolher bem os dados dos testes de sexta-feira, isso poderá resolver os seus problemas durante aquelas apertadas viragens, e também dar-lhes oportunidade na estratégia para o dia da corrida.

Hamilton por si só não está a conformar-se e a aceitar a derrota como o seu patrão. Ele postou uma imagem no Twitter da corrida de 2008 no Mónaco quando ele bateu nas barreiras à segunda volta mas ainda lutou e venceu, relembrando a si mesmo que nunca se deve desistir.

Essa atitude será fundamental desta vez. Wolff pode não ter sido grande coisa como lutador de boxe, mas Lewis é mais do que capaz de disferir algumas fortes pancadas quando necessário.

Ver mercado