Apostas Grande Prémio da Áustria: Bottas para reagir e Max para continuar evolução

Azarado, Valtteri Bottas conduz o seu danificado Mercedes no Grande Prémio de França
Ver mercado

Ralph Ellis, que acertou no vencedor das duas últimas corridas de F1, vê sinais de que o piloto número dois da Mercedes pode estar pronto para a primeira vitória da temporada...

"Ele está a [19.00] para vencer a corrida, o que pode ser uma aposta ambiciosa, mas vale a pena apostar que consegue o terceiro pódio consecutivo a [2.38]."

Ser comissário desportivo na Fórmula Um e tentar resolver um acidente deve ser mais ou menos como ser um professor a tentar resolver uma briga no recreio.

"Foi ele que começou professor!". "Não, não, foi ele!". Entretanto o professor, que noutra época lhes batia na cabeça e dizia para pararem de ser parvos, já sabe que, seja qual for a decisão que tome, vai ser considerada injusta.

Foi o que aconteceu em França na semana passada, quando os comissários da corrida deram a Sebastien Vettel uma penalização de cinco segundos por ter batido em Valtteri Bottas, e Lewis Hamilton se queixou depois de que devia ter sido mais tempo.

Talvez tivesse razão. Vettel, que gosta de dar sermões a Max Verstappen sobre a sua condução, tem tido alguns erros negligentes esta temporada, e este foi mau.

Como apostei que Bottas ficava no pódio, e que Hamilton vencia, não me importei nada que Vettel fosse prejudicado.

Mercedes ganhou quatro corridas consecutivas aqui


A querela continua este fim de semana no Grande Prémio da Áustria e só espero que não haja mais confusão para piorar a situação.

Hamilton, que pilotou de forma brilhante em França, é o favorito para a vitória a [2.10], que lhe aumentará os 14 pontos de vantagem no Mundial de Pilotos. Mas Bottas pode ser a aposta mais lucrativa a [7.80].

Esta pista é boa para a Mercedes, assim como a francesa também o foi. Desde que a F1 regressou a Spielberg em 2014, a equipa venceu as quatro corridas, e duas vezes teve um 1-2.

Podia ter sido três vezes, mas a colisão entre Hamilton e Nico Rosberg na última volta em 2016 não deixou o alemão ganhar.

Como disse na semana passada, Bottas tem melhorado continuamente e esta é uma das suas pistas preferidas.

Sinais de que Max está a amadurecer


Foi aqui que ganhou o primeiro pódio da sua carreira em 2014, quando pilotava para a Williams, e já liderou mais voltas no circuito (72) do que qualquer outro piloto actual.

Também vale a pena olhar para a evolução de Verstappen. O segundo lugar que conseguiu em França pode ter tido uma ajuda do acidente entre Vettel e Bottas, mas ele mostra siniais de amadurecimento e está a perder a imagem de "Mad Max".

Ele está a [19.00] para vencer a corrida, o que pode ser uma aposta ambiciosa, mas vale a pena apostar que consegue o terceiro pódio consecutivo a [2.38].

Em Montreal, há duas corridas atrás, viajou pela primeira vez sem a família ou apoio. Tenho a impressão que sem distracções, ele empenha-se mais no trabalho de equipa antes da corrida.

Normalmente viaja com o pai, Jos, antigo piloto de F1, e o seu empresário Raymond Vermeulen, mas o chefe de equipa, Christian Horner, revelou que foi sozinho para o Canadá, depois duma discussão de equipa.

Seja qual for a razão, ele pilotou muito bem nas duas últimas corridas. Ele que se mantenha longe das brigas no recreio, e pode ser que consiga repetir o feito.

Ver mercado