Palpites F1: GP da Hungria - Leclerc comandará reação da Ferrari

Leclerc busca reação após desapontamento na França

Com a pausa de verão quase chegando na F1, Sumeet Paul antevê o crucial Grande Prêmio da Hungria desse domingo...

"O mais importante é que a Ferrari tem agora um carro forte e já mostrou que tem ritmo para liderar a concorrência, porém precisa parar de dificultar sua própria vida e converter esses altos níveis de performance em muitos pontos."

F1 | Grande Prêmio da Hungria
Domingo, 31 de Julho às 10:00

Tivemos mais um final de semana angustiante para Charles Leclerc na França já que ele voltou a não concluir a corrida quando liderava a mesma.

Já são três as corridas na temporada nas quais ele comandava e viu a possibilidade de obter pontuação máxima virando fumaça. Sua perda foi novamente um ganho para Max Verstappen que assegurou sua sétima vitória da temporada, e com isso aumentou sua vantagem no topo do Mundial de Pilotos para 63 pontos.

Após uma penalização, Carlos Sainz produziu uma excelente condução do fim do grid até à 5ª colocação e, combinado com suas performances nas qualificações, a Ferrari continua a dar sinais de força. No entanto, foi a Mercedes quem assegurou um duplo pódio em novo final de semana positivo para a Flecha de Prata, que continua encurtando distâncias para seus rivais.

Leclerc precisa responder nesse final de semana


Embora o piloto monegasco assumiu total responsabilidade por seu erro na última corrida, ele sabe que esses erros combinados com os problemas de confiabilidade que vêm inundando a Ferrari toda a temporada podem acabar saindo muito caro.

Ainda há muitas corridas pela frente na temporada porém, no momento em que a Ferrari parecia de novo no domínio com vitórias consecutivas, tivemos novo desapontamento já que Verstappen, a Red Bull e a Mercedes voltaram a reagir.

Com a pausa de verão chegando, Leclerc estará desesperado por uma vitória na Hungria para aumentar seu moral e terminar em alta enquanto esperamos pelo retorno na Bélgica somente no fim de Agosto.

Ele chegou a 16 pole positions na carreira no final de semana e é agora o terceiro da história da equipe, e com tanta consistências nas classificações ele buscará mais uma no sábado, tentando depois evitar mais drama no domingo.

O mais importante é que a Ferrari tem agora um carro forte e já mostrou que tem ritmo para liderar a concorrência, porém precisa parar de dificultar sua própria vida e converter esses altos níveis de performance em muitos pontos.

A Scuderia deverá ter um forte final de semana aqui nessa pista que os deve favorecer tendo em conta suas características, pois sua superior tração e controle nas curvas fará mais diferença do que as retas.

Todos estarão esperando por uma resposta de Leclerc, e deverão obtê-la com ele buscando se manter como candidato ao título.

Sainz tentará dobrar felicidade da Ferrari


Após o GP da França, o diretor da equipe Mattia Binotto mudou imediatamente seu foco para a próxima corrida e estabeleceu um claro objetivo, fazer a dobradinha no domingo em Hungaroring.

Após o momento alto de sua vitória em Silverstone, Sainz sofreu um grande desapontamento após não terminar na Áustria. Apesar de ter uma penalização no grid na França e ter começado em 19º, ele terminou em quinto com uma condução soberba. Na verdade, não fossem algumas decisões estratégicas duvidosas da Ferrari, e talvez ele pudesse ter feito ainda um pouco melhor.

A Mercedes está sem dúvida alguma encurtando distâncias e a Red Bull, particularmente Verstappen, estarão prontos para a batalha essa semana.

Mas a Ferrari precisa responder aqui pois também é necessário segurar a Mercedes na Tabela por Equipes e manter Leclerc na busca por Verstappen no topo dos Pilotos.