Antevisão Open de França Masculino: Djokovic poderá ter vida longa em Paris

Novak Djokovic pode permanecer algum tempo em Paris...
Ver mercado

Após o sorteio do Open de França 2018 na Quinta à noite em Paris, o nosso colunista de ténis, Dan Weston, regressa para fazer a sua análise...

"O nível de Djokovic nem sequer está próximo do seu melhor mas ele eclipsa confortavelmente todos estes jogadores no seu quarto, mesmo com base nas estatísticas deste ano (106.9% de pontos combinados entre serviço e resposta) o que o mantém com nível de top-5."

Sorteio favorável aumenta ainda mais as hipóteses de Nadal


Se as coisas não estivessem já suficientemente para o lado de Rafa Nadal, o sorteio do Open de França ainda aumentou as suas hipóteses. O 1º cabeça-de-série do torneio está inserido no primeiro quarto do quadro, que comparando com os restantes três, tem bem menos qualidade. Os restantes favoritos deste quarto são Richard Gasquet, Jack Sock, Kevin Anderson e Philipp Kohlschreiber, e embora existam também alguns jovens talentosos - Borna Coric por exemplo - assim como o veterano Pablo Cuevas, será sempre um grande choque ver qualquer destes jogadores bater o Rei da Terra Batida.

Os efeitos deste sorteio levaram a odd de Nadal a descer ainda mais, dos [1.49] de terça-feira para os [1.42] actuais, e distanciou o seu preço ainda mais dos outros candidatos. Embora Alexander Zverev se tenham mantido nos [12.00], Novak Djokovic subiu até aos [16.50], e Dominic Thiem até um pouco mais, para os [18.50].

Thiem e Zverev no Quarto da Morte


Todos estes três estarão na metade inferior do quadro, com Thiem e Zverev juntos no último quarto, num segmento que também terá o ex-campeão Stan Wawrinka (que tem andado longe da melhor forma após o regresso ao circuito vindo de prolongada lesão, Kei Nishikori, Sam Querrey, Lucas Pouille e os entusiasmantes jovens Stefanos Tsitsipas e Frances Tiafoe.

Os meus números favorecem Zverev a Thiem actualmente, com o alemão a somar cerca de mais 4% de pontos em terra batida esta temporada, e tendo demonstrado um maior nível de força mental e escolha sensata de calendário, mas isso está correctamente reflectido pelos preços no mercado.

Quarto 3 com muitos jogadores duvidosos


É provavelmente sensato derivar para o terceiro quarto em busca de outras opções, tendo em conta o quão lotado está o último dos segmentos, mesmo que na zona oposta a Nadal. Os favoritos aqui são David Goffin, Gael Monfils, Nick Kyrgios, Pablo Carreno-Busta, Roberto-Bautista-Agut e Grigor Dimitrov e, na verdade, existem dúvidas sobre todos eles.

Djokovic mediano continua a ser o melhor do terceiro quarto


O nível de Djokovic nem sequer está próximo do seu melhor mas ele eclipsa confortavelmente todos estes jogadores no seu quarto, mesmo com base nas estatísticas deste ano (106.9% de pontos combinados entre serviço e resposta) o que o mantém com nível de top-5. Monfils e Kyrgios tiveram problemas físicos e estão longe da melhor forma, enquanto Carreno-Busta e Bautista-Agut têm sido um pouco inconsistentes esta época. Dimitrov mostrou pouca aptidão em terra batida nos últimos anos e está cotado na 18ª posição do ranking ATP em termos de pontos combinados serviço/resposta em terra batida na presente temporada.

Tendo isto em conta, não me importo de apostar em Djokovic a [16.50] pré-torneio. Com base nos meus números até ao momento, ele seria ligeiramente não-favorito perante Zverev numa potencial semifinal e ligeiramente favorito frente a Thiem, no entanto uma caminhada até essa fase já garantiria uma melhoria das estatísticas do sérvio por essa altura. Embora uma Final perante Nadal possa ser uma ponte demasiado difícil de atravessar neste momento, eu estou tentado a manter a minha aposta no ex-nº1 mundial nesta fase.

Cilic com preço muito curto para vencer segundo Quarto


Isto deixa apenas o Quarto 2 para discutir, com Marin Cilic, Steve Johnson, Kyle Edmund, Fabio Fognini, John Isner, Thomas Berdych e Juan Martin Del Potro a serem os nomes que devem lutar por chegar às fases mais adiantadas.

Cilic é favorito a [2.75] no Sportsbook para vencer este segmento do quadro, o que é absurdo tendo em conta os recentes problemas com lesões, já para não mencionar o seu nível em terra batida esta época (103.9% combinado) que nem sequer chega a top-10, e Del Potro e Edmund têm melhor registo neste piso em 2018. O argentino, Del Potro é segundo favorito para liderar este quarto a [3.25], um preço que parece ajustado, mas eu prefiro mais as chances do britânico, como 'outsider' para vencer este quarto.

Edmund em crescimento pode dar que falar a bom preço


Edmund abre com duelos potencialmente acessíveis perante Alex De Minaur e Marton Fucsovics nas duas primeira rondas, antes de poder marcar encontro com Fognini na terceira ronda. Os meus dados tornariam Edmund ligeiramente favorito frente ao volátil italiano, apesar do mercado dar ligeiro favoritismo a Fognini tendo em conta o seu preço para vencer o segundo quarto.

Assim sendo, Edmund a [9.00] merece uma aposta para vencer o Quarto Dois do quadro masculino do Open de França.


APOSTAS RECOMENDADAS:

Novak Djokovic para Vencer o Open de França @ [16.50]
Kyle Edmund para vencer o Segundo Quarto a [9.00]

Ver mercado