Apostas ATP Tour Finals Dia 6: Djokovic precisa vencer para classificar

Novak Djokovic precisa bater Alexander Zverev esta tarde...

Após a conclusão do Group London 2020, a ação de hoje se foca no Group Tokyo 1970 do ATP Finals. Dan Weston, retorna para discutir as duas partidas do dia...

"Após derrotas para Lorenzo Sonego em Viena e contra Medvedev aqui, talvez exista a sensação de que o nº1 mundial não é imbatível atualmente..."

Nadal se junta a Thiem nos classificados


Tivemos triunfos de Andrey Rublev e Rafa Nadal na quinta-feira, com a vitória de Rublev sobre Dominc Thiem sendo irrelevante em termos de decisões no grupo - Thiem continuou primeiro e Rublev último - porém deu uma pista do 'que poderia ter sido' para Rublev naquela que eventualmente acabou sendo um grupo muito competitivo. O jogo de Nadal contra Tsitsipas era decisivo pois quem vencesse seguia em frente, com o espanhol triunfando com um 6-2 no set final a se classificando em segundo.

Acabar em segundo pode não ter sido o pior dos cenários para Nadal, assumindo que as classificações no Grouo Tokyo 1970 se mantêm iguais. Daniil Medvedev comanda o grupo atualmente, com Novak Djokovic em segundo e necessitando de bater Alexander Zverev noutra partida crucial para a classificação. Apesar de todos os talentos de Medvedev, Nadal deverá preferir claramente enfrentar o campeão russo do que Djokovic, o nº1 mundial e um jogador contra o qual tem um registo claramente negativo, excetuando a terra batida.

Djokovic tem partida de decisão contra Zverev


O embate Djokovic vs Zverev está agendado para as 11:00 do Brasil de hoje, então essencialmente, a ordem do grupo será definida ainda antes do último encontro entre Medvedev e Schwartzman.

Com relativa normalidade é Djokovic quem surge como favorito 1.392/5 para comemorar sua vaga nas semifinais hoje, e meu modelo de análise considera esse um preço ajustado, o avaliando em 1.402/5. Isso se deve claramente aos melhores dados de resposta ao saque nessa superfície, com o duo tendo dados relativamente similares em termos de saque.

Curiosamente, este duo se enfrentou duas vezes neste torneio em 2018 (nos grupos e na final) e nesses confrontos, Djokovic negociava bem abaixo disso no mercado, em torno de 1.201/5 em ambas as ocasiões. Após derrotas para Lorenzo Sonego em Viena e contra Medvedev aqui, talvez exista a sensação de que o nº1 mundial não é imbatível atualmente, e as odds do mercado (e dados estatísticos) o sugerem também, oferecendo a Zverev maiores chances do que nos confrontos de há alguns anos. Será fascinante verificar como esse encontro irá se desenrolar, com o favorito pré-torneio ainda em posição vulnerável para uma eliminação precoce.

Medvedev pode fazer três em três


No último jogo do dia e da fase de grupos, temos uma partida de cumprir calendário com Daniil Medevedev favorito 1.3130/100 para se manter 100% vitorioso no torneio com uma vitória sobre o já eliminado Diego Schwartzman.

O argentino, Schwartzman, era o maior outsider pré-torneio e fez pouco para contestar o mercado. Uma vitória contra Medvedev iria ao menos terminar sua temporada com uma nota positiva, no entanto é improvável que isso suceda, de acordo com meu modelo, que também o coloca com preço similar ao do mercado Betfair.

Schwartzman assegurou seu saque em 64% das ocasiões nas duas partidas dessa semana, e esse é um registo quase idêntico ao projetado para hoje de acordo com meu modelo (65.1%) e ele tem feito pouco para desmentir a suspeição em torno da dificuldade do seu saque frente a oposição de elite. No confronto diretos contra Medvedev (Schwartzman perdeu quatro em quatro) ele assegurou um pouco abaixo disso.

Tudo isso aponta para pensarmos que a menos que Medevedv - que está agora imbatível em sete partida indoor - facilite esta noite por já estar classificado, seria uma surpresa se Schwartzman conseguisse sua primeira vitória nesse torneio.

***

Siga o Dan Weston no Twitter @TennisRatings