Apostas Open da Austrália - Final: Djokovic com favoritismo adequado para erguer troféu

Novak Djokovic parte com ligeiro favoritismo para erguer o troféu...
Ver mercado

A Final Masculina do Open da Austrália encerrará as festividades do primeiro Grand Slam de 2019. O nosso colunista de ténis, Dan Weston, antevê a partida que se trata de uma final de sonho para a maioria...

"Djokovic tem um ligeiro ascendente no serviço - de cerca de 2-3% com base nas percentagens de serviços assegurados - tanto nos últimos seis meses como nos últimos 12 meses, em piso duro, enquanto ambos os jogadores têm dados muito similares na resposta."

Osaka chega ao hat-trick no encerramento do torneio


Naquele que foi um torneio de bastante sucesso no que concerne a aposta pré-evento, Naomi Osaka atingiu o hat-trick para nós com uma vitória no set final diante de Petra Kvitova na condição de ligeira outsider na final feminina. E poderia ter sido bem mais fácil para Osaka, caso tivesse convertido três Championship points no segundo set, mas isso acabaria por não ter importância, com a talentosa nipónica a presentear-nos com três recomendações certeiras nos seus últimos quatro jogos aqui em Melbourne.

Djokovic com justificado ligeiro favoritismo


Ainda assim, será aqui que o nosso torneio se encerra em termos de recomendações, com o meu modelo a concordar com os preços do mercado para o embate entre Novak Djokovic e Rafa Nadal para a final do torneio masculino.

Djokovic tem um ligeiro ascendente no serviço - de cerca de 2-3% com base nas percentagens de serviços assegurados - tanto nos últimos seis meses como nos últimos 12 meses, em piso duro, enquanto ambos os jogadores têm dados muito similares na resposta. Tendo isto em conta, o meu modelo avalia Djokovic como favorito a [1.76], praticamente idêntico aos [1.79] disponíveis no Intercâmbio no momento em que escrevo.

Basicamente, esta pequena diferença não parece ser suficiente para me levar a tomar qualquer tipo de acção - eu preferia algo na região dos [1.90] para considerar o nº1 mundial como uma recomendação de valor considerável neste embate - portanto, infelizmente de uma perspectiva pré-jogo, neste encontro parece ser mais sensato ficar de fora das apostas.

Nadal com muito a corrigir com base no confronto directo


Se eu fosse forçado a apostar aos preços actuais, penso que ficaria mais feliz em ficar do lado do sérvio, já que Djokovic venceu oito dos seus últimos dez confrontos anteriores, e lidera o histórico de confrontos por 27-25. Em terra batida, Nadal lidera por 11-
7, o que significa que fora do pó-de-tijolo, Nole venceu 20 dos seus 34 desafios.

Analisando os seus anteriores confrontos em piso duro, Djokovic tem uma supremacia estatística ainda mais clara - vencendo cerca de 66% dos seus pontos no serviço contra 59% de Nadal, e o espanhol tem tido problemas em assegurar o seu serviço de modo geral contra Djokovic, conseguindo fazê-lo em apenas cerca de 70% das ocasiões. Para que Nadal possa erguer o troféu amanhã, ele precisará de conseguir uma melhoria considerável nos seus dados de serviço.

Na verdade, e apesar disso, é difícil colocar demasiado peso nos seus confrontos directos. Embora Djokovic tenha um razoável ascendente fora da terra batida, eles só se defrontaram por três vezes desde Maio de 2016, e em duas de três ocasiões, Nadal foi altamente favorito a vencer no seu piso favorito da terra batida.

A única vez que se defrontaram desde então longe do pó-de-tijolo foi em Wimbledon, nas semifinais do ano passado, onde Djokovic venceu um dramático quinto set a partir de um estatuto de destacado favorito a [1.40].

Portanto, em termos gerais creio que ignorarmos esta partida do ponto de vista pré-jogo, e ficarmos com os nossos lucros do torneio, é a jogada mais sensata, sendo que o circuito masculino irá agora parar por uma semana, portanto irei regressar dentro de uma semana para antever os próximos eventos do circuito ATP no seguimento dos embates do fim-de-semana da Taça Davis.

"Se gostou de nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais"

Ver mercado