Apostas Open da Austrália - Final Feminina: Osaka representa valor como 'outsider'

Petra Kvitova tem impressionado em Melbourne, mas tem pior registo que Osaka nos últimos 12 meses...
Ver mercado

De 128 jogadoras estamos reduzidos a apenas duas no torneio feminino com o Open da Austrália a atingir a sua final. O nosso colunista de ténis Dan Weston prevê a partida...

"Nos últimos 12 meses, Osaka venceu 62.3% dos pontos no seu serviço em piso duro, por comparação com os 59.7% de Kvitova, e a jogadora nipónica também tem ligeiro ascendente na resposta ao serviço, vencendo 45.6% contra 45.1% dos pontos."

Osaka deu-nos uma vitória na quinta-feira


As semifinais da passada quinta-feira viram Petra Kvitova passar facilmente por Danielle Collins com um 6-0 no segundo set após um primeiro equilibrado, que terminou em tiebreak, enquanto a nossa recomendação das meias-finais, Naomi Osaka, bateu Karolina Pliskova em três sets. Osaka tem sido bondosa para connosco nas últimas duas rondas, e eu irei discutir nesta antevisão se ela continua a representar valor para um hat-trick já amanhã.

Osaka com ascendente estatístico em piso duro


O mercado de Intercâmbio coloca Kvitova como ligeira favorita a [1.84], no momento actual, e eu sinto que isto é muito curto, com base nos dados de piso duro ao longo do último ano e pouco.

Nos últimos 12 meses, Osaka venceu 62.3% dos pontos no seu serviço em piso duro, por comparação com os 59.7% de Kvitova, e a jogadora nipónica também tem ligeiro ascendente na resposta ao serviço, vencendo 45.6% contra 45.1% dos pontos.

Mais recentemente, nos últimos seis meses, Osaka tem um ascendente similar de 2.9% no serviço, mas um défice de 0.9% na resposta, mas uma vez mais, somando os dois factores para produzir um registo combinado de serviço/resposta, é Osaka quem tem ligeiro ascendente estatístico.

Dados de Kvitova em Melbourne podem influenciar mercado


Neste momento, os leitores podem começar a interrogar-se por que razão Kvitova é favorita a erguer o troféu, quando os dados de Osaka em piso duro em várias fases do último ano são melhores. Eu penso que há várias razões a sustentar o favoritismo de Kvitova no mercado, no entanto não acho que os mesmos alterem a minha ideia de que Osaka tem algum valor para vencer o seu segundo evento consecutivo de Grand Slam.

Primeiramente, os dados de Kvitova na presente edição do Open da Austrália são superiores - ela tem quase 120% de registo combinado de pontos ganhos no serviço/resposta, o que são números espantosos, mesmo para uma finalista. Os dados de Osaka também são bons, um pouco acima dos 110%, mas será justo mencionar que Kvitova tem sido bem mais dominante a caminho desta fase, neste torneio em particular.

Tecto aberto deve favorecer Kvitova


A outra área onde Kvitova pode atrair a simpatia do mercado é se o jogo se disputar sob um tecto fechado, devido à possibilidade de extremas condições de calor. Muitas pessoas perguntaram-me se isso iria alterar a minha percepção de como o jogo correria, mas as previsões que vi para Sábado têm como pico de temperatura os 28 graus Celsius, portanto parece-me improvável que seja necessário jogar com tecto fechado.

Apesar disso, seria pertinente apontar que Osaka praticamente não tem registo de jogar em indoors, enquanto Kvitova tem, portanto se o jogo fosse disputado em ambiente fechado, talvez oferecesse mais uma vantagem a Kvitova.

Osaka continua a representar valor como 'outsider'


No entanto, a vantagem de Osaka ao longo do último ano em piso duro, e a baixa probabilidade de termos fecho do tecto, levam-me a sentir que o seu preço como 'underdog' representa valor. Depois de a ter recomendado em duas vitórias consecutivas nas duas últimas rondas, ela parece justificar nova aposta a [2.16] para converter um hat-trick este sábado.


APOSTA RECOMENDADA:
Naomi Osaka para bater Petra Kvitova @ [2.16] no Intercâmbio

Ver mercado