Apostas Open da Austrália Dia 2: Bolt poderá testar Sock

Jack Sock parece vulnerável como franco favorito esta Terça-Feira
Ver mercado

O Dia Dois do Open da Austrália traz mais partidas da primeira ronda, e de regresso com os seus palpites em mais um dia lotado, é o colunista da Betfair, Dan Weston...

"O nível de Sock na época passada foi realmente pobre, e reflectiu-se no seu fraco registo de vitórias e derrotas, e será necessária uma melhoria estatística considerável para ele voltar ao seu melhor nível anterior."

Murray sucumbe ao Quinto Set no Dia Um


A acção desta Segunda-Feira em Melbourne teve poucas surpresas, com Kevin Anderson, Grigor Dimitrov, Rafa Nadal, Marin Cilic e Roger Federer a qualificarem-se com segurança para a segunda ronda, todos sem grandes problemas. No entanto, vimos uma saída precoce de John Isner num previsível embate de grandes servidores contra Reilly Opelka, com o jovem norte-americano a superar o seu bem mais experiente compatriota em três tiebreaks a um, enquanto Andy Murray lutou bravamente de dois sets abaixo contra Roberto Bautista-Agut para sucumbir apenas no quinto set.

murray_testimonial.jpg

Olhando ao calendário deste terça-feira, a segunda série de 32 partidas de primeira ronda conclui a rodada inaugural do torneio, e como ainda é a primeira ronda, volto a recomendar cautela quanto a escolhas de jogadores e valores de aposta.

Na Terça-Feira, vários não-favoritos procuram surpreender as odds na Austrália, portanto penso que deveria opinar sobre alguns dos que poderão mais facilmente causar sensação.

Harris deve oferecer boa resistência a Medvedev


O qualifier sul-africano George Harris retirou-se há várias semanas no Challenger de Playford, mas viria a conseguir a qualificação para o quadro principal, com triunfos sobre Zdenek Kolar, Dominik Koepfer e Dustin Brown - sempre como favorito - e o jovem de 21 anos está claramente numa curva ascendente. Ele defronta Daniil Medvedev com sensivelmente a mesma idade, que está de algum modo mais avançado na sua evolução, mas o russo parece demasiado curto a [1.20] frente a um adversário que já mostrou o seu potencial no circuito Challenger.

Também não me parece que o actual nível de Philipp Kohlschreiber justifique cotações de [1.05], mesmo contra um habituê em Challengers como Zhe Li, enquanto no confronto de ex-top 10, Ernests Gulbis parece ter mais hipóteses do que as cotações de [4.00] reflectem para o seu embate com Stan Wawrinka.

Bolt pode prolongar péssimo registo recente de Sock


Outro 'outsider' que me parece ter boas hipóteses de surpreender é Alex Bolt (abaixo na imagem), com o wild card da casa a defrontar outro wild card, sob o nome de Jack Sock. O nível de Sock na época passada foi realmente pobre, e reflectiu-se no seu fraco registo de vitórias e derrotas, e será necessária uma melhoria estatística considerável para ele voltar ao seu melhor nível anterior.

alexbolt_melbourne.jpg

Apesar disso, ele parece a preço proibitivo de [1.37] contra o promissor Bolt, que acaba de fazer 26 e nunca conseguiu realmente ter o impacto esperado no circuito ATP. No entanto, em eventos Challenger de piso duro em 2018, Bolt conseguiu 16-8, e tem dados sólidos de serviço/resposta combinados, pelo que parece evidente que este não será um jogo assim tão fácil para o seu adversário norte-americano.

Para além disso, Sock perdeu cinco dos seus últimos sete embates em Grand Slams com preço semelhante, e em apenas uma delas - num triunfo fácil sobre Guido Andreozzi no US Open da época passada - conseguiu cumprir o grande handicap de jogos. As linhas de handicap ainda se estão a formar no Intercâmbio, e se conseguirmos algo superior a [1.75] por Bolt +5.5 Jogos, como está disponível no mercado geral, então essa parece uma aposta sólida.

Jarry parece falso outsider contra Mayer


Outros jogadores que os meus números tornam valiosos incluem Guido Pella, a [2.32] contra João Sousa, enquanto os preços de Nicolas Jarry e Leonardo Mayer parecem estar ao contrário, com Jarry parecendo um falso não-favorito a [2.12].

Se ele conseguir transferir o seu nível Challenger para o circuito principal, então Marcel Granollers parece a preço elevado a [2.48] contra o limitado (longe das condições rápidas) Marius Copil, e eu também sinto que Filip Krajinovic está a ser subestimado como ligeiro favorito [1.72] contra o cabeça-de-série, Marco Cecchinato, que é muito fraco longe da terra batida.

Raonic vs Kyrgios é o grande jogo do dia


Também teremos alguns nomes sonantes a iniciar as suas campanhas esta terça-feira. Novak Djokovic e Kei Nishikori são completamente favoritos contra Mitchell Krueger e Kamil Majchrzak, respectivamente, enquanto Alexander Zverev está muito ligeiramente acima disso contra Aljaz Bedene.

kyrgios_melbourne.jpg

Mas o grande jogo do dia é claramente o duelo de grandes servidores entre Nick Kyrgios (acima) e Milos Raonic, onde o canadiano, Raonic, tem ligeiro ascendente no mercado de apostas contra o favorito da casa. Parece-me que os preços estão ajustados, com o encontro a ser realmente difícil de prever.


APOSTA RECOMENDADA:
Alex Bolt +5.5 Jogos a cerca de [1.75] para bater Jack Sock

Ver mercado