Apostas Open de França Dia 11: Djokovic e Thiem claramente favoritos a seguir em frente

Djokovic apresenta os melhores registos do torneio até ao momento...

Os Quartos de Final prosseguem esta Quarta-Feira no Open de França, e de regresso com a sua previsão da acção está o nosso colunista de ténis, Dan Weston...

"Zverev tem a menor percentagem combinada de pontos ganhos no serviço/resposta dos jogadores ainda em prova (103.9%), enquanto Djokovic (122.5%) superava à justa Nadal antes do embate do espanhol diante de Kei Nishikori."

Handicap de Federer negado por defesas de break de Wawrinka


Após um atraso pela chuva, Roger Federer acabaria por bater Stan Wawrinka no dia de ontem, no entanto as suas tentativas de cumprir o handicap de jogos foram dinamitadas por mais um incrível desempenho de Wawrinka no que respeita a salvar pontos de break.

Na verdade, Wawrinka salvou 16 dos 18 pontos de break que enfrentou, enquanto converteu dois dos cinco que teve no serviço de Federer, e avaliando que Federer teve pontos de break em 11 jogos de serviço de Wawrinka, a nossa recomendação ter sido perdida terá sido apenas uma questão de 'processo certo, desfecho errado'.

Nos anos mais recentes, Wawrinka tem um fraco registo na superfície que se segue no circuito, a relva, e eu não ficaria nada surpreso se ele fosse agora claramente sobrevalorizado pelos mercados na relva após a sua caminhada até aos quartos de final aqui, no mês que vem.

O outro encontro de ontem foi um previsível atropelo a Kei Nishikori por parte de Rafa Nadal - o Rei da Terra Batida cedeu apenas cinco jogos ao longo de três sets - portanto sabemos a identidade da primeira semifinal, Roger Federer vs Rafa Nadal, com o mercado a avaliar Nadal como destacado favorito a seguir em frente. Eu farei a previsão do jogo no dia do seu confronto.

Difícil encontrar valor esta quarta-feira


No entanto, antes disso, temos mais dois jogos de quartos de final, e é difícil encontrar grande valia, para ser honesto - com ambos os favoritos aparentemente com preços ajustados para superarem os seus adversários.

Como é habitual no Open de França, ambos os encontros serão jogados à mesma hora - 14:30 portuguesas | 10:30 brasileiras - o que é algo incompreensível. Seria de esperar que os organizadores do evento desejassem que os fãs pudessem ver os quatros jogos desta fase no mesmo dia, ao contrário de apenas dois (os dois jogos femininos começam por volta das 13) - já para não mencionar o dinheiro extra que viria de transmissões televisivas por existirem mais horas de jogo no calendário.

Dados no torneio justificam preço de Djokovic


Novak Djokovic é destacado favorito a 1.141/7 frente à nossa esperança pré-torneio, Alexander Zverev, e infelizmente, é difícil discordar desta linha. Alguns leitores estarão a imaginar por que razão concordo com isto apesar de ter ido em Zverev antes do torneio, mas a minha resposta é simples - Djokovic tem superado as minhas expectativas durante o evento até ao momento, enquanto Zverev tem sofrido para chegar até esta fase. Essas dinâmicas são reflectidas nos números actuais, que tornam estas linhas de preços acertadas.

Zverev tem a menor percentagem combinada de pontos ganhos no serviço/resposta dos jogadores ainda em prova (103.9%), enquanto Djokovic (122.5%) superava à justa Nadal antes do embate do espanhol diante de Kei Nishikori. Para além disso, Djokovic despendeu mais de cinco horas a menos em court até este momento, beneficiando de evitar uma acumulação de fadiga, que Zverev já tem em abundância após várias horas em alguns jogos.

Thiem com desafio mais exigente vs Khachanov

thiem_barcelona_title.jpg

No outro embate do dia, Dominic Thiem está com cotações ligeiramente acima de Djokovic, com o austríaco a 1.321/3 contra o russo, Karen Khachanov. Thiem tem competido bem rumo à sua quarta semifinal consecutiva no Open de França, e embora considere que ele está um pouco mais curto do que deveria diante de um forte adversário que tem jogado bem até esta fase, o meu modelo indica que o mesmo não está muito fora de linha.

Perante isto, Thiem (110.7%) tem um registo combinado de serviço/resposta ligeiramente acima de Khachanov (110.4%) ao longo do torneio até ao momento, e eu sinto que este jogo será mais renhido do que o de Djokovic e Zverev.

Se eu fosse forçado a recomendar uma aposta hoje, seria em Khachanov no handicap de jogos, mas felizmente não estou nessa posição - com pouca prevalência de valor pré-evento, uma olhada imediatamente antes do jogo será a minha sugestão.