Apostas Sony Open 2014: Djokovic será testado por Murray em crescendo de forma

Precisará Murray de consolo após o embate de hoje em Miami...?

Andy Murray mede forças com Novak Djokovic pela 20ª vez esta noite no Sony Open em Miami e Sean Calvert pensa que o escocês pode ter uma palavra a dizer...

"Todos nós vimos na Final do US Open em 2012 que Murray joga bem melhor com ventodo que Djokovic, já que pode utilizar toda a sua variedade de jogo..."

Mais de 21.5 Jogos a 1.768/11

A impressionante demonstração de Andy Murray frente a Jo-Wilfried Tsonga foi o ponto alto da Terça-Feira em Crandon Park, já que o escocês encostou o francês à parede e aniquilou as suas expectativas em dois confortáveis sets. 

Tsonga nunca esteve sequer próximo de quebrar o serviço de Murray e o escocês passou assim de forma fácil aos Quartos de Final, cobrindo o handicap -3.5 Jogos de forma muito natural.

No entanto, nem tudo são boas notícias para os fãs de Murray que voltou a sofrer com alguns problemas na coxa, o que sugere que ainda nem tudo está bem com o seu corpo nesta fase.

E ele terá de estar em condições de ganhar pontos de todas as formas e feitio para seguir em frente, já que enfrenta o seu velho rival Novak Djokovic por um lugar nas Meias-Finais esta Quarta-Feira.

A minha segunda aposta de ontem em que antevia que Milos Raonic perdesse um set foi infeliz, pois Benjamin Becker teve oito oportunidades de break durante o segundo set sem as aproveitar, o que foi uma clara desilusão. 
Já Rafa Nadal providenciou o Under contra Fabio Fognini e Tomas Berdych venceu confortavelmente John Isner e confirmou o seu favoritismo 1.51/2.

Murray e Djokovic enfrentam-se pela 20ª vez a partir das 19 Horas portuguesas e pela primeira vez desde a final de Wimbledon em 2013 que Murray venceu.

O escocês não batia um top-20 desde esse memorável dia até ao dia de ontem quando bateu Tsonga com facilidade, mas o francês é um adversário muito amigável para Murray, especialmente devido à incapacidade de Tsonga em responder ao serviço - algo em que o adversário de hoje é bem melhor.

O preço de hoje para Novak é de 1.331/3, e é o mais baixo frente a Andy desde o seu encontro na terra batida de Roma em 2011 que terminou numa vitória de Nole no set final em tie break, mas o sérvio não tem tido quotas tão baixas em piso rápido contra Murray desde que o escocês venceu a final de Cincinnati em 2008. 

Novak jogou razoavelmente na vitória sobre Tommy Robredo ontem, mas uma vez mais, esse foi um adversário confortável para o sérvio e, para mim os dois factores que podem fazer a diferença hoje serão o vento e a condição física de Murray.

Todos nós vimos na Final do US Open em 2012 que Murray joga bem melhor com vento do que Djokovic, já que pode utilizar toda a sua variedade de jogo e penso que ele gosta do desafio de ter de usar diferentes tipos de pancadas em condições adversas.

Eu relembro que o embate em Nova Iorque foi um pesadelo para Novak quando teve de tentar usar o seu horrível "slice" e todos sabemos como ele é mau com bolas altas mesmo sem vento, provavelmente o pior jogador do top-20 a aplicar "smashes".


O facto de Murray ter utilizado analgésicos durante o dia de ontem para o que parece um problema na coxa ou na zona baixa das costas lança algumas dúvidas sobre as suas hipóteses, mas ainda assim gosto do Handicap +4.5 Jogos a seu favor a 1.68/13, do Mais de 21.5 Jogos a 1.768/11 e da Aposta Contra o 2-0 de Djokovic a 1.9720/21

Aposta Recomendada:
Mais de 21.5 Jogos a 1.768/11