Apostas Ténis: "Show" de Djokovic em Monte Carlo agita quotas para Roland Garros

Djokovic relegou Nadal para a desconfortável posição de vice-campeão em Monte Carlo...

A magnífica vitória de Novak Djokovic em Monte Carlo foi uma surpresa, tendo em conta que Rafael Nadal havia vencido as últimas 8 edições com grande soberania.

Depois das quotas de Rafael Nadal para Vencedor de Roland Garros terem estado a valores perto dos 10/111.9, situam-se agora nos 11/102.14. Um valor bem mais aproximado do seu grande rival, Novak Djokovic, que é negociado a 7/42.76.

A verdade é que "Nole", jogador que esteve em dúvida para o torneio, acabou por crescer durante a competição, chegando à Final a praticar um Ténis fabuloso que anulou o virtuoso Nadal.

O sérvio teve cinco "set-points" para vencer o 1º set por humilhantes 6-0 frente ao "rei da terra batida". Rafael Nadal deu tudo para o evitar e acabou por compor esse "set" com um 6-2, no entanto a superioridade de Djokovic era evidente, uma vez que acabou por fechar o "set" com um "break", algo que lhe permitiu servir primeiro no "set" seguinte.

O 2º "set" já foi mais normal com o equilíbrio a imperar mas no momento decisivo, o tie-break, o nº1 mundial voltou a estar um furo acima do seu oponente, situação que fez os apostadores de Nadal pensarem duas vezes para Roland Garros.

Desde o seu regresso, e após as vitórias em Acapulco e Indian Wells, muitos estariam a pensar que o espanhol tinha voltado em grande estilo, porém o que se viu em Monte Carlo foi bem diferente.

Rafael Nadal sentiu grandes dificuldades para bater Grigor Dimitrov e Jo-Wilfried Tsonga, acabando por não resistir à consistência de Novak Djokovic. O que mais terá surpreendido foram as dificuldades de Nadal em acelerar o jogo com a sua direita, desta vez menos incisiva do que habitualmente, embora a sua disponibilidade física também não tenha estado forte durante grande parte da competição.

Assim sendo, e depois das quotas de Rafael Nadal para Vencedor de Roland Garros terem estado a valores perto dos 10/111.9, situam-se agora nos 11/102.14. Um valor bem mais aproximado do seu grande rival, Novak Djokovic, que é negociado a 7/42.76.

Parece claro que poucos jogadores têm os argumentos necessários para superar Nadal mas em Monte Carlo sobressaiu um nome que o pode fazer num futuro próximo. Chama-se Grigor Dimitrov e "obrigou" Nadal a um 3º "set" com parciais de 6-4.

O talentoso tenista búlgaro está numa temporada de clara afirmação, no entanto o seu "ranking" (26) vai, certamente forçá-lo a enfrentar um sorteio bastante duro, pelo que se pode mesmo vir a tornar numa espécie de "jogador a evitar" por Rafael Nadal ou mesmo Novak Djokovic.
Neste momento, o búlgaro é avaliado a naturais 149/1150.0.

Quem também viu a sua quota movimentar-se em Monte Carlo foi Andy Murray. O escocês foi "trucidado" por Stanislas Wawrinka e viu os apostadores Betfair recuarem as suas hipóteses para valores a rondar os 24/125.0.

Existem vários jogadores que estão, obviamente entre o leque de sérios "out-siders" como Del Potro 54/155.0, Federer 20/121.0 ou Ferrer 39/140.0 mas é em virtuosos como Stan Wawrinka 199/1200.0, Ernests Gulbis 229/1230.0 ou Grigor Dimitrov que poderemos ver as quotas para Vencedor em Roland Garros descerem mais repentinamente para nosso agrado.

A fase mais forte da época em terra batida ainda está a começar e, até Roland Garros ainda muita coisa pode mexer no mercado. Esta semana, Barcelona, na próxima semana Portugal e seguidamente os Masters 1000 de Madrid e Roma serão fundamentais para termos uma perspectiva mais clara de quem está mais bem colocado para brilhar em Paris.