Apostas US Open Masculino Dia 3: Medvedev pode surpreender Tsitsipas

Rafa Nadal é agora o favorito a vencer nos Estados Unidos
Ver mercado

Hoje teremos o terceiro dia de US Open, com a primeira metade dos encontros da segunda ronda a terem lugar. De volta com as suas análises às partidas está o nosso colunista de ténis, Dan Weston...

"Quando olhamos às estatísticas de piso duro dos dois jogadores em 2018, Medvedev tem percentagens superiores de vitórias (76% para 62%), e um registo combinado de pontos no serviço/resposta superior ao rival grego (103.0% para 100.5%)."

Mercado pouco impressionado com triunfo de Djokovic


Não ficámos muito longe de um grande resultado para as nossas apostas pré-torneio. A nossa escolha de entre os favoritos, Rafa Nadal, passou agora a ser o favorito a vencer o torneio a [3.40] após os problemas de Novak Djokovic com o calor na tarde de ontem em Nova Iorque. Djokovic colocou-se em problemas com um set igual e desvantagem de 4-2 no terceiro set frente a Martin Fucsovics, mas acabou por assegurar dez jogos consecutivos para prevalecer em quatro sets. O mercado não ficou impressionado com o sérvio, que passou para [3.55], mesmo saindo vitorioso.

De facto, houve muito pouco de espanto no quadro masculino esta terça-feira, com o meu livro de favoritos a mover-se apenas 1% após actualizar todos os jogadores eliminados - ilustrando assim que a vasta maioria dos jogadores eliminados já se esperava que tivesse pouco impacto nas fases mais avançadas do torneio.

Tendo em conta que todos os quatro jogadores a que o meu modelo atribuiu valor são outsiders esta noite, isso irá requerer uma mudança de paradigma, e eu irei discutir cada um deles ao detalhe.

Humbert é jogador a ter em conta


Para começar, logo nos jogos das 16Horas portuguesas / 10horas no Brasil, o mercado como que recuperou Stan Wawrinka para um nível de top-10 de acordo com o preço actual, e ele está a somente [1.12] para bater Ugo Humbert. O qualifier gaulês é provavelmente um nome novo para muitos seguidores, mas vale a pena notar que ele tem tido razoável sucesso a um nível inferior ultimamente.

Humbert está actualmente no melhor ranking da carreira (139), e aos 20 anos de idade, parece ter boa margem de progressão no futuro. Ao nível Challenger, no presente ano em piso duro, ele apresenta um registo de 15-4 e 108.0% combinado de pontos no serviço/resposta, portanto tem definitivamente potencial - certamente não estará muito longe de um top-100 no futuro próximo.

Mesmo no último mês quando Wawrinka exibiu a maior parte das suas melhorias em busca de recuperar a forma antiga, ele evoluiu muito mais no serviço do que propriamente na resposta, e Humbert +7.5 Jogos pode não ser uma má escolha no handicap de jogos da partida. Embora Humbert possa não vencer esta noite, ele merece ser tido em conta.

Medvedev com valor como 'outsider' contra Tsitsipas


Mas o jogo em que pretendo focar a minha recomendação é entre Daniil Medvedev e Stefanos Tsitsipas. O russo está a [2.42] como 'underdog' para esta batalha da nova geração, e eu estou algo surpreso com esta linha.

Eu sinto que o preço é influenciado por vários factores - primeiro, porque Tsitsipas foi finalista no piso duro de Toronto, onde perdeu para Rafa Nadal. No entanto, esta foi uma exibição muito favorecida no Canadá, onde Tsitsipas venceu uma abundância de pontos decisivos e até mesmo duas partidas onde conquistou menos ponto que o adversário. Isto é absolutamente insustentável no longo prazo.

Para além disso, o ranking mundial confere grande vantagem ao grego. No entanto, isso deve-se a alguns factores - primeiro, pela sua caminhada no Canadá, e em segundo, porque Medvedev é muito mau em terra batida e quase nem somou pontos entre Abril e Maio, perdendo cinco se seis partidas no pó-de-tijolo. Claro que a falta de aptidão de Medvedev em terra batida tem zero de impacto neste jogo.

Dados de Medvedev em piso duro são melhores


Quando olhamos às estatísticas de piso duro dos dois jogadores em 2018, Medvedev tem percentagens superiores de vitórias (76% para 62%), e um registo combinado de pontos no serviço/resposta superior ao rival grego (103.0% para 100.5%). Com isto em mente, o preço de Medvedev parece representar algum valor, e hoje será a nossa recomendação.

Kudla pode minimizar estragos perante Del Potro


Outros não-favoritos do dia a que atribuo valor incluem Danis Kudla, provavelmente no handicap de jogos, contra Juan Martin Del Potro. O argentino raramente perde para adversários inferiores, mas Kudla, com algum apoio da casa, pode manter as coisas relativamente equilibradas. Del Potro está a somente [1.08] para avançar até à terceira ronda, e certamente, Kudla será um desafio um pouco mais exigente que o adversário da primeira ronda de Del Potro, Donald Young.

Sonego com preço generoso contra Khachanov


Finalmente, Lorenzo Sonego, após bater Gilles Muller na primeira ronda, parece exagerado a [10.00] contra Karen Khachanov naquele que deverá ser um encontro direccionado para o serviço. Khachanov tem feito boas coisas esta época, mas parece demasiado curto a [1.10] frente a um adversário competente que venceu muitas partidas no circuito Challenger.

Escolhas pré-torneio Nadal e Coric em acção


Também teremos as nossas duas escolhas pré-torneio em acção, com Rafa Nadal a dever passear perante Vasek Pospisil, enquanto Borna Coric também surge como forte favorito para superar o espanhol Roberto Carballes Baena.

Murray em risco de eliminação esta noite contra Verdasco


Outros nomes fortes em acção esta noite incluem Milos Raonic, que está a [1.27] para bater um Gilles Simon em declínio, enquanto Andy Murray está menos destacado (de modo justo) a [1.70] frente a Fernando Verdasco. Eu vejo muito poucas evidências de que ele possa deixar grande impressão nas próximas duas semanas em Nova Iorque, e não ficaria surpreso se a sua jornada acabasse já esta noite.


APOSTA RECOMENDADA:
Daniil Medvedev para vencer Stefanos Tsitsipas @ [2.42]

"Se gostou de nosso artigo, compartilhe em suas redes sociais"

Ver mercado