Apostas US Open 2015: Djokovic pronto para desfazer sonho de Federer

Djokovic procura acentuar o seu domínio sobre Federer em Majors

Novak Djokovic e Roger Federer estão prontos para a batalha pelo título do US Open 2015 este Domingo e Sean Calvert espera que o nº1 mundial acabe por emergir vitorioso...

"O 1.834/5 para uma vitória de Djokovic parece-me a melhor opção, com o sérvio invicto diante de Federer em majors de piso rápido desde a Final do US Open em 2009."

Djokovic para vencer Federer @ 1.834/5

É justo dizer que o US Open 2015 não ficará por muitos anos na memória (pelo menos da minha) e a destruição de Novak Djokovic a Marin Cilic acabou com a minha última esperança de apostas pré-torneio na passada Sexta-Feira.

Num dia que foi bem mais interessante e entusiasmante no sector feminino, Djokovic rebentou com Cilic, que afirmou que teria desistido devido aos problemas no tornozelo mas tratava-se de uma Meia-Final de major que ele não queria esbanjar, e desse modo nenhuma das minhas apostas esteve sequer perto de ser ganha.

Pelo menos conseguimos um pequeno lucro com Cilic numa perspectiva de Cash Out, mas o seu sonho foi rapidamente desfeito por um forte início e excelente prestação do sérvio, que pode estar a chegar ao topo da sua forma na melhor altura, mas Cilic também esteve claramente longe da sua melhor condição física.

O nº2 mundial Roger Federer, depois de sobreviver a um duro primeiro jogo de serviço diante de Stan Wawrinka, foi fortíssimo e terminou o encontro com o controlo total sobre o seu companheiro de Taça Davis, portanto temos aí outra final Federer/Djokovic no menu.

Eu fui em Federer na final de Cincinnati há poucas semanas atrás, mas agora parece-me que se trata de outro tipo de circunstâncias que terá outro desfecho.

Parece-me que existe algum valor em Djokovic depois de se falar tanto no suíço ao longo do último mês, devido às suas nuances tácticas e vitórias impressionantes.

Mas 1.834/5 para uma vitória de Djokovic parece-me a melhor opção, com o sérvio invicto diante de Federer em majors de piso rápido desde a Final do US Open em 2009.

Os triunfos de Federer costumam surgir em partidas à melhor de três sets em rápidas condições de jogo e um jogo nocturno no Ashe à melhor de cinco sets não me parece o tipo de condições ideais para o maestro helvético.

Olhando para o seu percurso no torneio ao longo de duas semanas, fica claro que ele evitou vários testes potencialmente exigentes perante Tomas Berdych e Andy Murray, portanto pode-se dizer que ele ainda não defrontou ninguém com reais qualidades defensivas.

Wawrinka tenta ripostar ao fogo com fogo e desta feita isso não foi suficiente e, tal como havia afirmado Richard Gasquet foi o adversário de quartos de final ideal para Federer.

Este 42º confronto de carreira com Djokovic será completamente diferente e não será permitido a Federer ditar o ritmo de jogo como fez diante de Gasquet, por exemplo.

Federer nunca derrotou Djokovic num quinto set e por quanto mais tempo este jogo se prolongar melhor será para o sérvio, com o 3-2 a favor de Djokovic a negociar a tentadores 6.4011/2.

Eu continuo à espera de um encontro clássico no quadro masculino do torneio, com o Kevin Anderson vs Murray a ser aquele que chegou mais perto em termos de drama, e talvez este US Open medíocre se tenha guardado para o fim.

Certamente que se poderá dizer que Federer está a jogar um ténis fantástico, senão mesmo o seu melhor da carreira aos 34 anos de idade, mas ele terá de reescrever os livros dos recordes se for vencer com esta idade.

E tendo em conta a acessível rota de Novak até esta fase, ele estará nas melhores condições para lutar imenso e criar dificuldades aos ataque de Federer e parece-me que o suíço irá precisar de vencer em três sets, ou no máximo em quatro.

Parece-me que é uma exigência muito grande para Federer e a 2.206/5 num encontro à melhor de cinco sets contra Djokovic eu não vou ficar do seu lado.


Aposta Recomendada:
Djokovic para vencer Federer @ 1.834/5